A tireoide é uma glândula endócrina (hormonal) e é considerada uma das mais importantes do corpo humano. Ela é responsável pela produção dos hormônios T3 e T4 — os quais atuam na regulação do metabolismo, ou seja, pela forma que o corpo usa e armazena energia.

Devido à sua importância, qualquer desregulação pode se tornar um problema grave.

Entre os possíveis tratamentos, está o uso de medicações como o Thyrogen. Confira, a seguir, as indicações da bula quanto ao uso, efeitos colaterais e outras informações sobre esse remédio:

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que é Thyrogen?
  2. O que é iodoterapia?
  3. O que é o TSH recombinante?
  4. Indicação: para que serve o medicamento Thyrogen?
  5. Posologia: como a bula indica usar?
  6. Quais os efeitos colaterais?
  7. Thyrogen engorda?
  8. Preço: onde comprar Thyrogen mais barato?
  9. Thyrogen tem registro na ANVISA? Qual o laboratório?
  10. Tem no SUS ou no Rol da ANS?
  11. Como orçar Thyrogen?

O que é Thyrogen?

O Thyrogen é um medicamento utilizado para tratar problemas graves relacionados à tireoide. Essa medicação pode ser usada antes da realização do tratamento com iodoterapia (administração oral de iodo radioativo — iodo 131) ou em conjunto com hemogramas e exames de imagem — como a cintilografia de corpo inteiro.

A cintilografia é um procedimento que permite marcar a presença de um radiofármaco (um fármaco/remédio que tem algum elemento radioativo a fim de contrastar em exames de imagem) em um tecido ou órgão. Isso é feito para ver o percurso da medicação no organismo.

Nesse caso, tais procedimentos são realizados a fim de detectar possíveis tumores de tireoide que possam não ter sido eliminados com o tratamento anterior — em pessoas que tiveram remoção total ou parcial da glândula. 

Além disso, o uso de Thyrogen também auxilia na absorção do iodo pelas células cancerosas — o que aumenta a chance de que sejam mortas a partir do tratamento com radiação.


Vale destacar, ainda, que esse remédio é disponibilizado em uma versão injetável para aplicação intramuscular (direto no músculo) e deve ser administrado em ambiente hospitalar.

O que é iodoterapia?

Iodoterapia é um tipo de tratamento em que o iodo radioativo (iodo 131) é administrado por via oral. Trata-se de um procedimento que só pode ser realizado por uma equipe especializada, composta por um(a) médico(a) nuclear e paramédicos(as) treinados(as).

Confira algumas das indicações para a iodoterapia:

  • Tratamento complementar no câncer de tireoide;
  • Tratamento para pacientes que não tiveram resposta satisfatória aos procedimentos tradicionais;
  • Quando o(a) paciente sofre com outras doenças, principalmente as cardíacas;
  • Pacientes portadores de uma patologias que levam ao hipertireoidismo (excesso de funcionamento da tireoide).

Vale destacar que, para realização da iodoterapia, é necessária uma análise clínica do caso de cada paciente por parte da equipe médica. Isso pois, considerando que é um procedimento bastante delicado, é preciso redobrar os cuidados a fim de garantir que seja o tratamento ideal.

O que é o TSH recombinante?

O medicamento Thyrogen é composto por um hormônio estimulante da tireoide recombinante humano (TSH). Trata-se de uma glicoproteína produzida através da tecnologia de DNA recombinante (um conjunto de técnicas que permitem a manipulação do DNA).  

Como vimos em tópico anterior, essa injeção é utilizada de forma prévia a um tratamento com iodoterapia.

Quando não se tem acesso a esse remédio, é necessário que o(a) paciente suspenda sua medicação diária de regulação da tireoide, levando ao estado de hipotireoidismo. Isso é feito para estimular que as células tumorais absorvam o iodo radioativo (iodo 131) durante a iodoterapia.

Porém, a partir do uso do TSH recombinante, não é necessário suspender o tratamento diário do(a) paciente, visto que sua função é justamente auxiliar na absorção do iodo pelas células. 

Dessa forma, evita-se que a pessoa portadora de distúrbios da tireoide sofra com os sintomas da doença (tais como cansaço excessivo, fraqueza, queda de cabelo, etc), considerando que não terá seu tratamento interrompido.

Indicação: para que serve o medicamento Thyrogen?

Thyrogen é indicado para uso conjunto com hemogramas ou cintilografia (exame de imagem para a avaliação de determinadas doenças ou condições). Esse processo é feito para ajudar a detectar células cancerosas na tireoide — em pacientes que tiveram remoção total ou parcial desta glândula por conta de tratamento anterior.

Além disso, a bula também indica que essa medicação pode ser utilizada no tratamento do câncer de tireoide, auxiliando o iodo radioativo a matar possíveis células cancerosas que tenham permanecido após a remoção cirúrgica dessa glândula. 

