Atualmente, o estresse é considerado como um dos maiores males da humanidade. Por mais que não seja considerado como doença, ele pode acarretar diversos problemas em nosso organismo, prejudicando, assim, a nossa qualidade de vida. E um deles é justamente a fadiga ocular – ou vista cansada e, em termos médicos, astenopia. A fadiga ocular é caracterizada principalmente por cansaço constante, dores de cabeça e visão turva, e atinge cerca de 50% a 90% da população que trabalha com o computador.

Índice – neste artigo você irá encontrar as seguintes informações:

  1. O que é Fadiga Ocular?
  2. Quais as causas da Fadiga Ocular?
  3. Como a Fadiga Ocular se manifesta?
  4. Qual o diagnóstico?
  5. E tratamento e prevenção, como se dá?

O que é Fadiga Ocular?

A fadiga ocular ocorre quando uma atividade exige muito da visão, como dirigir, ler ou exposição durante horas seguidas diante de dispositivos digitais. Como os olhos não são feitos para fixar um único ponto, que esteja próximo do indivíduo, durante longos períodos, eles se cansam e, através de ajustes imperceptíveis, nomeados de microflutuações, um músculo interno do olho se adapta para obter o foco. É a partir disso que os sintomas da fadiga ocular aparecem.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Quais as causas da Fadiga Ocular?

Pode-se dividir a causa para o problema em dois grupos: a partir de uma doença nos olhos e fadiga excessiva do sistema ocular.

Doença nos olhos

Erros na visão, como miopia, astigmatismo e hipermetropia, quando não corrigidos podem ocasionar um esforço adicional do globo ocular. Por consequência desses erros, a fadiga ocular se faz presente.

Fadiga excessiva do sistema ocular

Qualquer atividade que exija muito da atividade dos olhos pode causar os sintomas da fadiga ocular. Além disso, exposição a luzes demais ou de menos também podem ocasionar a condição.

Com o avanço da tecnologia digital, grande parte dos casos de fadiga ocular está relacionado com o trabalho ou diversão. Alguns exemplos disso são:

  • Computadores;
  • Tablets;
  • Smartphones;
  • Video-games.

Como a Fadiga Ocular se manifesta?

Por mais que a condição se manifeste nos olhos, normalmente, os sintomas da fadiga ocular podem afetar outros membros além deles:

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)
  • Dor de cabeça;
  • Dor nos olhos;
  • Olhos vermelhos;
  • Irritação nos olhos;
  • Olhos secos ou lacrimejantes;
  • Visão embaçada ou dupla;
  • Aumento da sensibilidade à luz;
  • Dor no pescoço, ombros ou costas;
  • Dificuldade de concentração.

Além desses sintomas, pode ser recorrente, também, tremores ou contrações involuntárias das pálpebras, servindo de alerta de que o corpo está no auge do estresse e cansaço.

Qual o diagnóstico?

Ao aparecimento de qualquer desses sintomas de fadiga ocular, você deverá procurar ajuda de um oftalmologista, especialista em doenças oculares. Ele, através de perguntas e exames visuais, saberá te dizer com precisão se você está sofrendo de fadiga ocular.

E tratamento e prevenção, como se dá?

O tratamento para a fadiga ocular depende muito da sua causa. Se ela for ocasionada como consequência de uma doença, o paciente deverá fazer uso de óculos ou lentes de contato. Mas, caso seja ocasionada pela fadiga excessiva, o melhor tratamento a se fazer é adaptar algumas medidas em sua rotina.

Faça alterações em sua tela do computador

  • Coloque-a 50 a 70 cm de distância e um pouco abaixo do nível de seus olhos.
  • Limpe a poeira e impressões digitais regularmente. Manchas na tela podem reduzir o contraste e aumentar problemas como brilho e reflexos.
  • Prefira telas que possuam inclinação e rotação.
  • Considere o uso de um filtro de brilho sobre a tela.

Faça alterações em seu ambiente de trabalho

  • Mude a iluminação, fazendo com que brilhos e reflexos adicionais sejam eliminados.
  • Use uma cadeira ajustável.

Faça alterações em seus hábitos de trabalho

  • Experimente a regra do 20-20-20, isto é, a cada 20 minutos de trabalho, desvie os olhos da tela por aproximadamente 20 segundos, focando em algo que esteja a mais de 6 metros de distância.
  • Poste uma nota próxima ao monitor que diga “Pisque”, para você se lembrar de piscar mais vezes.
  • Faça pausas regulares.

Cuide dos seus olhos

  • Faça compressas com água morna nos olhos fechados.
  • Use lágrimas artificiais para lubrificar os olhos sempre que estiverem secos – mas não se esqueça de se consultar com um oftalmologista antes.
  • Use um umidificador de ar enquanto trabalhar para que o ar fique mais úmido. Se não possuir um, coloque um copo d’água próximo a tela do computador, isso também ajuda.

Atenção! 

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Se mesmo com todas essas dicas o cansaço não for embora, recorra imediatamente a um especialista de sua confiança. A fadiga ocular é cada vez mais recorrente entre as pessoas e merece sua devida atenção aos sintomas e tratamentos.

Referências

http://www.saudebemestar.pt/pt/clinica/oftalmologia/vista-cansada/
http://www.portaldaoftalmologia.com.br/site/site2010/index.php?option=com_content&view=article&id=2066:fadiga-ocular-um-dos-problemas-decorrentes-do-estresse-sobre-a-visao&catid=41:noticias&Itemid=77
http://www.webmd.com/eye-health/eye-fatigue-causes-symptoms-treatment

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie o conteúdo!)
Loading...

Faça um comentário:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui