Estela (Minuto Saudável)
28/05/2019 08:00

Correr emagrece? Veja como praticar na esteira ou na rua

Além dos benefícios e do prazer de praticar um esporte, as pessoas buscam na corrida uma forma de emagrecer. Realmente, essa é uma atividade que ajuda na perda de peso de um jeito saudável.

A prática estimula o gasto energético e também ajuda a reduzir o peso ao inibir o apetite.

Isso acontece devido à liberação de dopamina, um neurotransmissor que proporciona sensação de bem-estar e saciedade no organismo.

No texto a seguir, explicamos em quais situações a atividade tem um gasto calórico maior e como incluir a corrida no dia a dia.

Continue a leitura!

Leia mais: Com pouco exercício, 53% dos brasileiros estão acima do peso

Corrida emagrece ou define o corpo?

A corrida pode ser um exercício que ajuda a tonificar a musculatura e diminuir as camadas de gordura.

Para quem deseja um corpo bem definido, o mais recomendado é conversar com um educador físico e verificar a intensidade da prática, a frequência e o tempo.

Todos estes fatores podem variar de pessoa para pessoa.

A atividade, feita corretamente, pode ajudar a definir os músculos, especialmente os das pernas, glúteos e do abdômen (exercitados durante a respiração correta).

Para aqueles que desejam um trabalho muscular mais intenso, pode ser necessários aliar exercícios de musculação.

Leia mais: Manter o peso: exercício físico pode ser mais eficiente do que dieta

Correr ajuda a perder barriga?

Além de perder peso de modo geral, as pessoas buscam muito por exercícios específicos para perder barriga, por ser uma gordura localizada difícil de eliminar. A corrida pode ajudar, pois é uma atividade que consegue acelerar o metabolismo e assim aumenta o gasto calórico.

No entanto, é importante entender que os exercícios nunca trabalham o corpo de forma isolada.

Por isso, quando alguém perde barriga é consequência de um emagrecimento como um todo. Os exercícios focados, como abdominais, agem para definir e fortalecer a musculatura.

Se tratando dessa atividade, combinada à alimentação saudável, é possível notar que a corrida emagrece pernas, glúteos, braços. Ou seja, o corpo todo.

Entre os alimentos que devem ser evitados estão os ricos em gorduras saturadas, trans e alimentos ricos em sal.

Além da corrida, é importante complementar com outros exercícios que ajudem a fortalecer a musculatura abdominal, como realizando algumas séries de abdominais, praticando yoga, pilates ou musculação.

Correr na esteira emagrece?

Sim, é possível emagrecer correndo na esteira, assim como é possível perder peso correndo na rua. O exercício é capaz de gerar uma queima calórica alta em diferentes intensidades, já que cada pessoa escolhe o ritmo e o tempo de corrida. Mas na esteira é mais fácil monitorar o gasto através do painel as calorias, velocidade e tempo.

Para pessoas que estão ainda se recuperando de alguma lesão, que são iniciantes ou que estão muito acima do peso, a esteira pode ser a melhor opção.

Isso porque correr no aparelho pode ter um melhor amortecimento e diminuir o impacto nas articulações.

Além disso, quando feito em uma academia normalmente, há o supervisão de um instrutor, que ajuda a corrigir a postura e orienta o aluno a progredir aos poucos na intensidade.

Leia mais: Dicas para mudar os hábitos e emagrecer com saúde

Posso correr em jejum? É saudável?

Correr em jejum pode ajudar a emagrecer, devido ao fato de “forçar” o organismo a utilizar as reservas de gordura como energia para o treino.

No entanto, para que isso aconteça de forma saudável e segura, é preciso fazer uma avaliação médica ou de um nutricionista.

Em jejum, o melhor é que se pratique um treino de intensidade moderada e que seja iniciada gradualmente, isso porque o jejum pode causar mal-estar, tontura e queda de pressão.

Dessa forma, na rua ou na esteira, o risco de quedas é maior.

Isso acontece quando o organismo apresenta um estoque muito limitado de carboidratos, aumentando o risco de hipoglicemia, que significa que os níveis de glicose no sangue estão muito baixos.

Com a hipoglicemia, as células do sistema nervoso são atingidas e todos esses sintomas podem ser manifestados, inclusive falta de consciência.

Correr emagrece mais que caminhar?

O que mais determina não é a atividade em si, mas a intensidade. Por exigir mais do corpo, a corrida é um exercício que gasta mais energia e, consequentemente, o emagrecimento pode ser mais rápido. Com as caminhadas também há uma queima de gordura, mas os resultados podem demorar um pouco mais para surgir.

No entanto, apesar de parecer lógico, não significa que seja assim para todas as pessoas.

Algumas podem ter resultados satisfatórios com as caminhadas, mas é importante que exista um equilíbrio entre a alimentação e as atividades físicas.

Com as caminhadas, é importante ter em mente que não é o mesmo que estar passeando. O ritmo precisa ser mais acelerado.

É um bom exercício para quem está começando a praticar alguma atividade ou quem quer começar a correr.

Leia mais: Exercícios aeróbicos: dicas para fazer em casa ou na academia

Quantas calorias gasto em 1 hora de caminhada?

Depende da intensidade. Uma caminhada lenta queima cerca de 240 calorias, enquanto acelerar o passo pode fazer essa quantia chegar a mais de 500. Intercalar as velocidades pode aumentar ainda mais a queima energética.

Já em uma corrida de 1 hora, a perda calórica pode variar de 500 a 900 calorias, dependendo da intensidade em que a pessoa pratica o exercício.

Quem quer otimizar a redução de peso pode optar pela alternância entre corrida e caminhada, fazendo o ritmo cardíaco trabalhar mais.

Quanto tempo devo correr por dia para emagrecer?

O emagrecimento associado ao exercício pode estar mais relacionado à quantidade de calorias ingeridas do que ao tempo de corrida por dia. Na lógica, para perder peso é preciso gastar mais calorias do que se consome.

Por isso, o tempo de corrida por dia pode variar. A velocidade e a própria taxa cardíaca do praticante interferem no gasto de calorias.

A alimentação e os outros hábitos vão interferir também.

Para se ter uma média do quanto seria o ideal, é importante passar por uma avaliação médica, de um educador físico e de um nutricionista.

Alguns especialistas apontam que 45 minutos por dia, de 3 a 4 vezes por semana, basta.

esse ritmo e com uma dieta balanceada, é possível ter um emagrecimento saudável e ver resultados.

No entanto, estimar quantos quilos é difícil por depender de vários fatores individuais.

Só é preciso manter uma alimentação que dê conta de suprir todas as necessidades físicas do dia a dia e nunca seguir dietas restritivas apenas pelo emagrecimento acelerado.

Corrida para emagrecer: treinos para iniciantes

Como se sabe, a corrida pode ser praticada por todos, independente da idade ou peso, desde que não haja restrições médicas, sempre respeitando os limites do corpo.

Por isso, para quem quer começar ou ainda é bem iniciante, existem algumas opções de treinos, que podem progredir aos poucos:

Caminhada rápida

É o passo mais simples para começar na corrida. Na caminhada rápida, deve-se acelerar o ritmo do dia a dia, mas de um modo que não deixa o praticante ofegante.

Trote

O trote é um treino que está entre a caminhada rápida e a corrida leve. Nesse estilo de exercício, as passadas são curtas e a respiração já começa a ficar mais acelerada.

Enquanto pratica, a pessoa vai notar que ainda consegue conversar, mas que sua frequência cardíaca está mais acelerada.

Corrida leve e moderada

A corrida leve é feita com passadas mais curtas, mas a respiração fica mais intensa. No entanto, para quem está começando, deve ser um ritmo confortável.

Já na corrida moderada, as passadas são mais largas e a frequência cardíaca é mais exigida. Por isso, conversar durante o treino é bem difícil.

Quantos quilos consigo perder correndo?

A resposta dessa pergunta depende de muitos fatores, inclusive alguns que são individuais, por isso, é bastante complicado afirmar quantos quilos se pode perder correndo.

É preciso avaliar outros fatores que possam interferir no peso, como alimentação, genética, má qualidade de sono, estresse ou questões hormonais.

Também vai depender da frequência e intensidade dos exercícios.

Mas é possível ter uma média mais aproximada de quantas calorias podem ser queimadas: entre 260 até 500 calorias em 1 h de corrida intensa.

Afinal, é possível emagrecer correndo?

Sim. É possível emagrecer correndo, pois este é um exercício que permite um gasto calórico significativo, especialmente quando realizado dentro de uma rotina saudável.

No entanto, só a corrida pode não ser o suficiente.

É preciso ter em mente que se deve manter uma alimentação saudável, ter uma boa qualidade do sono, reduzir o estresse e considerar outros fatores que podem interferir no peso.


Seja de rua, em grupo ou sozinho, na esteira, por hobby ou esporte, a corrida é certamente uma atividade física que proporciona bem-estar e muitos benefícios à saúde.

Aqui buscamos esclarecer em qual ritmo correr pode ajudar na perda de peso e como não há milagre quando o assunto é emagrecimento.

Compartilhe essas informações com mais pessoas e continue acompanhando nossos artigos sobre saúde!

28/05/2019 09:29

Estela (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*