As doenças autoimunes são uma realidade para uma parcela significativa da população mundial. Existem diversos tipos, que podem causar diferentes complicações.

Pessoas que sofrem com esses distúrbios costumam precisar de tratamento contínuo por toda a vida, considerando que muitas dessas patologias não têm cura — apesar de poderem ter seus sintomas controlados.

O medicamento Stelara é administrado, de forma geral, em pacientes que realizam tratamento para psoríase ou artrite psoriásica. Dois distúrbios que se enquadram na categoria de doenças autoimunes e que precisam de tratamento contínuo.

Confira as indicações, efeitos colaterais e outras informações sobre esse remédio:

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que é o medicamento Stelara?
  2. Para que serve o medicamento Stelara?
  3. Como atua o princípio ativo Ustequinumabe?
  4. Como a bula indica usar Stelara: aplicação
  5. Qual a posologia conforme a bula?
  6. Quais os efeitos colaterais de Stelara?
  7. Valor: qual o preço de Stelara e onde comprar mais barato?
  8. Ustequinumabe tem no SUS?
  9. É aprovado pela ANVISA?
  10. Como orçar Stelara?

O que é o medicamento Stelara?

Stelara é o nome comercial de um medicamento biológico produzido pelo laboratório Janssen-Cilag. Trata-se de um anticorpo monoclonal completamente humano e seu princípio ativo é o Ustequinumabe — substância que atua no sistema imunológico.

Essa medicação é comercializada em versão injetável, para administração por via subcutânea (abaixo da pele) e, de forma geral, é indicada para o tratamento de pacientes que sofrem com psoríase e artrite psoriásica (duas doenças autoimunes). 

A psoríase é um distúrbio de pele crônico e dentre as suas causas estão questões relacionadas ao sistema imunológico, às interações com o meio ambiente e à suscetibilidade genética. 


Já a artrite, uma doença bastante conhecida, trata-se de um problema que causa inflamação nas articulações. A diferença é que a artrite psoriásica se trata de uma condição inflamatória que acomete tanto a pele quanto as articulações.

Para que serve o medicamento Stelara? 

De acordo com a bula, o medicamento Stelara é indicado no tratamento da psoríase em placa (tipo mais comum, em que se formam placas secas, avermelhadas com escamações), moderada a grave.

O tratamento deve ser realizado apenas em adultos que não responderam, têm contraindicação ou que são intolerantes a outras terapêuticas sistêmicas — tais como ciclosporina, metotrexato ou radiação ultravioleta A associada ao uso de psoraleno (PUVA).

Além disso, essa medicação isolada ou em combinação com metotrexato também pode ser indicada para o tratamento de artrite psoriásica ativa em pacientes adultos. Isso pode ocorrer quando a pessoa apresentar resposta insuficiente ou inadequada ao tratamento com drogas antirreumáticas modificadoras da doença (DMARD).

Stelara serve para tratar doença de Crohn?

Não há, na bula do Stelara, indicações de uso em casos de Doença de Crohn. Entretanto, há estudos que atestam eficácia do uso dessa medicação em alguns casos da doença.

Essas pesquisas mostram que o Stelara interrompe a inflamação em um ponto diferente da resposta imunológica. Além disso, demonstram que a maioria das pessoas que fizeram administração de Ustequinumabe (princípio ativo), tiveram resposta satisfatória.

Ou seja, mantiveram resposta ao tratamento e apresentaram remissão da doença (quando ela se torna assintomática) por até dois anos. Por fim, alguns estudos também atestaram que houve uma resposta rápida ao remédio — ou seja, uma diminuição significativa dos sintomas em um curto período de tempo.

Apesar disso, conforme mencionado, o fabricante não indica o uso para esse caso. Sendo assim, atente-se às sugestões e indicações da equipe médica responsável pelo seu caso.

Como atua o princípio ativo Ustequinumabe?

O Ustequinumabe (princípio ativo do Stelara) é um anticorpo monoclonal humano (remédios de origem biológica que atuam com alta precisão no corpo) que se liga de forma específica às citocinas humanas interleucina (IL)-12 e IL-23. 

Esse fármaco inibe a bioatividade da IL-12 e da IL-23 humanas e, dessa forma, impede a conectividade com o receptor proteico presente na superfície das células do sistema imunológico.

A partir de sua ação no organismo, o Ustequinumabe pode exercer efeitos clínicos tanto na psoríase como na artrite psoriásica por meio da interrupção das vias das citocinas (um tipo de proteína) relacionadas a Th1 e Th17 (células auxiliares), que são centrais na fisiopatologia destas doenças.

Como a bula indica usar Stelara: aplicação

O medicamento Stelara está disponível em versão injetável, para aplicação subcutânea (abaixo da pele).

Sua administração deve ocorrer em ambiente hospitalar sob supervisão médica. Entretanto, pode ser autoaplicado caso o(a) médico(a) considere apropriado — após treinamento adequado.

Nos tópicos a seguir você pode conferir a preparação da injeção e como realizar sua aplicação:

Preparação da Injeção

A bula traz indicações práticas de como preparar a seringa de Stelara. Confira:

  • Retire a seringa da geladeira;
  • Verifique se a dosagem correta e também a data de validade;
  • Prepare o material que será necessário para a aplicação (compressa com álcool, bola de algodão ou gaze e recipiente para o descarte de seringas);
  • Verifique a solução no interior da seringa — mantenha a seringa preenchida com a agulha coberta apontando para cima e certifique-se de que não está danificada. Veja se o líquido é límpido a ligeiramente translúcido e incolor (levemente amarelado).

Além disso, há recomendações de que o produto não deve ser utilizado se estiver congelado, com coloração diferente da original, turvo ou com partículas grandes. Também não se deve remover a tampa da agulha da seringa preenchida.

Preparação do local de aplicação

Primeiramente, é necessário escolher qual será o local de aplicação da injeção. A bula do Stelara recomenda que seja aplicada na parte superior da coxa ou na barriga (cerca de 5cm abaixo do umbigo). 

Em casos de tratamento de psoríase, recomenda-se evitar as áreas afetadas. Além disso, caso a aplicação seja realizada por outra pessoa, pode ser feita na parte superior do braço também.

Para preparar o local, basta higienizar bem as mãos com sabão e água morna. Depois, passe uma compressa com álcool no local da injeção e não toque nesta área antes da aplicação.

Aplicação do medicamento

Há, na bula, informações detalhadas sobre como deve ser feita a aplicação da injeção de Stelara, ela apresenta — inclusive — ilustrações para facilitar o procedimento.

Apesar disso, é importante reforçar de que nunca se deve fazer isso sem autorização da equipe médica e sem receber treinamento específico.

Em geral, a aplicação é realizada da seguinte forma:

  • Remova a tampa da agulha (quando já estiver com tudo pronto para injetar) e não toque nela, nem deixe que ela toque em nada;
  • Segure uma prega da pele com o dedão e o dedo indicador (sem apertar) e introduza a agulha;
  • Mantenha a prega de pele entre os dedos e empurre o êmbolo* com o polegar até o final, lentamente e de forma uniforme (a fim de injetar o produto);
  • Quando o êmbolo chegar ao final do corpo da seringa e todo o medicamento tiver sido injetado, você deve soltar a prega de pele e remover gentilmente a agulha.

*Êmbolo é o cilindro ou disco que se move em vaivém no interior de seringas.

Após a aplicação

Realizada a aplicação, basta descartar a seringa em um recipiente apropriado (não se deve reutilizar seringas nunca).

Pode ser que fique uma pequena quantidade de sangue ou líquido no local da injeção, o que é normal. Então, pressione uma bolinha de algodão ou uma gaze sobre o local e pressione por 10 segundos — não esfregue.

Qual a posologia conforme a bula?

De acordo com a bula, no geral a dose recomendada de Stelara é 45mg, que deve ser administrada nas semanas 0 e 4. Depois, a aplicação é a cada 12 semanas. 

Em pacientes com mais que 100kg, a dose de 90mg pode ser indicada, seguindo os mesmos intervalos de tempo.

Ainda, há a recomendação de que a interrupção deve ser considerada caso o(a) paciente não apresente resposta até a semana 28 do tratamento.

Por fim, a bula indica que em algumas situações a dose pode ser ajustada: para pacientes que respondem inadequadamente à dose de 45mg (a cada 12 semanas), o(a) médico(a) pode alterar a dose para 90mg.

Outro caso em que pode haver alteração é para pacientes que respondem inadequadamente às 90mg (a cada 12 semanas). A equipe médica pode decidir por diminuir o intervalo da dose de 12 para 8 semanas.

Quais os efeitos colaterais de Stelara?

Qualquer medicamento apresenta possíveis efeitos colaterais, os quais podem ou não se manifestar nos pacientes que realizam seu uso. 

No caso do Stelara, a bula divide em dois grupos principais. Confira, primeiro, as reações adversas comuns (acometem 1% a 10% dos pacientes):

  • Infecções e infestações do trato respiratório superior, nasofaringite;
  • Tontura, dor de cabeça;
  • Dor na orofaringe (pequeno espaço da cavidade bucal entre a raiz da língua, o palato mole e a epiglote);
  • Diarreia, náusea, vômito;
  • Prurido (coceira);
  • Dor lombar, dores musculares ou nas articulações;
  • Fadiga, vermelhidão ou dor no local da aplicação.

Há, ainda, destaque para as reações incomuns (ocorrem em no máximo 1% dos pacientes):

  • Celulite;
  • Infecções dentárias;
  • Herpes;
  • Infecção viral do trato respiratório superior;
  • Infecção micótica (micose) vulvovaginal;
  • Depressão;
  • Congestão nasal;
  • Acne;
  • Reações no local da aplicação — tais como hemorragia, hematoma, infiltração, inchaço e coceira;
  • Astenia (diminuição da força física).

Para mais informações sobre possíveis efeitos colaterais do Stelara, procure auxílio médico e leia a bula do medicamento.

Valor: qual o preço de Stelara e onde comprar mais barato?

O preço* do medicamento Stelara varia conforme sua miligramagem e versão de comercialização, além da disponibilidade e também de acordo com sua região.

Mas, para saber onde comprar o medicamento com o melhor preço em sua localidade, você pode acessar o site Consulta Remédios. Ele permite um comparativo de preço do mesmo remédio em diferentes estabelecimentos, assim é possível escolher o melhor pra você.

Confira as diferentes versões do Stelara e os valores:

*Preços consultados em março de 2020. Os valores podem sofrer alterações.

Tem genérico ou similar?

Não. O medicamento Stelara é do tipo Biológico e, por isso, não tem versões genéricas ou similares. Essas medicações são, geralmente, criadas para o tratamento de doenças muito específicas ou como formas de tratamento alternativas.

Por isso, caso seja criada uma outra versão desse medicamento, também será classificada como sendo do tipo biológica. 

Ustequinumabe tem no SUS?

Sim. A substância Ustequinumabe (princípio ativo do Stelara) está presente na Relação de Medicamentos Essenciais (RENAME) de 2020. Dessa forma, deve ser fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Vale reforçar que, em todos os casos, só é possível ter acesso ao medicamento com prescrição médica.

É aprovado pela ANVISA?

Sim. O medicamento Stelara está regulamentado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e possui o Registro nº 112363394.

Sendo assim, é aprovado e comercializado com eficácia e segurança comprovadas. Além disso, está na classe terapêutica de imunossupressores e, como vimos, trata-se de um medicamento categorizado como Biológico.

Como orçar Stelara?

Caso uma medicação não esteja disponível via Sistema Único de Saúde (SUS), pacientes com prescrição médica ainda podem fazer um requerimento judicial para receber o tratamento custeado pelo Governo Federal ou Plano de Saúde — se for o caso.

Nessas circunstâncias, é preciso abrir um processo seguindo as requisições previamente estipuladas. Entre elas está a entrega de documentos que incluem, dentre outros: 

  • Laudo médico;
  • Exames;
  • Requerimento padrão;
  • Orçamento de 3 farmácias.

Você pode contar com a Assessoria em cotações judiciais para aquisição de medicamentos para ajudar no processo de orçamento. Essa assessoria fornece uma cotação personalizada e de forma fácil.

Ao acessar o link, realize o seu cadastro informando alguns dados pessoais e o medicamento em questão. Depois, clique em “solicitar cotações” e aguarde o retorno.


O Stelara é um medicamento muito importante para manter a qualidade de vida de muitas pessoas que sofrem com psoríase ou artrite psoriásica. Assim como muitos outros remédios que atuam no tratamento de doenças autoimunes.

Se você quiser saber mais informações sobre medicamentos, acesse a aba “Remédios”. Continue acompanhando o Minuto Saudável para mais informações sobre saúde e bem-estar!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.