A gravidez é um dos períodos mais importantes na vida de algumas mulheres. E nessa fase é normal que surjam dúvidas sobre a alimentação, os cuidados e até a rotina de beleza.

Dúvidas como grávida pode fazer luzes ou progressiva são normais e envolvem muitos mitos e tabus.  

Grávida pode fazer luzes com pó descolorante? 

Na grande maioria dos casos sim, desde que o produto usado seja aplicado somente nos fios, sem encostar no couro cabeludo e que o(a) profissional saiba sobre a gestação.

Também é importante que os descolorantes usados nesse processo não contenham substâncias pesadas como amônia e arsênio. 

Em caso de dúvidas, o recomendado é ler o rótulo e conversar com profissionais para verificar se há alguma contraindicação. 

O ideal é que a gestante faça o procedimento em salões, e não em casa. O local deve ser bem arejado e a pessoa responsável deve estar ciente da gestação.

Outra regra é aplicar o mais longe o possível da raiz, sempre tomando cuidado para que o produto não encoste no couro cabeludo.  

Vale ressaltar que não são todas as mulheres que podem usar químicas nos fios durante a gestação. 


Se a situação for delicada ou a saúde da mãe e do neném estiver em risco, o melhor a fazer é evitar esses procedimentos. 

Grávida pode fazer luzes e progressiva?

As luzes podem ser feitas, desde que os produtos usados não possuam substâncias agressivas em sua composição. 

Já quanto a progressiva, o grande problema é que esse processo envolve formol, substância considerada cancerígena pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O formol pode trazer prejuízos como: 

  • Má formação do neném ou falência dos órgãos; 
  • Desenvolvimento de doenças (respiratórias e cardiovasculares) no estágio neonatal; 
  • Possibilidade do bebê desenvolver alguns tipos de câncer (leucemia, por exemplo); 
  • Aborto espontâneo ou a morte do neném; 
  •  Diminuição da produção das proteínas presentes no leite materno. 

Por isso, o mais ideal é evitar a progressiva durante a gestação e o período de aleitamento materno. 

Mas outros métodos para alisar as madeixas, como chapinhas e escovas de cabelo, são permitidos, uma vez que não precisam de nenhum produto químico para surtirem efeito.  

Grávida pode fazer luzes e selagem?

Sim, a gestante pode fazer selagem capilar desde que o processo seja feito depois dos 3 primeiros meses. Deve-se dar preferência para os produtos que serão aplicados somente nos fios e não no couro cabeludo. Assim, o organismo da mulher tende a não absorver o químico, reduzindo as chances do bebê ser afetado. 

Já o uso de produtos com formol está proibido porque essa substância pode comprometer o bom desenvolvimento do neném. 

Além do formol, outras substâncias como chumbo, resorcina e hidroquinona também não devem ser usadas durante a gestação. 

Isso porque, ao terem contato com o organismo, entram na corrente sanguínea e chegam até a placenta, o que pode causar falência ou má formação dos órgãos do bebê e até abortos. 

Fiz luzes e não sabia que estava grávida: há riscos?

Depende do tipo de produto que você usou. 

Se o processo envolveu químicos mais fortes, vale conversar sobre isso na próxima vez que for à consulta obstétrica.

O mais recomendado é não entrar em desespero, conversar com o médico e não repetir o processo até que a criança pare de mamar.  


As luzes durante a gestação são permitidas desde que os produtos usados não sejam fortes, ou seja, contenham metais pesados e substâncias tóxicas. O Minuto Saudável traz outras informações sobre cuidados na gestação. Confira nossas postagens!!!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *