Os cachorros estão tão presentes na vida de muitas pessoas e são, muitas vezes, considerados como membros da família. 

Por isso, cada vez mais, as grifes e marcas de roupas também estão preocupando-se em desenvolver e comercializar roupas e acessórios para os animaizinhos.  

Para garantir mais conforto ao seu pet, na hora em que for comprar as roupas, tenha em mãos as medidas do pescoço, do peitoral e das patas. Isso vai ser fundamental para escolher o modelinho adequado e confortável.

Para que serve a roupa para cachorro?

Em geral, elas servem para aquecer os bichinhos, mas podem ser para deixá-los mais estilosos, desde que estejam confortáveis.

Algumas raças de cachorros não precisam de roupa para se aquecer. Na verdade, eles já têm uma proteção natural contra o frio: os pelos.

Por isso, o recomendado é que o cãozinho de médio e grande porte só seja envolto em tecidos se ele estiver com indícios de que a temperatura corporal mais baixa (tais como tremedeira ou focinhos, patas e orelhas geladas). 

Por outro lado, os cães de raças menores ou sem tanto pelo precisam de proteção quando as temperaturas são baixas.

Essa proteção, entretanto, não precisa ser sinônimo de roupas. O cãozinho pode simplesmente preferir estar de baixo de uma coberta em vez de usar uma roupinha, por exemplo.   


É importante respeitar a vontade do cãozinho: as roupas devem ser colocadas se o animal demonstrar que gosta desse tipo de conforto. 

Colocar as roupinhas em pets que não gostem pode trazer algumas consequências: 

  • O cachorro pode tentar tirar o tecido e acabar se machucando ou se enforcando; 
  • O animal pode se agitar e ter aumentos repentinos da temperatura corporal (hipertermia); 
  • O bichinho pode ficar mais estressado e bravo que o normal. 

Para evitar isso, o correto é fazer o teste. Tente colocar uma roupinha mais larga no seu pet  e veja como ele reage. 

Se gostar, está liberado para usar outras roupinhas. Se não gostar, respeite as vontades do seu amiguinho, sem se esquecer de prezar pelo conforto do animal. 

Tipos e modelos para escolher 

Se o seu amiguinho gostar de usar roupinhas, o ideal é sempre verificar se as mesmas não estão apertadas ou incomodando.  

Tenha em mente que, em geral, os cachorros são animais ativos que gostam de correr, pular e brincar.  

Algumas dicas podem ajudar a escolher a melhor roupa para seu pet: 

  • Se o cãozinho for muito agitado, evite lacinhos, pedras e objetos pequenos. Isso pode fazer com que esses acessórios caiam ou, pior, que o cachorro arranque e os engula; 
  • Os tecidos antialérgicos são os indicados para todas as raças de cachorros. Eles tendem a evitar que os pets desenvolvam alergias ou problemas na pele e no pelo; 
  • Evite as mangas muito compridas. Elas podem atrapalhar os passos do cachorro e fazer com que ele tropece, deslize ou perca o equilíbrio;
  • É importante que a roupinha tenha uma fenda na parte de trás do corpo do cachorro. Assim, ele pode fazer suas necessidades sem sujar o tecido. Esse espaço também deve ser adaptado para que o rabo do cachorro possa ficar de fora, sem incomodá-lo.

As tendências fashion também são determinadas pelo tamanho e o porte do animal, já que esses fatores são de extrema importância para o bem-estar do bichinho. 

Grande

Os cachorros de porte grande podem ter um pouco mais de dificuldades para adaptar-se. Mas, com roupas do tamanho certo e um pouquinho de paciência, é possível que eles passem a gostar do acessório.

Geralmente, eles combinam com agasalhos (cobrindo as pernas) ou regatas que envolvem somente o tronco do animal.   

Pequeno 

Os cãezinhos de pequeno porte tendem a precisar das roupinhas, já que são mais vulneráveis e propensos à pneumonia e gripe

Por isso, esses animais combinam com tecidos mais quentinhos e roupinhas mais compridas. 

Mas isso não os impede de usar regatinhas, vestidinhos e outras peças, desde que gostem e se sintam confortáveis.  

Filhote 

Durante a infância, os cachorros podem ser treinados a usar as roupinhas. Assim, quando crescerem, já estarão acostumados. 

Se eles forem bem filhotinhos, ainda dá para aproveitar e colocar todos os acessórios, já que eles ainda tendem a ficar dormindo. 

Por outro lado, se já forem mais crescidinhos e gostarem de brincar (como todo filhote saudável), os acessórios podem ser deixados de lado para facilitar a movimentação do bichinho.


O uso de roupinhas para cachorros só deve ser feito se ele gostar dessa moda.  O Minuto Saudável traz outras informações sobre o mundo pet. Acompanhe nossas postagens!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *