Composta principalmente por água, a lichia é uma fruta tropical originalmente chinesa, mas que faz muito sucesso no Brasil. Conhecida por seu sabor adocicado e sua cor vibrante, ela traz diversos benefícios para quem a consome.

Pensando nisso, além do consumo in natura, existem suplementos e até mesmo produtos de beleza que fazem o uso das propriedades da fruta.

Confira os benefícios que a lichia proporciona:

Benefícios: para que lichia é bom? 

Entre os vários benefícios proporcionados por esta frutinha estão a manutenção do sistema imunológico, proteção da pele, fortalecimento dos cabelos e unhas e o auxílio na perda de peso. Confira um pouco mais sobre as vantagens de consumir a fruta: 

Regulação do sistema digestório

Rica em fibras — compostos vegetais — a lichia ajuda a regular as atividades do intestino, facilitando a digestão. 

Além de auxiliar na manutenção da microbiota intestinal, ajuda também na melhor absorção de nutrientes pelo organismo. 

Manutenção do sistema imunológico

Com vitamina C em abundância, a lichia atua na manutenção do sistema imunológico. Provocando o aumento da imunidade, a lichia ajuda a manter o corpo saudável devido ao aumento ou fortalecimento da imunidade.

Efeito rejuvenescedor

Por conter antioxidantes, como a vitamina C, a frutinha tem ação antienvelhecimento.. Também contribui para a produção do colágeno — proteína que mantém a aparência jovial da pele. 


Além disso, ela pode dar uma forcinha no controle da oleosidade e, por consequência, reduz espinhas. 

Fortalecimento de cabelos e unhas

Por conta da presença de vitamina B em sua composição, a lichia auxilia no fortalecimento do cabelo e unhas. 

A vitamina tem relação com a produção da queratina — proteína que compõe os fios e unhas — e , juntamente com outros minerais como o cálcio, contribui para um crescimento forte e saudável dos tecidos, como o cabelo e unhas. 

Regulação da pressão arterial

Rica em potássio, a fruta ajuda na manutenção da pressão arterial. O mineral presente na lichia atua no combate aos efeitos do sódio — que quando consumido de forma exagerada, pode elevar a pressão arterial. Por isso, o consumo age  diminuindo os sintomas da chamada pressão alta.

Proteção do coração

A lichia contém oligonol — substância ligada a redução da gordura visceral. Quando presente, essa gordura pode trazer riscos de doenças cardiovasculares. 

O consumo da fruta auxilia na redução das chances de desenvolver essas doenças.

Controle da glicemia

O consumo de lichia pode auxiliar no controle da glicemia, pois a fruta possui substâncias como a hipoglicina, que interfere na síntese da glicose. Moderadamente, a frutinha pode ter um efeito positivo na regulação do açúcar no sangue.

Como usar lichia?

A lichia pode ser consumida tanto in natura quanto em receitas. Coberta por uma casca vermelha e com o interior branco, a frutinha pode ser ingerida de forma individual ou acompanhada de sobremesas doces e pratos salgados.

Outra possibilidade é o consumo por meio de chás com a casca da fruta ou até mesmo sucos com água ou leite.

Lembre sempre que a casca não é comestível crua, apesar de participar do preparo de receitas culinárias!

A ingestão ideal é a de 3 a 4 unidades por dia, o suficiente para suprir as necessidades diárias de vitamina C do nosso organismo. 

Lichia em cápsula

Uma boa opção para quem quer aproveitar as vantagens que a lichia proporciona é a ingestão de suplementos que concentram os nutrientes da fruta.

A recomendação é ingerir 2 cápsulas, 2 vezes ao dia, de preferência antes das refeições ou de acordo com a instrução médica.  

Lichia nos cosméticos

A indústria da beleza utiliza a frutinha para enriquecer a fórmula de alguns produtos, que, quando combinada a outros elementos, pode trazer melhorias para o cabelo e pele.

Além de ser utilizada para a criação de fragrâncias, a lichia também oferece aos produtos suas propriedades antioxidantes e restauradoras.

Para o uso desse tipo de produto, é recomendado seguir as instruções do fabricante.

Lichia ajuda a emagrecer?

Indiretamente, sim. Livre de gorduras saturadas e colesterol, a lichia auxilia no processo de emagrecimento.

Ela possui um baixo nível calórico, cerca de 6,5 calorias por unidade. Dessa forma, juntamente com as fibras presentes em sua composição, a fruta proporciona uma sensação de saciedade sem grandes ganhos calóricos.

A frutinha também possui vitaminas do complexo B, que auxiliam o metabolismo na queima de gordura.

Apesar disso, vale sempre lembrar que sozinha a frutinha não faz milagres, mas pode ser uma boa aliada para quem quer perder uns quilinhos extra.

Faz mal comer muita lichia? Pode matar?

Sim. Apesar das vantagens oferecidas pela lichia, ela pode trazer alguns malefícios à saúde quando consumida em excesso.

A fruta possui uma substância chamada hipoglicina — toxina que inibe a capacidade de síntese de glicose. Isso pode levar a um quadro de hipoglicemia.

Se consumida em grande quantidade, em situação de desnutrição ou jejum prolongado, pode desencadear problemas graves decorrentes da queda glicêmica. Por exemplo, pode surgir problemas intestinais, respiratórios, convulsões e, em casos mais graves, até mesmo a morte.

Além disso, algumas pessoas podem ser sensíveis a componentes da fruta, sendo sempre relevante consultar um(a) médico(a) em casos de reação alérgica.

Preço e onde comprar

O preço da lichia pode variar de acordo com a época (sua frutificação ocorre entre os meses de novembro e janeiro). Em geral, a lichia é encontrada nos mercados e feiras por cerca de R$ 15,00/kg.

Já as cápsulas de lichia são encontradas em farmácias e lojas de produtos naturais. O suplemento com 60 cápsulas custa entre R$ 20,00 e R$ 30,00 reais. 

Entre as opções de suplemento que podem ser encontradas está a Lichia Bionatus.

A suplementação só deve ser utilizada com recomendação médica ou nutricional. Lembre sempre de consultar um especialista antes de fazer o uso do produto.

Em relação à estética, a lichia é utilizada em shampoos, cremes e perfumes. Entre algumas opções estão:

Os preços variam de acordo com a especificidade e marca do produto.


Apesar de muito nutritiva, nem todos conhecem os benefícios do consumo da lichia.

E você, já conhecia as vantagens de incluir a frutinha na sua dieta diária? Conta pra gente nos comentários!O Minuto Saudável traz outras informações sobre saúde e bem-estar para você conhecer outros alimentos que contribuem para a boa qualidade de vida!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *