Há diversas pesquisas que mostram como o mercado de skincare (cuidados faciais) cresceu nos últimos anos, tanto em nosso país quanto fora daqui. Sendo assim, cada vez mais surgem produtos, rituais de beleza e cuidados que antes não eram conhecidos.

Dentre as novidades, as tradições asiáticas se destacaram devido à fama em relação a peles perfeitas. Nos últimos dois ou três anos, no Brasil, a partir das mídias sociais e principalmente devido a influenciadoras digitais do universo da beleza, ficou famosa a “rotina coreana de skincare”.

Pensando nisso, vamos explicar para você hoje o que é essa rotina, quais suas características e para quem é indicada:

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que é a rotina coreana de skincare?
  2. Passos: como fazer a rotina coreana para cuidar da pele?
  3. Existem produtos certos para a rotina coreana?
  4. A rotina coreana é boa para pele oleosa, mista ou acneica?

O que é a rotina coreana de skincare?

A rotina coreana de skincare é, como o nome sugere, uma tradição que provém dos países asiáticos com relação aos cuidados faciais — a fim de manter uma pele perfeita e, principalmente, com aparência jovem.

Trata-se, basicamente, de um conjunto de passos diários (para serem realizados tanto durante o dia, quanto à noite) que não tem como foco os produtos em si, mas sim a realização de cada etapa. Ou seja, você pode adaptar e/ou mudar o produto que vai usar para cada passo, o que importa é realizá-los.

Mas, antes de mais nada, lembre-se: a pele das asiáticas é diferente da pele brasileira, bem como o clima e outras características pessoais. Ou seja, essa rotina não necessariamente será boa para todo mundo. Por isso, é imprescindível ter auxílio de um(a) dermatologista.

Também é importante ter em mente que — ao contrário do que há em muitos sites ou vídeos — não existe realmente um número certo de passos. Entretanto, geralmente a média é de 10 passos, realizados para limpar, cuidar e proteger a pele.


Existem, sim, alguns passos que são considerados indispensáveis, mas em contrapartida há aqueles que são majoritariamente opcionais. Sendo assim, veja no tópico a seguir algumas dicas para reproduzir a rotina coreana de skincare:

Passos: como fazer a rotina coreana para cuidar da pele?

Conforme mencionado no tópico anterior, não há necessariamente um número certo de passos para compor sua rotina de skincare coreana. Mas, no geral, são bastante populares 10 passos. Confira quais são eles (estão apresentados em sua ordem de aplicação) e como funcionam:

Limpeza à base de óleo 

Esse passo consiste em usar um óleo de limpeza facial (cleansing oil) para remover maquiagem e impurezas da pele. Mas atenção, trata-se de um tipo de óleo específico, com propriedades emulsificantes (ou seja, derrete quando em contato com a água), não deixando resquícios.

O óleo de limpeza deve ser aplicado na pele seca, realizando movimentos circulares e massageando todo o rosto por alguns minutos. Isso é importante pois vai ajudar a remover impurezas que estão nos poros, podendo — inclusive — ajudar na remoção de cravos.

Após isso, basta enxaguar e o óleo deve sair completamente da pele (ao entrar em contato com a água, torna-se um líquido com aspecto leitoso).

Por fim, vale destacar que nem todas as pessoas realizam esse passo de manhã, considerando que é à noite que a pele precisa de mais limpeza para remover as impurezas do dia (poluição, maquiagem, etc). Mas, caso deseje fazer pela manhã, não há problema nenhum.

Limpeza à base de água 

O nome “a base água” significa, apenas, que o produto não tem óleo em sua composição. Nessa etapa se utiliza um sabonete, gel de limpeza ou espuma para lavar o rosto normalmente.

Com isso, ao realizar a limpeza à base de óleo e a que tem base em água, caracteriza-se o chamado double cleansing (limpeza dupla).

Tônico 

O tônico facial é um passo fundamental na rotina coreana, isso pois além de preparar a pele para receber os próximos passos, muitos têm propriedades hidratantes. Outra função importante é equilibrar o pH da pele. 

Ao realizar essa rotina, as asiáticas geralmente utilizam as mãos, depositando um pouco de produto e aplicando com batidinhas (com os dedos) no rosto. Entretanto, também é possível usar o tônico com um algodão (bem úmido), passando levemente no rosto.

Esfoliação 

A esfoliação é realizada apenas uma vez na semana, podendo ser do tipo comum (com sabonetes ou cremes com partículas esfoliantes) ou do tipo química (cremes que fazem com que as células mortas se desprendam).

Independente do tipo, o objetivo da esfoliação é renovar a pele. Em alguns casos, pode até mesmo ajudar a clarear pequenas manchas, visto que estimula a produção de colágeno e renovação celular.

Essence 

As essences são “águas milagrosas”, semelhantes aos tônicos, porém com textura parecida a dos séruns — no entanto, menos concentradas. 

São ricas em ingredientes como glicerina e ácido hialurônico (ambos têm propriedades que hidratam e preenchem a pele). Para aplicar, deve-se colocar um pouco na palma das mãos e pressionar no rosto.

Infelizmente, no Brasil ainda não existe nenhuma essence. Mas, para realizar a rotina coreana, é possível substituí-la pelas chamadas “água da beleza” ou até por uma água termal — sempre esperando a pele absorver naturalmente, sem esfregar.

Sérum 

Os séruns têm uma textura, geralmente, líquida ou semelhante a um gel muito leve. Essa característica permite uma rápida e profunda absorção pela pele.

Por conta disso, enquadram-se na categoria de nutrição da pele (visto que penetram nas camadas mais profundas da derme). Alguns exemplos de produtos que podem ser utilizados nessa etapa são: vitamina C, ácidos, séruns anti-idade, etc.

Máscara 

A máscara facial é um passo muito importante para qualquer rotina de pele, mas atenção: tudo em excesso faz mal. O ideal é utilizar a máscara de sua preferência apenas uma vez na semana.

Há diferentes tipos diferentes e com propósitos diferentes (iluminar, purificar, hidratar, matificar, efeito detox, calmante, etc). 

Sendo assim, basta escolher se prefere máscaras do tipo creme, que precisam ser aplicadas com pincel no rosto, ou as de algodão (queridas pelas asiáticas) que apenas precisam ser posicionadas no rosto e depois são descartadas. 

Independente da máscara, respeite sempre seu tempo de ação (em média 15-20min) e, caso seja uma máscara de algodão — que vem embebida em produto —, após retirar espere que a pele absorva todo o resto de produto. Ou seja, não enxágue.

Creme para olhos 

Essa é uma etapa que muitas pessoas esquecem e acabam fazendo uso dos mesmos cremes do rosto na região dos olhos. 

Entretanto, é importante destacar que os cremes para os olhos precisam ter moléculas menores, por conta da pele mais fina na região. Isso facilita uma plena absorção do produto e permite chegar ao resultado desejado: prevenção de rugas e evitar olheiras.

Hidratante 

Essa é, de forma geral, a etapa mais popular dos cuidados faciais. Basta escolher um creme de sua preferência (observando sempre se é para uso diurno ou noturno) e aplicar uma camada fina e uniforme na pele.

A única recomendação é procurar um que se adapte ao seu tipo de pele. Por exemplo, para peles com maiores tendências à oleosidade, é ideal optar por cremes com textura em gel (pois têm rápida absorção). Em contrapartida, pessoas de pele seca podem optar por cremes mais densos e potentes.

Protetor solar 

Após tantas etapas, falta apenas realizar a aplicação do filtro solar de sua preferência — é possível optar entre os com cor, sem cor, para pele oleosa, hidratantes, etc.

O protetor é uma etapa indispensável na rotina coreana. Mas, muito mais do que cuidar da pele, ele também cuida da nossa saúde (considerando que a exposição alta à luz pode causar doenças como câncer de pele).

Ele é usado essencialmente durante o dia (com FPS a partir do 30). Mas pode ser utilizado à noite também, caso você fique exposto demasiadamente à luz artificial (televisão, celular, lâmpadas, computador, etc). Por isso, é importante ter um filtro que proteja contra os raios UVA e UVB. 

Por fim, vale reforçar que não obrigatoriamente você precisa realizar todas essas etapas. Mas, seja qual for a sua escolha de rotina, é imprescindível realizar acompanhamento com um(a) dermatologista, a fim de selecionar produtos e etapas apropriadas para sua pele.

Existem produtos certos para a rotina coreana?

Não. Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a rotina coreana não precisa ser feita necessariamente com produtos asiáticos.

Claro que existem alguns produtos que ainda são mais difíceis de encontrar no Brasil e alguns não estão disponíveis aqui nem mesmo em versões similares, apesar disso, basta adaptar com o que podemos encontrar.

Felizmente o mercado nacional já oferece diversas opções de itens para skincare — desde os mais básicos até os mais modernos.

Sendo assim, como o nome sugere, o objetivo da “rotina coreana” é literalmente criar uma rotina de cuidados diários. Dessa forma, o ponto principal está em seguir as etapas, independente do produto utilizado.

Pensando nisso, confira algumas dicas de como adaptar alguns passos dessa rotina com produtos brasileiros ou naturais:

Como adaptar com produtos brasileiros ou vendidos no Brasil

Algumas opções de produtos comercializados nacionalmente e que podem ser utilizados na rotina coreana de skincare são:

O único produto que não tem uma versão comercializada oficialmente no Brasil é a “Essence”, mas é possível substituir por produtos como Água da Beleza ou brumas hidratantes.

Como adaptar com produtos naturais

Apesar da enorme gama de cosméticos disponíveis e da aparente complexidade da rotina coreana de cuidados com a pele, você pode simplificar todo esse processo.

Muitas pessoas optam, baseadas em diferentes motivos, por utilizar produtos naturais em seus cuidados diários. Pensando nisso, separamos algumas dicas que você pode aplicar para realizar essa rotina de forma mais saudável, barata e sustentável:

  • Utilizar óleos vegetais como cleansing oil — como vimos, a primeira etapa é a limpeza à base de óleo. Então, você pode aplicar os óleos vegetais para isso, ao final, basta remover o excesso com algodão e lavar com água e sabonete/gel;
  • Tônico de arroz — o tônico é uma etapa fundamental da rotina. Nesse caso, você pode preparar o seu em casa: deixe o arroz de molho na água por várias horas e, depois, ela ficará leitosa (essa água é que será utilizada como tônico). Para melhor resultado, conserve o produto na geladeira e em uma embalagem própria;
  • Creme para olhos — basta umedecer dois sachês de chá de camomila, deixar na geladeira por 40 minutos e, em seguida, colocá-los nos olhos fechados (deixe agir por 15-20min);
  • Tratamento/Sérum — uma boa opção é utilizar o óleo de rosa mosqueta, ele é um óleo fino (o que possibilita ser utilizado por pessoas com diferentes tipos de pele) e tem ação antioxidante e até clareadora;
  • Máscara — é possível utilizar as argilas naturais. Há diferentes tipos, então você pode escolher a que se adapte melhor à sua pele e necessidades;
  • Esfoliação — algumas opções de esfoliação com produtos naturais incluem o uso de ingredientes como borra de café ou aveia em pó. Basta misturar um pouco com óleo de coco ou mel e aplicar no rosto.

Claro que nem todas as etapas podem ser substituídas por ingredientes naturais. Mas dá sim para adaptar a rotina. Além disso, cosméticos orgânicos ou veganos também podem ser uma boa alternativa.

A rotina coreana é boa para pele oleosa, mista ou acneica?

Sim. Diferentemente do que muitas pessoas imaginam, quem tem pele oleosa/mista/acneica precisa sim utilizar produtos que visem tratar, nutrir ou hidratar a pele. Ou seja, não se deve fazer uso apenas de produtos com efeito matte ou que tiram a oleosidade da derme.

Isso porque retirar excessivamente a oleosidade natural da pele e não repor, pode causar efeito rebote — levar a pele a produzir ainda mais sebo. 

Claro que pessoas com pele nessas características não precisam utilizar produtos super hidratantes ou com textura grossa. Por exemplo, podem substituir um tônico hidratante por um adstringente.

Ou, ainda, substituir o hidratante em creme por algum em textura gel (rápida absorção e aspecto mais sequinho na pele).

Além disso, manter uma pele bem limpa e cuidada é importante para todas as pessoas, o que pode evitar problemas como acne ou manchas. Entretanto, como mencionado em tópico anterior, a rotina coreana pode não funcionar para todo mundo.

Sobretudo, o objetivo dela é cuidar do aspecto e saúde da pele — não tem como foco ajudar problemas de acne ou oleosidade, por exemplo. Nesse caso, a pessoa pode sim seguir ordens de limpeza e cuidado, mas isso não dispensa a necessidade de realizar tratamentos próprios para o problema em questão.

Ou seja, deve-se sempre fazer um acompanhamento dermatológico para garantir que está fazendo uso de produtos apropriados para seu tipo de pele e às suas necessidades.


O mundo do skincare está crescendo cada dia mais. Sendo assim, rituais como a rotina coreana ficam cada vez mais populares e ganham o coração de muitas pessoas amantes desse universo.

É o seu caso? Tem algum outro segredo de cuidados faciais que não abre mão? Conta pra gente aqui nos comentários e continue acompanhando o Minuto Saudável para mais conteúdos como esse!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.