Com a chegada do frio, muitas preocupações referentes a nossa saúde tomam conta de nossa cabeça, afinal, são muitas as doenças existentes que se agravam ainda mais com a temperatura baixa, como a bronquite e a asma.

Além da nossa saúde, o nosso corpo também sofre bastante com a queda de temperatura, podendo até entrar em congelamento ou perder mais calor do que consegue produzir, como é o caso da hipotermia. A maioria das pessoas conhece a doença de forma muito superficial, não sabendo quais são as causas que a provoca e como faz para tratá-la.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

E é por isso que, hoje, o artigo é sobre isso.

Índice

  1. O que é Hipotermia
  2. As fases da Hipotermia
  3. Quais são os tipos de Hipotermia
  4. O que causa a Hipotermia
  5. Os sintomas da Hipotermia
  6. Tratando a Hipotermia
  7. Há alguma complicação da Hipotermia?
  8. Como me prevenir da Hipotermia

O que é Hipotermia

Os seres humanos são homeotérmicos por natureza, isto é, possuem a temperatura de seu organismo sempre constante, em torno de 37ºC, podendo ter pequenas variações nesse número (de 0,2ºC a 0,4ºC). Então, quando há uma queda muito drástica da temperatura corporal, é preciso ficar atento aos sintomas, pois pode ser hipotermia.

E o que é hipotermia?, você deve estar se perguntando.

Hipotermia é quando a temperatura central do corpo cai abaixo de 35ºC. É considerada como temperatura central a temperatura do coração, pulmão, encéfalo e órgãos esplâncnicos. Quando a hipotermia não é tratada rapidamente, pode haver algumas complicações, inclusive a morte.

As fases da Hipotermia

A doença pode ser classificada em três etapas:

Primeira etapa

A primeira etapa ocorre quando a temperatura corporal cai entre 1 e 2 graus. A pessoa tem arrepios, sua respiração fica mais rápida e as mãos dormentes, impedindo-a de fazer tarefas cotidianas.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Segunda etapa

Na segunda etapa, a temperatura corporal reduz em 2 a 4 graus. Os arrepios são mais intensos, os movimentos ficam mais lentos e as extremidades do corpo ficam com um tom azulado. Apesar de estar consciente, a pessoa fica confusa.

Terceira etapa

Nesta última etapa, os arrepios cessam e surgem sinais de amnésia. O pulso cardíaco e a respiração diminuem, o que prejudica na atividade celular do indivíduo e acaba causando a morte clínica do paciente.

Quais são os tipos de Hipotermia

A hipotermia pode ser classificada em três tipos:

  • Aguda;
  • Subaguda;
  • Crônica.

Elas se diferenciam por conta de seu nível de gravidade. Entenda o que caracteriza cada uma abaixo.

Hipotermia Aguda

Esse tipo de hipotermia é caracterizado pela perda brusca de temperatura corporal e se deve a alta exposição ao frio. A hipotermia aguda acontece porque o corpo perde muito mais calor do que é capaz de gerar.

Hipotermia Subaguda

Diferente da aguda, a hipotermia subaguda tem como característica a perda gradual e em períodos mais longos da temperatura corporal.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Hipotermia Crônica

Como citado no começo do texto, é comum algumas doenças se agravarem nas estações mais frias do ano, o que acaba causando várias consequências, incluindo a hipotermia crônica.

Além dessa classificação, a hipotermia pode também ser classificada por questões médicas:

  • Não-intencional ou  acidental;
  • Terapêutica ou induzida.

Hipotermia Não-Intencional ou Acidental

Esse tipo de hipotermia ocorre normalmente em pacientes submetidos a anestésicos-cirúrgicos ou em vítimas de traumas. Ela acontece por conta da perda excessiva de calor ou a falta de cuidados para prevenir que a condição acontecesse.

Hipotermia Terapêutica ou Induzida

A hipotermia terapêutica é aplicada no paciente de forma consciente pela equipe médica e possui objetivos bem específicos: tratamento de hipertensão intracraniana refratária, proteção neurológica pós-ressuscitação cárdio-pulmonar, durante cirurgias neurológicas ou cardíacas de maior complexidade, em algumas afecções que cursam com elevação descontrolada de temperatura, e outras.

O que causa a Hipotermia

A causa maior da doença é a exposição intensa ao frio sem roupas adequadas ou a imersão completa ou parcial em água congelada. Porém, há outras causas para a hipotermia, bem como grupos de riscos mais suscetíveis a contrair a doença:

  • Crianças e idosos, pois seus corpos não possuem a habilidade de manter a temperatura corporal estabilizada;
  • Pessoas com doenças mentais;
  • Pessoas com problemas de álcool e/ou drogas;
  • Alguns medicamentos, como antidepressivos e sedativos.

Determinadas doenças e condições também podem causar quadros de hipotermia:

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Os sintomas da Hipotermia

Como a hipotermia pode ser classificada em três tipos de acordo com as condições físicas e climáticas, cada uma possui sintomas diferentes. Porém, há alguns que se assemelham entre eles.

  • Temperatura corporal abaixo de 35ºC;
  • Calafrios;
  • Fala difícil com voz trêmula;
  • Ritmo respiratório lento;
  • Pele fria e pálida;
  • Perda de coordenação;
  • Sensação de cansaço (fadiga);
  • Lentidão nos movimentos.

Sintomas da Hipotermia Aguda

  • Temperatura corporal entre 35ºC e 33ºC;
  • Sensação de frio;
  • Tremores;
  • Letargia motora;
  • Espasmos musculares;
  • Confusão mental;
  • Extremidades do corpo com tom acinzentado;
  • Pele fria.

Sintomas da Hipotermia Subaguda

  • Temperatura corporal entre 33ºC e 30ºC;
  • Sonolência;
  • Rigidez muscular;
  • Alterações na memória e na fala.

Sintomas da Hipotermia Crônica

  • Temperatura corporal inferior a 30ºC;
  • Imobilidade e inconsciência;
  • Pupilas dilatadas;
  • Frequência cardíaca baixa.

Tratando a Hipotermia

Ao perceber uma pessoa em situação de hipotermia, siga essas medidas de primeiros socorros:

  1. Chame uma ambulância imediatamente;
  2. Enquanto espera o socorro especializado, retire a pessoa do local gelado e dê uma bebida quente a ela (não muito quente, para que não ocorra choque térmico);
  3. Aqueça as axilas e pernas do paciente (pode ser com bolsas térmicas e cobertores);
  4. Caso a pessoa esteja com roupas molhadas, retire-as o quanto antes, pois elas absorvem o calor do corpo, impedindo-o de se manter na temperatura adequada.

Tratamento médico

A hipotermia crônica precisa de cuidados médicos e o tratamento consiste em:

  • Fluidos quentes;
  • Solução salina injetada na veia;
  • Reaquecimento do sangue;
  • Reaquecimento do corpo através de máscaras e tubos nasais.

Atenção! 

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Há alguma complicação da Hipotermia?

Se o paciente com hipotermia crônica não tiver os devidos cuidados médicos, as seguintes complicações podem ocorrer:

  • Congelamento ou morte dos tecidos;
  • Frieiras ou danos nos nervos e vasos sanguíneos;
  • Gangrena ou destruição dos tecidos;
  • Nervos e vasos sanguíneos destruídos por conta da imersão da água gelada;
  • A baixa temperatura corporal pode causar a diminuição da atividade celular, causando a morte do paciente.

Como me prevenir da Hipotermia

Adequando as seguintes práticas ao seu dia a dia, fica muito mais fácil de prevenir a hipotermia:

  • Use roupas adequadas em dias frios;
  • Proteja a cabeça, pois cerca de 20% do calor corporal é perdido através dela;
  • Caso esteja com roupas molhadas, retire-as imediatamente;
  • Realize atividades físicas, pois os movimentos corporais ajudam o sangue circular pelo corpo, diminuindo a sua contração.

Caso você possua alguma dúvida sobre o assunto, mande aqui pra gente através dos comentários. E não se esqueça: ao constatar uma pessoa em situação de risco de hipotermia, chame uma ambulância para que ela receba os devidos tratamentos médicos.

Referências

  1. https://www.nlm.nih.gov/medlineplus/hypothermia.html
  2. http://www.saj.med.br/uploaded/File/artigos/Hipotermia.pdf
  3. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-42302003000300028
  4. http://www.infoescola.com/fisiologia/hipotermia
  5. http://www.medicinenet.com/
  6. http://www.healthline.com/symptom/hypothermia
  7. http://www.tuasaude.com/hipotermia/
  8. https://pt.wikipedia.org/wiki/Hipotermia
  9. http://www.healthline.com/symptom/hypothermia
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

4 Comentários

    • Olá Michelle,

      É necessário que você se consulte com um médico (de emergência ou clínico geral), pois somente ele saberá te dizer o que está acontecendo com o seu corpo. Não esqueça de deixar claro para ele quais são as situações nas quais a hipotermia acontece, pois assim ele terá as informações necessárias para descobrir quais as possíveis causas do seu problema e te encaminhar para a especialidade médica que pode te ajudar.

  1. BOM DIA. TENHO PROBLEMAS COM HIPOTERMIA, NÃO SEI A CAUSA, GOSTARIA DE SABER QUAL É A ESPECIALIDADE MÉDICA QUE CUIDA DE PACIENTES COM ESTA ENFERMIDADE. OBRIGADO.

    • Olá Ubaldo,

      Não existe um médico específico que trate a hipotermia, porque ela não é uma enfermidade em si. Tratando-se de uma emergência médica, é importante que você vá a um posto de saúde ou hospital que faça atendimentos de emergência, pois lá o médico de emergências saberá identificar as possíveis causas da sua hipotermia e te encaminhar para a especialidade médica que pode tratar a sua condição.

      Agradecemos o comentário e desejamos melhoras!

Faça um comentário:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui