Redação Minuto Saudável
29/06/2017 13:21

O que é Creatinina alta, baixa, valores de referência e exame

Publicidade

O que é Creatinina?

Creatinina é uma substância derivada do metabolismo da creatina, uma proteína que está presente nos músculos, e é produzida no organismo de acordo com o nível de massa muscular. Por isso, é normal os homens terem maiores níveis de creatinina no sangue do que as mulheres.

Índice –  neste artigo você irá encontrar as seguintes informações:

  1. O que é Creatinina?
  2. Para que serve
  3. Grupos de risco
  4. Preparação
  5. Como é feito o exame de Creatinina?
  6. Resultado do exame
  7. O que pode afetar o resultado do exame
  8. Como baixar a Creatinina?

Para que serve

A creatinina é uma substância inerte no sangue, sendo produzida e eliminada constantemente pelo organismo. Se o paciente apresenta uma massa muscular estável, porém apresenta um aumento dos níveis de creatinina no sangue, isso pode ser um sinal de que o processo de eliminação do corpo está comprometido, ou seja, os rins estão com algum problema para eliminar a creatinina do sangue.

Se os rins não conseguem eliminar a creatinina, muito provavelmente eles também estão com dificuldade de eliminar outras substâncias do metabolismo, incluindo toxinas. Por isso, um aumento de creatinina no sangue é um sinal de insuficiência renal.

É necessário salientar que a creatinina é apenas um marcador das funções dos rins. Portanto, não é ela em si que faz mal ao organismo. Ela sobe quando os rins estão funcionando mal.

Alguns outros sinais de doença renal são:

  • Fadiga e problemas para dormir;
  • Perda de apetite;
  • Inchaço na face, pulsos, tornozelos ou abdômen;
  • Dor na região lombar e próximo aos rins;
  • Alteração no volume e frequência urinária;
  • Aumento da pressão arterial.

Medicamentos aminoglicosídeos (por exemplo, gentamicina) podem causar lesões nos rins em algumas pessoas. Caso esteja tomando esse tipo de medicamento, o médico poderá solicitar exames de sangue regularmente para fazer uma dosagem da creatinina e garantir, assim, que os rins estão saudáveis.

Grupos de risco

Qualquer indivíduo que corre o risco de desenvolver doença renal deve fazer o exame de creatinina sanguínea. Alguns desses indivíduos se encaixam nos grupos de risco abaixo:

  • Diabetes tipo 1 ou tipo 2;
  • Hipertensão;
  • Pessoas que têm idade acima de 50 anos;
  • Histórico familiar de glomerulonefrite;
  • Histórico familiar de insuficiência renal crônica;
  • Uso crônico de anti-inflamatórios;
  • Infecção urinária frequente ou alterações na cor da urina;
  • Cálculos renais de repetição;
  • Edemas sem causa definida;
  • Anemia sem causa definida;
  • Doenças cardíacas graves;
  • Perda de apetite, náuseas matinais, fraqueza intensa sem motivo aparente e perda de peso em excesso;
  • Obesos;
  • Fumantes;
  • Crianças com problema de crescimento.

Preparação

  • Embora não seja obrigatório, é recomendado fazer um jejum de no mínimo três horas antes de colher o sangue.
  • É importante que você comunique seu médico ou o laboratório sobre medicamentos que toma regularmente. Essa informação poderá ser útil na hora de interpretar o exame.

Como é feito o exame de creatinina

Caso o médico tenha solicitado um exame de sangue, o material será coletado da veia do braço e o procedimento é simples e rápido. Depois, o sangue é colocado dentro de tubos de acondicionamento e levado para a análise.

Porém, caso o médico solicite a creatinina na urina, será necessário colhê-la toda vez que for ao banheiro, durante um período de  12 ou 24 horas, conforme solicitação.

Resultado do exame

Os valores de referência da creatinina são:

  • Crianças de 0 a 1 semana: 0,60 a 1,30 mg/dL;
  • Crianças de 1 a 6 meses : 0,40 a 0,60 mg/dL;
  • Crianças de 1 a 18 anos : 0,40 a 0,90 mg/dL;
  • Em mulheres: entre 0,6 a 1,2 mg/dL;
  • Em homens: entre 0,7 a 1,3 mg/dL.

Esses valores podem ter algumas alterações, o que irá depender do laboratório em que o exame for feito.

Creatinina baixa

A creatinina é um produto da decomposição da creatina, que é uma proteína muscular. Sendo assim, seus  valores baixos podem ocorrer em pessoas que têm menor quantidade de massa muscular, como por exemplo: mulheres, idosos e pessoas que estão doentes.

Valores baixos da creatinina também podem estar ligados ao grau de nutrição do paciente ou à gravidez.

Creatinina alta

Quando os valores de creatinina estão elevados, pode ser um indicativo de que seus rins não estejam funcionando bem. O nível de creatinina pode aumentar temporariamente se você comer uma grande quantidade de carne ou tomar certos medicamentos. Creatinina alta também pode indicar desidratação, obstrução do trato urinário, intoxicação com metanol e algumas doenças musculares como: rabdomiólise, gigantismo e outras.

Caso o dano renal seja confirmado através de consultas médicas, é importante controlar quaisquer condições que possam estar contribuindo para o dano,  especialmente a pressão arterial,  que requer, muitas vezes, o uso de medicação para o seu devido controle.

Você não pode desfazer danos permanente nos rins, entretanto, com o tratamento adequado, você pode ser capaz de evitar danos maiores.

O que pode afetar o resultado

Atletas e pessoas saudáveis que possuem elevada massa muscular podem apresentar maiores níveis de creatinina no sangue. Porém, pessoas idosas tendem a ter menos massa muscular e, por isso, podem apresentar menores níveis da substância no sangue, portanto, não se interpreta o valor como absoluto. Deve-se levar em conta sexo, idade e peso do paciente.

Alguns medicamentos também podem interferir no resultado da creatinina, como a cimetidina, quimioterápicos, cefalosporinas, ácido ascórbico, aminoglicosídeos e hidantoína.

Como baixar a creatinina?

Não há um medicamento específico para baixar a creatinina. A recuperação dos rins é possível nos casos de insuficiência renal aguda, quando a agressão ao rim é pontual. Nesses casos, o tratamento deve ser realizado para a doença que está provocando os problemas nos rins.

Nos casos de insuficiência renal crônica, os rins já apresentam lesão irreversível por anos de agressão causada por outras doenças. Com isso, é pouco provável que exista algum tipo de tratamento que recupere a função renal e abaixe os valores da creatinina.


Muitas vezes vamos ao médico e ele solicita vários exames que não entendemos. Por isso, esse artigo tem como objetivo ajudar você a entender o que é o exame de creatinina e para que serve. Compartilhe isso com seus amigos para que eles também entendam!

15/01/2019 11:09

Redação Minuto Saudável

Somos um time de jornalistas e especialistas em comunicação digital dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Ver comentários

  • Atualmente minha creatinina está em inacreditáveis 5,4. E no entanto não apresento inchaço extremo, problemas para dormir ou outro sinal aparente. Tenho IRC, e essa ausência de sinais é o que mais preocupa, pois não há, além dos exames como controlar esse descontrole.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Boa noite por acaso conseguiu descobrir o que está acontecendo????

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • muito boa as explicaçoes.Parabens

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • BOM DIA, SOU MARCO ANTONIO, ESTOU MUITO PREOCUPADO COM O EXAME DE SANGUE REALIZADO PELO MEU PAI, ELE TEM 83 ANOS E A CREATININA DELE BATEU 3,3mg/dl E A URÉIA 84 mg/dl.
    IREI LEVAR O EXAME AO MÉDICO PARA SER AVALIADO, MAS INDEPENDENTEMENTE, GOSTARIA DE SUA POSIÇÃO.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá Marco Antonio.

      Lamentamos a impossibilidade de fornecer conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais, pois somos impossibilitados pela ANVISA de prestar tal atendimento. Mas nós esperamos que você encontre respostas dentro de nosso site, através de informações como bulas ou até mesmo conteúdos e artigos. Levar seu pai ao médico é o recomendado e ele saberá o que fazer.

      Desejamos sorte!

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Meu filho tem 4 anos e a creatinina dele deu 0,73mg/dL é normal?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Sim, é normal.
      Para a idade do seu filho (4 anos), qualquer valor entre 0,4 e 0,9 mg/dl é considerado normal.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá Camila,

      Somente um médico é capaz de fornecer um diagnóstico preciso sobre as condições de saúde de um paciente. Este profissional irá analisar os resultados, juntamente como todo o seu histórico e, se necessário, solicitar novos exames. Recomendamos que você busque auxílio médico para esclarecer suas dúvidas.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Excelentes informações, principalmente por recomendar especialista para fazer a leitura e interpretação dos exames.
    Parabéns!

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Artigo muito interessante para nós os que já passaram dos 75 anos.
    Irei ao Urologista com informações que permitirão conversar em melhor nível de
    conhecimento.
    Excelente artigo.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Se o valor de referência for 1,22 mg/dl ....está anormal? ou está boa?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá Elizzete,

      Somente um médico é capaz de fornecer um diagnóstico preciso sobre suas condições de saúde. Este profissional irá analisar os resultados, juntamente como todo o seu histórico e, se necessário, solicitar novos exames. Recomendamos que você busque auxílio médico para esclarecer suas dúvidas.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Muito obrigada pela generosidade. A explicação é em linguagem clara e acessível, esclarecendo pontos básicos.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Gostei do artigo me ajudou bastante muito obrigado , pessoas assim faz a diferença.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Ótimo artigo! Explicação clara e objetiva.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Excelente artigo. Fiquei muito melhor elucidado aqui do que em uma consulta médica pela qual passei. Parabéns e obrigado.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Obrigado aos responsáveis por estas preciosas informações, vocês pertencem ao universo das pessoas que trabalham para o BEM, com certeza serão contempladas com o BEM MAIOR! DEUS OS ABENÇOE! Joaquim.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Otima materia parabens

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Muito obrigado pela matéria, entendi um pouco mais sobre o assunto, pois estou muito preocupado, o meu resultado foi 1,6 de creatinina, tenho Esteatose Hepática Grau 3, sou Diabético Tipo 2, tenho pressão alta, minha Glicose não baixa dos 200 a muito tempo, tenho 1 cirurgia na Cervical e uma na Lombar, tenho 48 anos, meu nome é Marco Antonio de Lima Silva. Tenho tantos problemas, que ficaria um tempão escrevendo aqui, e ainda assim o INSS quer me colocar pra fora, vida difícil, mas fazer o que né, só os políticos que conseguem as coisas nesse País, aí como sou Honesto e procuro fazer as coisas certas, só me ferro. Um Grande abraço a todos! Fiquem com Deus!

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Puxa Marcos, sinto muito por seus problemas que não sao poucos. Espero que a partir de 2019 a população tenha mais atenção por parte dos politicos e que não roubem o povo.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Boa tarde! Meu marido fez um destro e descobriu que está com diabetes, deu 129 a glicose no sangue. Foi ao médico e esse solicitou vários exames, inclusive o de Creatina. Ele tem 58 anos, um rim só (há 4 anos atrás foi encontrado um tumor no rim retirado, mas não tem dado alterado os exames para câncer, os resultados são normais). Mas nesse último exame de Creatina, depois de ser detectado o diabetes deu 142 ! O que eu achei estranho? Observei nas pesquisas, que os resultados, sempre tem uma vírgula, tipo 1.2, 1.3 e por aí vai. Porque o resultado dele deu 142 um número inteiro e sem vírgulas? De tudo que li, de reação, ele só sente o cansaço  de resto, tudo absolutamente normal. Ele, irá fazer o tratamento para o diabetes, mas antes do médico passar os medicamentos, ele, por conta, já está fazendo uma dieta com fibras e cortou os carboidratos e açúcar e já está sentindo-se bem melhor!! Mas vai  fazer o tratamento, de forma correta. Eu só gostaria de saber, sobre esse número do resultado(o fato de ser um número inteiro). Gratíssima por antecipação!

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Pode ser que aquele resultado está expresso em unidade milimol/l. Repare bem a conversão do mesmo.
      E o que pesquisaste de 1.2 á 1.3 é mg/dl.
      Obrigado esta é meu contributo pra teu caso. Se fôr assim ta mesmo bom não tem problema.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá Claudete!

      A interpretação de resultados cabe somente ao médico responsável pelo tratamento do paciente. São vários os fatores que podem afetar os números, de acordo com o histórico clínico e as condições de saúde de cada um. Leve os exames até o especialista :)

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Muito bom o artigo. Assim podemos entender um pouco mais dos exames pedidos pelos médicos. obg.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Meu filho de dois anos esta com alterações na creatinina esta com valor alto e esteve muito inchado, passou dez dias internado, saiu da internação mais continuou a creatinina alta, procuro ajuda de especialista que possam nos indicar o que fazer de melhor para que ele se recupere e fique bom, estamos fazendo de tudo só precisamos de uma ajudinha que é pra entendermos melhor o que fazer.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Minha creatina deu 8,0 está normal

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Luana.
      O resultado do exame deve sempre ser interpretado pelo médico, pois precisa levar em consideração o método utilizado pelo laboratório - o que faz com que os valores de referência possam mudar.
      Converse com o profissional para que ele explique e avalie o exame.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Artigo excelente. Parabéns às pessoas que o redigiram.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Ola,preciso de um conselho, meu filho tem 9 anos e a 2 anos ele passa por pediatra para checar o nível de creatina ke está elevado, moro na Inglaterra e aqui os níveis são,para criança até 47%, ele sempre está entre 54 e 57%, já foi feito até a ressonaress nuclear dos rins e disseram estar tudo bem, ele sente muitas dores no tornozelos e junta do quadril, devo insistir no diagnóstico já que tenho problemas de pedra nos rins e infecção de rim de tempos em tempos ?????

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Rute.
      Nem sempre o exame alterado significa, necessariamente, uma condição grave ou perigosa — por exemplo, pode ser resultado de má alimentação ou uso de medicamentos.
      Mas é importante conversar com o médico sobre as dores e queixas do seu filho. Algumas são comuns durante a fase de crescimento, mas somente uma avaliação médica pode indicar as causas.
      Caso você sinta necessidade, busque diferentes opiniões médicas, inclusive com diferentes especialidades (pediatria, nefrologia, endocrinologia), que irão esclarecer as suas dúvidas.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*