Esse processo também ajuda médicos(as) a detectar mais facilmente qualquer tumor que possa ter permanecido após o tratamento. 

De acordo com a bula, o remédio pode ajudar na absorção do iodo radioativo pelas células que tenham permanecido da tireoide ou pelas células cancerosas. Com isso, aumentando a probabilidade de que sejam eliminadas a partir do tratamento com radiação.

Posologia: como a bula indica usar? 

De acordo com as informações da bula, devem ser aplicadas duas injeções de Thyrogen no músculo da nádega do(a) paciente. A segunda deve ser aplicada no dia seguinte após a primeira dose. Com relação à posologia de cada dose, deve ser decidida pela equipe médica responsável.

Quais os efeitos colaterais?

Com relação aos efeitos colaterais do medicamento, a bula traz as seguintes informações:

  • Reações muito comuns (ocorrem em mais de 10% dos pacientes): náusea;
  • Reações comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes): dor de cabeça, cansaço, vômito, tontura e astenia (fraqueza);
  • Reações incomuns (ocorrem em no máximo 1% dos pacientes): gripe, dormência/formigamento, sensação de calor, ageusia (perda do paladar), diarreia, disgeusia (paladar distorcido) e dor no pescoço.

Vale destacar que, como os números indicam, nem todas as pessoas apresentam reações adversas ao uso do medicamento.

Além disso, caso você apresente efeitos colaterais não listados, informe imediatamente a equipe médica responsável pelo seu caso.

Thyrogen engorda?

Não há, dentre as indicações da bula do Thyrogen, alguma constatação de que o uso desse medicamento possa causar aumento de peso.

Pensando nisso, caso você apresente qualquer alteração ou ganho de peso de forma anormal e sem motivo aparente — durante o tratamento com Thyrogen — informe o(a) médico(a) responsável. Dessa forma, será possível investigar a causa do problema.

Entretanto, vale destacar que o hipotireoidismo (deficiência de hormônios da tiroide) afeta diretamente o funcionamento do metabolismo, o que pode sim causar aumento de peso. Mas, nesse caso, o tratamento correto possibilita que o organismo volte a trabalhar normalmente, controlando as alterações de peso.

Preço: onde comprar Thyrogen mais barato?

O preço* do Thyrogen pode variar conforme a disponibilidade do medicamento e, também, de acordo com a sua localidade. 

Mas, para saber onde encontrar remédios com o melhor preço, você pode utilizar a plataforma Consulta Remédios. Esse site possibilita comparar valores do mesmo produto em diferentes estabelecimentos e até fazer a compra online. Assim, você pode escolher a melhor opção para você.

Confira o preço do Thyrogen:

*Preços consultados em março de 2020. Os valores podem sofrer alterações.

Thyrogen tem registro na ANVISA? Qual o laboratório?

O medicamento Thyrogen é fabricado pelo laboratório Sanofi-Aventis e está registrado na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pelo número 183260330. 

Com isso, é comercializado como uma medicação com segurança e eficácia comprovada a partir de testes específicos.

Tem no SUS ou no Rol da ANS?

O remédio Thyrogen não está presente no RENAME (Relação Nacional de Medicamento Essenciais) de 2020. Dessa forma, atualmente não é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e também não é classificado como de dispensa excepcional.

Porém, vale destacar que para quem possui plano de saúde, o Rol da ANS atribui o tratamento para problemas de tireoide (inclusive câncer e outros métodos invasivos) como parte dos procedimentos que devem ser cobertos pelo plano.

Como orçar Thyrogen?

Quando uma medicação não é disponibilizada via SUS, pacientes com laudo médico podem fazer um requerimento judicial para receber o tratamento custeado pelo Governo Federal ou Plano de Saúde — se for o caso.

Nessas circunstâncias, é preciso abrir um processo e seguir as requisições previamente estipuladas. Entre elas está a entrega de documentos que incluem laudo médico, exames, requerimento padrão e orçamento de 3 farmácias.

Para realizar um orçamento de forma facilitada, você pode contar com a Assessoria em cotações judiciais para aquisição de medicamentos. Ao acessar o link, basta realizar o seu cadastro e informar o medicamento em questão. Por fim, clique em “solicitar cotações” e aguarde o retorno.


O medicamento Thyrogen é muito importante para o tratamento de diversas pessoas que sofrem com problemas graves na tireoide (como a remoção total ou parcial da glândula). 

Assim como ele, há outras medicações que tratam problemas graves e — muitas vezes — bastante específicos. Para saber mais, você pode conferir a aba “Remédios”.

Continue acompanhando o Minuto Saudável para mais informações sobre saúde, bem-estar e muito mais!

Fontes Consultadas


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.