Exercício físico pode prevenir Alzheimer e melhorar memória

Segundo estudo, ao praticar atividades físicas, o corpo libera hormônio capaz de melhorar a capacidade cognitiva

0

Um estudo que contou com a participação de dois brasileiros, Sergio Ferreira e Fernanda de Felice, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), revelou que praticar exercícios físicos melhora o desempenho da memória e evita complicações do Alzheimer.

Segundo a pesquisa, publicada na revista Nature Medicine, o hormônio irisina, produzido pelos músculos durante exercício físico, desencadeia um efeito positivo no cérebro.

O estudo, que também envolveu cientistas de outros países, começou há 7 anos e foi dividido em etapas.

Primeiramente, foram analisados os níveis de irisina no sangue e no fluido cerebral (líquido cefalorraquidiano) de quatro grupos distintos de pessoas: saudáveis, com perda moderada de memória, com Alzheimer e com outro tipo de doença neurodegenerativa.

O resultado indicou que a quantidade do hormônio caiu pela metade na região do cérebro das pessoas com Alzheimer e outras demências. No sangue, os níveis se mantiveram iguais entre todos os grupos.

Em seguida, foram feitos testes em camundongos que comprovaram que os impulsos nervosos ligados ao desempenho e formação da memória ficam comprometidos quando há pouca irisina no organismo.

Algumas outras importantes funções dela é transmitir as mensagens químicas da atividade física pelo nosso corpo, e por ser produzida no organismo, o hormônio poderá ser usado em remédios, possivelmente não trazendo efeitos colaterais a saúde.

A recente descoberta pode ser um parâmetro para novos tratamentos terapêuticos de Alzheimer. Mas ainda é preciso um maior conhecimento sobre como a irisina entra em ação e interage com o cérebro.


O Alzheimer é marcado pela perda de memória e da capacidade de planejamento.

A prática de exercícios físicos melhora as funções cognitivas e atrasa a progressão dos transtornos neurodegenerativos. Por isso, é essencial na prevenção de doenças relacionadas ao sistema nervoso central.

Acompanhe mais notícias no Minuto Saudável!

Leia também: Vírus da herpes pode ser uma das causas do Alzheimer

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe o seu comentário, nos preocupamos com sua opinião:

Por gentileza, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.