Atualmente, é imensa a quantidade de substâncias utilizadas em medicamentos, e cada uma possui um intuito diferente. Além da diversidade, sabe-se que existem formas diferentes de apresentação do princípio. Mas, e qual é a diferença entre cada uma delas?

É essencial que eles sejam ingeridos da forma correta para que não ocorra o agravamento dos problemas de saúde. Desta forma, evite a automedicação e sempre que houver necessidade procure atendimento médico.

Como acontece

Cada substância leva um certo tempo para surtir o efeito esperado no organismo. Mas, este fator também pode sofrer interferências devido a sua forma de apresentação.

Os comprimidos utilizados embaixo da língua surtem um efeito similar ao das injeções. Como a área onde são colocados é repleta de pequenos vasos sanguíneos, a sua absorção costuma ser mais rápida.

Já os comprimidos comuns costumam ser absorvidos apenas quando atingem o intestino, já que a maioria dos medicamentos precisa ser ingerida com o auxílio de algum líquido (evite a interação com bebidas alcoólicas).

Ler a bula do medicamento antes de realizar o seu uso é essencial. Somente com as instruções contidas nela é possível evitar maiores problemas.

Além de evitar a automedicação é importante que o paciente busque ingerir o medicamento sempre no horário recomendado. Existem muitas substâncias que precisam de intervalos de tempo específicos para não sofrerem alterações em seu efeito.

Uso injetável

Os medicamentos para uso injetável costumam ser vendidos apenas com retenção de receita, e na maioria dos casos somente são aplicados no ambiente hospitalar. Quando são administrados por via endovenosa (atinge diretamente a circulação sanguínea) a absorção da substância é praticamente imediata, e por isso costuma ser utilizada em casos de dores fortes e doenças mais graves.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie o conteúdo!)
Loading...

Faça um comentário:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui