O desejo de ter um neném é comum a muitas pessoas. Infelizmente, nem todas elas conseguem engravidar com facilidade e precisam de uma “empurrãozinho” da medicina. 

A boa notícia é que medicamentos com Menopur podem ser usados nesses casos. 

Quer saber mais sobre esse remédio? Então acompanhe o texto: 

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que é o medicamento Menopur? 
  2. Para que serve o medicamento Menopur? 
  3. Como atua o princípio ativo Menotropina? 
  4. Como se aplica o Menopur? 
  5. Qual é a posologia indicada? 
  6. Quanto tempo demora para o Menopur fazer efeito?
  7. Quais os efeitos colaterais de Menopur? 
  8. Menopur engorda? 
  9. Tem contraindicações? 
  10. Valor: qual é o preço de Menopur? 
  11. Menopur tem genérico?
  12. Menopur tem no SUS? 
  13. É aprovado pela ANVISA? 
  14. Como orçar Menopur? 

O que é o medicamento Menopur?

Menopur é um medicamento biológico que é indicado para o tratamento da infertilidade. A aplicação é feita por injeção via intramuscular ou subcutânea. A versão de 75UI pode ser usada em homens e mulheres enquanto que a de 600UI ou 1200UI só podem ser aplicadas em mulheres. 

O princípio ativo desse medicamento é a Menotropina, uma associação dos hormônios folículo estimulante (FSH) e hormônio luteinizante (LH) para tratar quadros de insuficiência na produção de um ou ambos os hormônios. 

Populações especiais 

Gestantes, mulheres que estão amamentando, idosas, crianças e pacientes alérgicas a Menotropina ou outros ingredientes presentes na fórmula não devem tomar Menopur. 

Isso porque esse remédio pode comprometer a saúde e o bem-estar desses grupos. 


Intolerantes à lactose também devem ficar atentas(os) enquanto estiverem fazendo o tratamento com Menopur, já que a fórmula desse fármaco apresenta esse tipo de açúcar. 

Mulheres com obesidade (com o índice de massa corporal maior que 30kg por m²) ou riscos conhecidos de desenvolver trombose devem ser orientadas por um(a) profissional de medicina para avaliar as vantagens e riscos de tomar Menopur.  

Para que serve o medicamento Menopur?

Menopur é indicado para tratar a infertilidade feminina e, em alguns casos, masculina. Ou seja, é usado por pessoas que desejam conceber. Nas mulheres, ele estimula o crescimento dos folículos, induzindo a ovulação. Nos homens, a ação é um estímulo nos testículos para que se produza mais espermatozoides. 

Como atua o princípio ativo Menotropina?

Atualmente, a Menotropina é o princípio ativo de 3 medicamentos utilizados para a mesma função: Menopur, Merional e Menogon. 

Essa substância é uma combinação de hormônios chamados de LH (hormônio luteinizante) e o FSH (hormônio folículo-estimulante), que estimulam o crescimento dos folículos dos ovários. 

Mas porque isso ajuda a engravidar? 

O folículo é composto de células epiteliais. Quando ele cresce e atinge a sua maturação, vira um óvulo que é liberado (ovulação).  

De um jeito mais simples: a Menotropina é um conjunto de hormônios que promove o desenvolvimento correto do óvulo e contribui para que a haja a indução da ovulação.

Já nos homens, a forma de atuação é semelhante. A principal diferença é a ação do medicamento é nos testículos, que são estimulados a produzir espermatozoides.  

Essa substância é eliminada principalmente pela urina. 

Como se aplica o Menopur?

Se você tiver alguma dúvida quanto à forma correta de aplicar a injeção, leia a bula ou então busque orientações com um(a) profissional da saúde. O bulário de Menopur recomenda que a 1ª aplicação subcutânea seja feita sob a supervisão de um(a) médico(a), seguindo os passos abaixo:  

  1. Lave bem as mãos e use uma superfície lisa e limpa como apoio; 
  2. Abra a embalagem e coloque a agulha na seringa (cuidado para não quebrar ou entortar a agulha); 
  3. Reserve a agulha vazia; 
  4. Pegue a ampola com o líquido reagente e posicione o seu polegar no ponto azul; 
  5. Aperte essa parte da ampola contra você até quebrar (como se estivesse empurrando o vidrinho). Se quiser, pode usar uma gaze para não se cortar; 
  6. Pegue a seringa e coloque a agulha dentro da ampola; 
  7. Puxe para cima o canhão da seringa, sugando todo o líquido; 
  8.  Abra o vidrinho com o medicamento em pó; 
  9. Posicione a seringa dentro desse vidrinho com o remédio em pó e coloque o líquido presente na agulha (faça isso vagarosamente para evitar a formação de bolhas);  
  10. Mexa delicadamente o vidrinho para que o pó e o líquido se misturem com mais rapidez; 
  11. Espere por 2 minutos até que a solução esteja homogênea e límpida; 
  12. Suge essa solução novamente com a seringa;    
  13. Vire a agulha para cima e pressione o canhão até que saia apenas a 1ª gotícula do medicamento (isso é importante para eliminar completamente as bolhas de ar); 
  14. Use um pedaço de algodão com álcool para desinfetar a área onde será aplicada a injeção; 
  15. Forme uma dobra com a sua pele com a sua mão não dominante; 
  16. Com a mão dominante, insira a agulha nessa dobra. Faça isso rapidamente e mantenha a seringa a 90º do restante do corpo; 
  17. Aperte o canhão da seringa para que o medicamento seja liberado; 
  18. Quando a seringa estiver vazia, remova-a delicadamente; 
  19. Pode-se usar uma gaze ou um algodão sob o local da aplicação para estancar eventuais sangramentos; 
  20. Caso seja necessário, coloque um curativo sobre o local. 

O(a) profissional da saúde que está te orientando indicará quais são os melhores locais para que se aplique a injeção (geralmente, coxas, braços e barriga são os mais comuns); 

Lembre que esse lixo não deve ser descartado junto com os dejetos comuns. Há pontos de recolhimento de seringas em hospitais e farmácias. 

Qual é a posologia indicada? 

A posologia indicada é variável para cada caso. Isso porque a quantidade de hormônios e as respostas ao tratamento são diferentes para cada organismo.

Por isso, o ideal é seguir as recomendações médicas. Esse(a) profissional também está apto(a) para fazer possíveis alterações na quantidade de Menopur que deve ser aplicada, caso seja necessário.

Durante todo o período de uso de Menopur, deve-se fazer exames de sangue ou de ultrassom com frequência para monitorar a quantidade hormonal no corpo.

O sexo da(o) paciente também vai influenciar na posologia desse remédio bem como a combinação com outros métodos e tratamentos: 

Homens

Inicialmente, os homens devem receber entre 1.000UI e 3.000UI de testosterona. Somente depois de atingir esse quadro, deve-se administrar entre 75UI e 150UI de Menopur, 3 vezes por semana durante alguns meses.   

Mulheres

Comumente, o tratamento é iniciado nos primeiros 7 dias do ciclo menstrual. Nessa fase, a dose diária varia entre 75UI e 150UI. 

Se o(a) médico(a) julgar que a dose inicial está sendo insuficiente, é possível que se ajuste essa quantidade desde que o limite máximo de Menopur aplicado seja de 225UI por dia. 

Caso se passem 4 semanas (20 dias) de tratamento com a dose máxima e os resultados dos exames de sangue mostrem que o remédio não está fazendo o efeito esperado, o(a) ginecologista ou profissional em fertilidade tende a prescrever outro medicamento. 

Quanto tempo demora para o Menopur fazer efeito?

O ideal é que se estime o tempo de ação com a orientação de um(a) profissional de medicina, já que isso pode variar de acordo com fatores como uso ou não de outros remédios para estimular a ovulação, quantidade de hormônios presentes no organismo e sexo da pessoa. Enfim, cada caso é uma situação diferente. 

Um detalhe importante que é citado na bula é que o tratamento com Menopur aumenta a probabilidade de uma gravidez múltipla (de gêmeos, por exemplo). 

Vale lembrar que Menopur é um medicamento para tratar a infertilidade a aumentar a chance de engravidar. 

Embora seja raro, há casos de pessoas que não conseguiram engravidar mesmo fazendo tratamentos para conceber. 

As chances de isso acontecer são maiores se a mulher têm históricos de: 

  • Gravidez ectópica; 
  • Perda do bebê em outras gestações; 
  • Presença de tumores nos ovários (neoplasia ovariana); 
  • Malformação do bebê em gravidezes anteriores.   

Quais os efeitos colaterais de Menopur?

Como todos os medicamentos, o uso de Menopur também pode causar reações adversas. Entre elas, a principal é o desenvolvimento da Síndrome de Hiperestimulação Ovariana (SHEO) que atinge principalmente as mulheres com ovários policísticos (SOP) e provoca enjoos, vômitos, diarreia, aumento do peso e torção ovariana. 

Por isso, as pacientes que já possuem SOP ou SHEO devem conversar com o(a) médico(a) sobre esse histórico antes de começar o tratamento com Menopur, já que esse medicamento tende a piorar os quadros dessas enfermidades. 

Outros efeitos colaterais também podem ser causados pela administração de Menopur. 

Com o objetivo de facilitar a informação, a bula divide as reações adversas conforme a frequência com que se manifestam: 

Comum 

As reações comuns ocorrem entre 1% e 10% dos casos: 

  • Dor e aumento do abdômen; 
  • Enjoos; 
  • Dor de cabeça; 
  • Dor e vermelhidão no lugar de aplicação da injeção; 
  • Síndrome da Hiperestimulação Ovariana (SHEO). 

Incomum

Os efeitos colaterais classificados incomuns se manifestam em 1% a 0,1% das (dos) pacientes: 

  • Vômitos; 
  • Diarreia; 
  • Cansaço; 
  • Tontura; 
  • Cistos nos ovários; 
  • Ondas de calor (fogachos); 
  • Desconforto nas mamas. 

Rara 

As reações adversas consideradas raras são aquelas que ocorrem em menos de 0,1% das pessoas que usaram o remédio. 

No caso de Menopur, elas são acne, vermelhidão e feridas na pele. 

Frequência desconhecida 

Os efeitos colaterais com frequência desconhecida são aqueles que não se manifestaram suficientemente nos testes laboratoriais para que sua periodicidade fosse estimada. 

No caso de Menopur, eles são:   

  • Febre; 
  • Mal-estar; 
  • Hipersensibilidade; 
  • Aumento de peso; 
  • Dor nos músculos e ossos; 
  • Torção dos ovários; 
  • Coceira; 
  • Irritação e vermelhidão na pele (urticária); 
  • Coágulos de sangue nos vasos sanguíneos; 
  • Desordens visuais. 

Menopur engorda?

Entre os possíveis efeitos colaterais causados pelo Menopur está o aumento de peso. Assim, é possível que esse medicamento faça com que algumas pessoas engordem. 

Porém, assim como outros efeitos adversos, o ganho de peso é uma condição que não necessariamente vai ocorrer. Também é necessário conversar com profissionais para receber orientação quanto aos cuidados e hábitos que devem ser adotados.   

Tem contraindicações?  

Sim, Menopur tem contraindicações tanto para mulheres como para homens. Por isso, em casos de dúvidas, procure orientação médica. 

Menopur é contra indicação para mulheres

  • Tenham tumores no útero, nos ovários, nos seios, na hipófise ou no hipotálamo; 
  • Estejam grávidas ou amamentando; 
  • Tenham sangramento vaginal sem motivo aparente; 
  • Apresentam aumento dos ovários; 
  • Estejam com quadros de menopausa precoce; 
  • Possuam malformação dos órgãos genitais; 
  • Foram diagnosticadas com deficiência nos ovários. 

Caso a mulher tenha complicações na tireoide, na glândula suprarrenal ou na prolactina (hormônio) no sangue, essas condições devem ser tratadas antes de iniciar o tratamento com Menopur.  

Já os homens não devem receber esse medicamento se já tiveram câncer de próstata ou tumores nos testículos

Valor: qual o preço de Menopur?

O preço desse remédio varia conforme a quantidade de ampolas que vem em cada caixa e quantos UI cada um desses frascos contém. A presença ou não de seringas na embalagem também reflete no preço. 

Por exemplo: 

Uma ampola com 75UI de Menopur em pó + uma ampola com 1ml de diluente sai por entre R$103,50 e R$143,98*.

O a mesma posologia, mas com 5 ampolas na embalagem tem um preço médio de R$810,65*. 

uma ampola de Menopur 600UI em pó + um frasco de 1mL de diluente + 9 seringas vazias tem uma variação de valores entre R$882,00 e R$1.048,15*. 

Os preços são ainda maiores para 1 frasco com 1200UI de Menopur em pó + 2 ampolas com 1 mL de diluente + 18 seringas vazias. Esse kit pode custar desde R$1.765,00 até R$2.071,05*. 

*Preços consultados em março de 2020. Os valores podem sofrer alteração.   

Menopur tem genérico?

Menopur é um medicamento que não tem genéricos ou similares, por se tratar de uma substância biológica.

Porém, o princípio ativo Menotropina também é comercializado por outras duas marcas, a Menogon e o Merional

Menogon é fabricado pela mesma empresa que Menopur, a Ferring. Já Merional é manipulado pela farmacêutica Meizler UCB. 

Menopur tem no SUS?

Não. O Sistema Único de Saúde (SUS) não oferece Menopur ou outras medicações à base de menotropina.

No entanto, é possível que ainda haja uma tentativa judicial de obter o custeio do medicamento pelo Estado ou, caso a(o) seja cliente de plano de saúde, pela empresa contratada. 

Em casos de dúvidas, o mais correto é buscar a orientação de um(a) advogado(a).  

É aprovado pela ANVISA?

Sim. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprova a manipulação e o comércio de Menopur. 

A farmacêutica suíça Ferring tem essa autorização desde março de 2002, podendo comercializar esse medicamento até que o registro vença em março de 2027.  

Como orçar Menopur?

Fazer um orçamento às vezes não é tarefa fácil. 

Para facilitar a sua vida, o Consulta Remédios desenvolveu um programa de assessoria para medicamentos de alto custo. 

É bem simples. Basta acessar o link, preencher o formulário com o seus dados pessoais e dentro de algum tempo, nossa equipe vai te mandar um orçamento completo e personalizado com pelo menos 3 farmácias que disponibilizam esse remédio. 


Menopur é um remédio indicado para o tratamento da infertilidade. A sua aplicação é complexa e deve ser orientada por um(a) profissional da saúde. 

O Minuto Saudável traz outras informações sobre remédios. Acesse nossos posts e confira!  


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.