Hoje, as pessoas estão procurando novas formas de facilitar a perda de peso e o ganho de massa muscular. 

Uma dessas formas é a utilização de suplementos alimentares, como a Maltodextrina, que  também é conhecida apenas como “malto”. 

O que é maltodextrina?

A Maltodextrina é um carboidrato formado a partir da quebra do amido (que pode ser de arroz, milho, trigo ou batata). 

Essa substância é vendida, geralmente em pó, podendo ser encontrada também em cápsulas gelatinosas ou comprimidos revestidos.  

Sua absorção pelo organismo é lenta e constante. Isso porque ela contém polímeros, que liberam a glicose vagarosamente no sangue durante o exercício físico. 

No organismo, a glicose é quebrada e transformada em energia. Dessa forma, ao liberar a glicose lentamente na corrente sanguínea, a Malto permite que a energia não se extinga com facilidade.  

Qual a diferença entre maltodextrina e dextrose?

A dextrose é um carboidrato simples que possui muita glicose e tem como objetivo o fornecimento de energia. 

Essa substância deve ser consumida depois dos treinos, quando o organismo precisa de carboidratos para repor a energias que foram gastas durante a atividade.   


Já a Maltodextrina é um carboidrato complexo, ou seja, possui vários açúcares como a frutose, a maltose e a dextrose.  

Na prática, a dextrose é mais facilmente absorvida pelo organismo e se esgota rapidamente.Já a maltodextrina tem uma liberação mais lenta, mantendo a oferta de energia ao organismo por mais tempo.  

Para que serve?

A Maltodextrina é um carboidrato muito utilizado por atletas que desejam melhorar a performance nos treinos (deixando a pessoa menos cansada e permitindo que se faça mais atividade). Ela também pode ser consumida, por quem tenha dificuldades de engordar (como crianças ou pessoas abaixo do peso ideal).    

Esse suplemento alimentar é indicado para quem pratica pratica modalidades esportivas intensas, como natação, ciclismo ou musculação. 

Como tomar: antes ou depois do treino?

Para saber quando a Maltodextrina deve ser consumida, é necessário considerar o motivo. Por exemplo, se for tomada antes do treino, ela atua com um estimulante que fornece energia e evita o cansaço. Se o consumo for pós-treino, a Malto age no controle da glicemia e no crescimento muscular. 

Ainda é possível que ela seja consumida durante o treino, visando manter uma fonte de energia, o que pode evitar a fadiga ou hipoglicemias.

Ao optar por consumir esse suplemento antes do treino, você evita que os músculos se cansem tão facilmente. 

Vale ressaltar os horários mais indicados para o consumo são até 30 minutos antes do treino ou até 1 hora depois.

O consumo ideal é tomar, nos dias de treino, de 2 a 3 colheres diluídas em água, sucos ou outras bebidas, ou conforme a embalagem.

Maltodextrina engorda?

A Maltodextrina pode engordar. Isso porque ela é um carboidrato e, em excesso, pode gerar o aumento de peso. Ou seja, se o consumo for maior do que o necessário para a atividade física, o suplemento pode engordar.

Além disso, o consumo exagerado pode levar aos picos de glicemia, que desencadeiam a liberação de insulina pelo organismo. Isso pode provocar fome e levar a pessoa a comer mais.

Por isso, o correto é consumir a Malto conforme o seu tipo de treino e a intensidade dele. 

Quais os benefícios?

Tudo que for consumido de forma errada pode fazer mal para o organismo em curto, médio ou  longo prazo, inclusive os suplementos alimentares (entre eles a Maltodextrina). Por isso, antes de consumir qualquer produto ou modificar a dieta, é importante conversar com um(a) médico(a) endocrinologista ou nutricionista.  

A Maltodextrina possui alguns benefícios se for tomada de forma correta: 

  • Evita picos ou quedas de insulina durante a atividade física; 
  • Fornece energia; 
  • É de fácil digestão; 
  • Previne o aumento do colesterol ruim (LDL) e dos triglicerídeos; 

Por outro lado, esses mesmos benefícios também podem ser encontrados em outras fontes mais naturais de carboidrato, como os vários tipo de batata, mandioca e banana.

Faz mal?

Mas a Maltodextrina também pode trazer alguns prejuízos para saúde: 

  • Se for tomada em excesso ou se não for queimada, pode aumentar o índice de gordura corporal; 
  • Pode facilitar o surgimento de problemas renais, principalmente se a pessoa já possui predisposição; 
  • Usada em excesso, pode acabar viciando o organismo, deixando-o mais lento para produzir energia sem o uso do carboidrato. 

Esse carboidrato também possui algumas restrições. Seu uso deve ser evitado por: 

  • Pessoas que tenham diabetes ou descontroles de glicose; 
  • Pessoas que tenham síndromes metabólicas ou dificuldade em digerir carboidratos; 
  • Pessoas obesas ou com sobrepeso; 
  • Pessoas que seja alérgicas a milho ou outros cereais;  

Marcas e preços

Algumas das marcas de Maltodextrina são: 

Esses preços médios foram pesquisados no Consulta Remédios na data de 27/09/2019 e estão sujeitos a alteração. 

A Malto pode ser comprada em lojas de suplementos e de produtos naturais.


A Maltodextrina tem muitos benefícios se for tomada corretamente. Para saber qual a dose ideal para você, o mais recomendado é conversar com um profissional. O Minuto Saudável traz outras informações sobre suplementação. Confira nossas postagens!!!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *