Remédio tradicionalmente indicado pelos médicos para o tratamento de Hepatite C foi testado e teve sua eficácia comprovada no tratamento de pacientes com a doença chikungunya.

O remédio antiviral sofosbuvir teve resultados 3 vezes melhores do que o medicamento normalmente usado para aliviar os sintomas da doença, a ribavirina.

A descoberta foi feita por diversos pesquisadores brasileiros, entre eles estavam cientistas do Instituto Oswaldo Cruz, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e outros laboratórios.

O estudo foi publicado no American Society Microbiology e, de acordo com os pesquisadores, o estudo é o primeiro a comprovar que o sofosbuvir é capaz de impedir a replicação do vírus.

Leia mais: Conheça mais sobre os vírus da dengue, zika e chikungunya

Os testes, ainda realizados em camundongos, demonstraram que a substância foi capaz de reduzir em até 3 vezes a replicação do CHIKV (vírus da doença), efeitos mais promissores dos que aqueles promovidos pela ribavirina, medicamento usado para diminuir as dores nas juntas, sintoma comum da doença.

Através da descoberta é possível encontrar novas opções terapêuticas para os pacientes que foram infectados por chikungunya, pois a doença ainda não tem cura e também não tem um tratamento específico.

As únicas medidas a serem tomadas pelo doente são os chamados tratamentos paliativos, que se resumem em diminuir os sintomas mais comuns e promover maior bem-estar.


O sofosbuvir também se mostrou 25% menos tóxico para as células do corpo nos exames comparativos com o outro remédio.

Além disso, os estudos indicam que o medicamento pode ter ação efetiva contra outras doenças causadas por diferentes vírus.

No entanto, métodos de prevenção e combate ao mosquito ainda são a principal medida a ser intensificada. Os cuidados com a proliferação dos vetores evita casos da doença, ainda mais nessa época do ano, em que as altas temperaturas promovem um aumento total no número de mosquitos.


Junto com a dengue e zika, a febre chikungunya também é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. Por isso, o combate ao vetor é o melhor método de prevenir.

Fonte: Fiocruz

Guia das Hepatites


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *