O colágeno é uma proteína produzida pelo corpo.  Sua função é manter as células unidas e, assim, contribuir com a mobilidade, resistência e flexibilidade dos tecidos. 

A partir dos 30 anos, a produção natural dessa substância começa a ser reduzida cerca de 1% por ano. 

Depois dos 50 anos, a produção diminui ainda mais.  Ou seja, quanto mais idosa for a pessoa, menor a quantidade de colágeno que ela produz. 

Quando isso acontece, o planejamento alimentar é fundamental, além disso, a suplementação dessa proteína pode ser necessária.

Além da idade, fatores como a prática exercícios físicos com regularidade, uso de tabaco ou exposição frequente ao sol são hábitos que também diminuem a produção natural dessa proteína. 

Colágeno em pó funciona? 

Depende. A absorção do colágeno está diretamente ligada a alguns fatores de estilo de vida (como alimentação, uso de tabaco e qualidade de sono). 

Além disso, o uso vai depender da necessidade do organismo. Ou seja, se a alimentação estiver suprindo a quantia ideal, ingerir mais colágeno não vai trazer benefícios.

Embora possa ser encontrado e comprado sem a receita médica, o recomendado é que o colágeno em pó seja receitado por um(a) nutricionista que poderá orientar sobre a quantidade e a forma correta de consumo.


Nesse caso, a alimentação ainda é fundamental para que o organismo consiga absorver a suplementação.

Para isso, prefira alimentos que contenham vitaminas dos complexos A, B e C ou estimulem a produção e a absorção de colágeno. 

Sementes (linhaça), castanhas, aveia, peixes, alho, frutas cítricas (laranja, abacaxi, uva) e folhas verdes (alface, rúcula) são exemplos de componentes que podem ajudar. 

Quando a pessoa está relaxada o organismo tende a absorver melhor as partículas de colágeno. 

Assim, a qualidade e a quantidade de horas dedicadas ao sono também são importantes para extrair todos os benefícios dessa substância. 

Quando colágeno em pó não funciona?

Se a sua produção natural de colágeno for suficiente para manter as funções do organismo, então a suplementação de colágeno não fará efeito. 

Mesmo assim, é importante manter uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes para evitar que a produção de colágeno seja afetada no futuro. 

Quais os benefícios do colágeno em pó? 

O colágeno em pó possui os mesmos benefícios do colágeno em cápsulas, desde que haja necessidade de seu uso. Além da beleza, essa substância também contribui para a saúde. Ela atua no organismo na parte de sustentação e manutenção dos tecidos e células do corpo. 

Entre os principais benefícios, está: 

  • Produz queratina (que fortalece as unhas e cabelo);
  • Garante elasticidade à pele;
  • Fortalece os ossos; 
  • Reduz queda de cabelo;
  • Deixa as unhas mais fortes;
  • Melhora a sustentação da pele;
  • Previne a osteoporose; 
  • Auxilia na cicatrização de feridas e machucados; 
  • Favorece a diminuição de cicatrizes; 
  • Ajuda a formar massa magra; 
  • Protege tendões e articulações; 
  • Deixa a pele mais brilhante; 
  • Diminui as rugas e linhas de expressão. 

Qual é o melhor horário para tomar colágeno em pó?

Primeiro, o mais importante é consumir o colágeno diariamente, evitando interromper o uso.

Essa proteína pode ser tomada em qualquer horário, dando preferência para o período da manhã (durante o desjejum) ou à noite (depois do jantar).     

O recomendado é que o colágeno não seja consumido juntamente com refeições pesadas (como o almoço, que pode ter uma ingestão calórica maior). 

Isso porque, as partículas do colágeno tendem a competir com as outras moléculas presentes nas comidas mais calóricas (massas e carnes vermelhas). 

A quantidade de vezes que a proteína deve ser consumida por dia varia conforme alguns fatores como idade e uso de tabaco. 

Para saber com exatidão e esclarecer outras dúvidas sobre a ingestão de colágeno, é aconselhado visitar um médico nutricionista. 

Como medir 10g de colágeno em pó?

A recomendação de muitos médicos(as) é consumir 10g de colágeno todos os dias, sem interrupção, para beneficiar-se das propriedades dessa substância. Quando o colágeno é apresentado em pó, pode-se medir essa quantidade com a ajuda de uma colher (de sopa) que contém aproximadamente 10g.  

Já se a proteína for apresentada em cápsulas, o número que deve ser ingerido vai variar conforme cada fabricante. 

Por exemplo, se a cápsula contém 2g de colágeno, pode ser necessária a ingestão de 5 cápsulas ao longo do dia, ou conforme orientação especializada.  

A versão em pó pode ser consumida facilmente misturada com água, sucos, iogurtes e vitaminas ou colocada sobre a comida (frutas, sopas, saladas e pães). 

A proteína também pode ser apresentada em sachês como é o caso do Motilex, do Colflex e do Tenflax Plus

Vale lembrar que essas informações podem ser alteradas de acordo com o laboratório que produziu o suplemento. Por isso, é importante ler o rótulo do produto antes de consumi-lo.   


O colágeno em pó traz muitos benefícios para a saúde e a beleza do corpo. Essa substância deve ser, preferencialmente, indicada por um(a) profissional de medicina ou nutrição. 

O Minuto Saudável traz muitas outras informações sobre saúde e beleza. Não deixe de conferir!!!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *