Saúde

Glândulas de Bartholin: o que são? O que pode causar inflamação?

Por Redação Minuto SaudávelPublicado em: 19/08/2022Última atualização: 19/08/2022
Por Redação Minuto Saudável
Publicado em: 19/08/2022Última atualização: 19/08/2022
Foto de capa do artigo

As glândulas de Bartholin estão presentes na área íntima do corpo feminino, sendo praticamente imperceptíveis no dia a dia, ao menos quando está correndo tudo bem com o organismo. 

Porém, caso elas comecem a apresentar problemas, a condição pode ser bem incômoda. Para entender melhor a função dessas glândulas e o que pode levar a um processo inflamatório, o Minuto Saudável fez este artigo com todas as informações! Confira.

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que é Glândula de Bartholin? 
  2. Inflamação das Glândulas de Bartholin: quais as causas?
  3. Sintomas
  4. Tratamentos para cisto de Bartholin

O que é Glândula de Bartholin?

As glândulas de Bartholin estão localizadas próximas à abertura da vagina, na parte posterior dos grandes lábios, uma de cada lado. Essas glândulas possuem dutos que são responsáveis por secretar fluidos que ajudam na lubrificação, principalmente durante o ato sexual. São bastante pequenas: têm o tamanho aproximado de uma ervilha.

Quando está tudo bem com o organismo, as glândulas de Bartholin não costumam ser visíveis nem palpáveis. As doenças que afetam essas glândulas acontecem quando a saída de um ou ambos os ductos fica obstruída. Isso impede a eliminação do muco produzido, que retorna e acaba se acumulando.

As principais complicações na região são o cisto de Bartholin e o abscesso da glândula de Bartholin.

Inflamação das Glândulas de Bartholin: quais as causas?

Algumas vezes, a abertura dessa glândula fica obstruída fazendo com que o fluido volte. Isso causa um inchaço e inflamação, que na maioria das vezes é indolor, chamado de cisto de Bartholin. 

Esse desconforto costuma surgir na puberdade e não é frequente em mulheres que estão na menopausa, uma vez que essas glândulas tendem a se atrofiar e perder sua função com a idade, por questões hormonais.

As causas para o surgimento do cisto de Bartholin ainda não foram totalmente esclarecidas, mas sabe-se que essas glândulas ficam bloqueadas por conta de uma infecção causada por bactérias.

Além disso, os dutos podem ficar bloqueados devido a uma lesão ou irritação, ou ainda um crescimento extra de pele na região.

Porém, há também casos de mulheres que têm o problema após uma doença sexualmente transmissível, como é o caso da clamídia ou da gonorreia. Já os abscessos nas glândulas de Bartholin, em casos mais raros, podem indicar um câncer na vulva.

Mulheres que não realizam a higiene íntima da forma adequada estão mais propensas ao problema. Isso acontece porque não lavar corretamente a região genital aumenta a quantidade de bactérias que podem infectar a glândula.

Para realizar o diagnóstico, o (a) médico (a) ginecologista realiza um exame pélvico e coleta amostra de secreções da vagina e do colo do útero para checar se é uma doença sexualmente transmissível. Em alguns casos, pode solicitar também uma biópsia, ou seja, retira-se uma amostra do tecido da região para analisar se há risco de câncer.

glândulas de bartholin

Algumas características aumentam a probabilidade de uma mulher desenvolver um cisto de Bartholin:

  • ser sexualmente ativa;
  • ter entre 20 a 30 anos de idade;
  • já ter tido algum trauma físico na área afetada;
  • ter realizado uma cirurgia na vagina ou na vulva.

Sintomas

Na maioria das vezes, o cisto de Bartholin não apresenta sintomas ou sinais. O diagnóstico ocorre após a mulher notar uma pequena massa indolor na abertura da vagina.

Contudo, durante a consulta médica, o (a) especialista pode identificar o cisto por meio de um exame ginecológico de rotina.

Mas, se o cisto de Bartholin crescer mais do que 3cm, é comum causar desconfortos para a mulher na hora da relação sexual ou quando ela sentar ou caminhar.

Outro sintoma que pode ocorrer: se estiver muito inchado ou cheio de pus, um lado da vagina (grandes lábios) pode parecer maior do que o normal. 

No entanto, ao surgir um abscesso, ou seja, quando o líquido acumulado na glândula fica infectado com pus e causa uma infecção, podem surgir sintomas como inchaços, febre, dores e região avermelhada. Em alguns casos, há ainda eliminação desse pus. Essa complicação é chamada de bartolinite.

O abscesso de Bartholin tende a ser muito doloroso e geralmente ocorre apenas em um lado da vagina por vez.

Algumas mulheres podem apresentar corrimento vaginal amarelado ou esverdeado. Nesses casos, indica que uma doença sexualmente transmissível. 

Tratamentos para cisto de Bartholin

Normalmente, o cisto de Bartholin não precisa de tratamento, principalmente se não tiver sintomas. No entanto, dependendo do tamanho do cisto, se causa desconforto ou surgir um abscesso é preciso tratar com um (a) especialista.

As opções de tratamento incluem:

Banhos de assento

A mulher pode realizar uma imersão em uma banheira (ou balde) com água morna algumas vezes ao dia para ajudar que o cisto infectado se rompa. Além disso, aplicar uma compressa úmida e quente no local pode estimular a drenagem do líquido. Isso pode aliviar o desconforto. 

Drenagem cirúrgica

O (a) médico(a) poderá solicitar uma pequena intervenção cirúrgica para drenar um cisto infectado ou muito grande. A drenagem pode ser necessitar de anestesia local ou sedação. Nesses casos, ocorre uma pequena incisão no cisto e, em seguida, coloca-se um cateter no local para drenar o cisto.

Além disso, uma vez que o abscesso é drenado, o tempo de recuperação é mínimo. A maioria das mulheres se sente melhor logo após o procedimento.

Medicamentos

Usar antibióticos e analgésicos pode melhorar o cisto em caso de abscesso e dores.  

glândulas de bartholin

Marsupialização

É um tipo de cirurgia realizada com anestesia local, onde ocorre uma pequena incisão na lesão e depois a pele é costurada no formato de uma pequena bolsa. Isso permite que o fluido seja drenado.

O local é coberto com gaze especial para absorver o fluido e sangue após o procedimento. A pessoa é liberada no mesmo dia e não precisa ser internada.

Remoção da glândula

Se os tratamentos anteriores não resolveram e os cistos forem persistentes e causarem desconfortos, pode ser necessário remover as glândulas. 

Dessa forma, o procedimento é feito em um hospital sob anestesia geral. Raramente, a retirada da glândula é indicada, uma vez que compromete a lubrificação vaginal.

Os riscos desse tipo de cirurgia incluem sangramento, hematomas e infecção da ferida. Se a ferida infeccionar,  a condição pode ser tratada com antibióticos prescritos pelo (a) médico (a).

Remoção do cisto com laser

Nesse caso, a remoção também é completa e feita com um aparelho de laser de CO2. É um procedimento bastante prático, realizado em consultório com anestesia local. Não são necessários pontos e a recuperação ocorre em cerca de duas semanas. 

Vale destacar que para prevenir o cisto de Bartholin é importante realizar práticas sexuais mais seguras como usar preservativos e manter bons hábitos de higiene no dia a dia.


Em casos raros, se o abscesso piorar e não for tratado, a infecção pode se espalhar para outros órgãos do corpo. Se essa infecção entrar na corrente sanguínea, pode ser uma condição perigosa, já que é transmitida para todo o corpo. 

Por isso, é importante buscar ajuda médica quando sentir que há algo errado com o organismo. 

Se você gosta de conteúdos como esse, continue acompanhando o Minuto Saudável!

Fontes Consultadas

https://www.webmd.com/women/guide/bartholins-gland-cyst - Web MD

https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/bartholin-cyst/symptoms-causes/syc-20369976 - Mayo Clinic

https://www.aafp.org/afp/2003/0701/p135.html - American Family Physician

Compartilhe

Sobre o Minuto Saudável

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.
Banner anuncie em nosso site
Banner anuncie em nosso site
Nos acompanhe nas redes sociais:
Atenção: O conteúdo do site Minuto Saudável, como textos, gráficos, imagens e outros materiais são apenas para fins informativos e não substitui o conselho médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Se você acha que pode ter uma emergência médica, ligue para o seu médico ou 192 imediatamente. Minuto Saudável não recomenda ou endossa quaisquer testes específicos, médicos (profissionais de saúde), produtos, procedimentos, opiniões, ou outras informações que podem ser mencionados no site. A confiança em qualquer informação contida no site é exclusivamente por sua conta e risco. Se persistirem os sintomas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico. Leia a bula.

Minuto Saudável © 2022 Blog de Saúde, Beleza e Bem-estar
Política de Privacidade