Fitness

Chá de erva-doce: conheça os benefícios e como preparar!

Por Redação Minuto SaudávelPublicado em: 19/08/2022Última atualização: 19/08/2022
Por Redação Minuto Saudável
Publicado em: 19/08/2022Última atualização: 19/08/2022
Foto de capa do artigo

Para muitas pessoas consumir chás diariamente já se tornou um hábito difícil de abandonar. Isso é compreensível, visto que além dos diferentes sabores, a bebida também promove relaxamento e é ideal para períodos de baixas temperaturas. 

Na hora da compra, um dos chás preferidos é o de erva-doce, que é tido como muito agradável ao paladar e é encontrado com mais facilidade nos comércios. Quando trata-se de saúde, ele  também é muito bem visto, em função das propriedades terapêuticas presentes.  

Pensando nisso, o Minuto Saudável listou neste texto alguns dos benefícios mais importantes proporcionados pelo chá de erva-doce. Confira!

Índice neste artigo você vai encontrar:

  1. Quais os benefícios do chá de erva-doce?
  2. Existem contraindicações?
  3. Como preparar o chá de erva-doce?

Quais os benefícios do chá de erva-doce?

Mulher com cólica com as mãos sobre a barriga.
Um dos benefícios mais populares do chá de erva-doce é aliviar cólicas e dores abdominais.

O chá de erva-doce ou chá de anis, é produzido a partir da extração da espécie chamada Pimpinella anisum, muito utilizada para fins medicinais em função dos nutrientes e propriedades terapêuticas presentes na planta. 

Dessa forma, introduzir o chá de erva-doce na rotina pode ajudar a melhorar a saúde e qualidade de vida em diferentes aspectos. Alguns dos benefícios proporcionados são:

  • Ameniza sintomas de gripes e resfriados: em virtude da ação analgésica e antiinflamatória presente no chá de erva-doce, é possível utilizá-lo para aliviar sintomas comuns como dor de cabeça e  dores musculares;
  • Reduz o inchaço: o chá tem ação diurética, ajudando a diminuir o inchaço decorrente do acúmulo de líquidos em certas parte dos corpo;
  • Diminui problemas de digestão: esse talvez seja o benefício mais famoso do chá de erva-doce, visto que desde do período do egípcio utilizava-se o chá para  melhorar o processo digestivo e evitar problemas gastrointestinais. Isso porque a planta contém ácido málico, que contribui para a liberação de ácido gástrico no estômago, responsável pela quebra das moléculas alimentares e, por consequência, a absorção dos nutrientes;
  • Ajuda na respiração: para aliviar os sintomas de asma e bronquite, o chá de erva-doce é um boa opção para complementar o tratamento indicado pelo médico, visto que ele colabora para o bom funcionamento do pulmão e na desobstrução das vias respiratórias (especialmente se for utilizado o óleo extraído das sementes da erva); 
  • Alivia dores abdominais:  quem sofre com cólicas em função do acúmulo de gases, aumento na liberação de hormônios ou dores gastrointestinais e na bexiga, pode recorrer ao chá de erva-doce para relaxar os músculos abdominais e reduzir a contração que causa dor na região;
  • Combate infecções: o chá pode ser um aliado ao tratamento (de acordo com orientações médicas) ou prevenção de doenças causadas por bactérias, vírus e fungos, visto que ele contribui para a ação das células de defesa no combate dessas doenças, principalmente o extrato das sementes de erva-doce, por ser mais concentrado;  
  • Melhora a qualidade do sono: propriedades terapêuticas presentes no chá de erva-doce proporcionam o relaxamento, tanto corporal quanto da mente, sendo muito benéfico para quem tem insônia. Desse modo, consumir a infusão feita a partir do chá da erva-doce antes de dormir melhora a noite de sono; 
  • Aumenta a imunidade: em função de ter nutrientes como a vitamina A e C, a erva-doce é tida como um antioxidante que combate os radicais livres no organismo o que, por consequência, fortalece o sistema imunológico, potencializando a ação das células de defesa que protegem o corpo de doenças e infecções;
  • Suaviza a menopausa: sintomas como a sensação de calor repentina, mudança de humor e falta de sono são comuns para mulheres que se encontram na menopausa. Dessa forma, o chá de erva-doce pode ser consumido para aliviar os sintomas, visto que ele ajuda na saúde do fígado, responsável pelo equilíbrio hormonal; 
  • Efeito calmante: para amenizar crises de estresse e ansiedade no dia a dia, o chá de erva-doce pode ser uma excelente alternativa devido ao efeito calmante que ele proporciona ao organismo;  
  • Controle da pressão arterial: a presença de potássio, um mineral muito importante para a regulação do ritmo cardíaco no chá de erva-doce, ajuda a manter a pressão arterial equilibrada.  

Existem contraindicações?

Em geral, qualquer pessoa saudável pode consumir o chá de erva-doce, no entanto, é importante ter alguns cuidados em relação ao consumo, para não exceder o limite adequado.

Aqueles que apresentam quadro de epilepsia, anemia, câncer de mama, diabetes, úlcera gástrica ou outras doenças, e estão realizando tratamento medicamentoso, devem procurar o médico para garantir que o chá não irá prejudicar o tratamento. 

Ademais, crianças, gestantes e lactantes  também devem consultar um profissional para não ter complicações. 

Como preparar o chá de erva-doce?

Uma xícara de chá erva-doce um bule de chá.
Preparar o chá de erva-doce é simples e prático!

De modo geral, as formas mais comuns para consumi-lo é a partir do uso das folhas da planta Pimpinella anisum ou de suas sementes. Ambas seguem o mesmo processo de preparo. 

Dessa forma, basta ferver a quantidade de água que preferir e, em seguida, colocá-la em uma xícara onde devem estar as folhas ou sementes de erva-doce. Em seguida, tampar a abertura da xícara e deixar a bebida descansar por um período de 5 a 7 minutos. Após, é só coar e beber.

Além de ser utilizado como chá na preparação de bebidas (infusões), a planta é muito empregada na fabricação  de óleos essenciais concentrados, fitoterápicos, e na fabricação de cosméticos e produtos para cabelo. 


Além da sensação de bem-estar e prazer em ingerir a bebida, este chá é um excelente recurso para manter o bom funcionamento do organismo. E você, já experimentou? Conta para a gente nos comentários! E continue acompanhando o Minuto Saudável para saber mais sobre outras receitas saudáveis!

Fontes consultadas

Compartilhe

Sobre o Minuto Saudável

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.
Banner anuncie em nosso site
Banner anuncie em nosso site
Nos acompanhe nas redes sociais:
Atenção: O conteúdo do site Minuto Saudável, como textos, gráficos, imagens e outros materiais são apenas para fins informativos e não substitui o conselho médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Se você acha que pode ter uma emergência médica, ligue para o seu médico ou 192 imediatamente. Minuto Saudável não recomenda ou endossa quaisquer testes específicos, médicos (profissionais de saúde), produtos, procedimentos, opiniões, ou outras informações que podem ser mencionados no site. A confiança em qualquer informação contida no site é exclusivamente por sua conta e risco. Se persistirem os sintomas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico. Leia a bula.

Minuto Saudável © 2022 Blog de Saúde, Beleza e Bem-estar
Política de Privacidade