Hidratação da Pele: importância, como hidratar, produtos e dicas

1

Seja no inverno ou no verão, a nossa pele sempre precisa de cuidados para se manter hidratada e bonita. Apesar de muitos quererem uma cútis que chame a atenção, poucos sabem o que de fato deve ser feito.

Vamos começar explicando o porquê da pele precisar estar hidratada, já que não, não é só uma questão estética.

PUBLICIDADE

A importância de hidratar a pele

Como a pele é o maior órgão do nosso organismo, ela também é a nossa primeira barreira protetora. Porém, se ela não estiver devidamente hidratada, a pele não é capaz de nos proteger contra a ação de agentes externos, como frio, vento e poluição.

Além disso, ela também protege o restante do organismo da ação de microrganismos e substâncias irritantes que podem resultar em alergias.

E, quando o assunto é hidratação, existem muitas perguntas que a gente se faz, não é mesmo? Então confere aqui as respostas que você sempre quis saber!

Índice — neste artigo você irá encontrar as seguintes informações:

  1. A importância de hidratar a pele
  2. Por que a pele desidrata?
  3. Por que os cotovelos e joelhos são mais ressecados?
  4. Por que a pele descama?
  5. Como saber se minha pele está desidratada?
  6. Pele seca x Pele desidratada
  7. A escolha do hidratante ideal
  8. Quais são os principais ativos hidratantes
  9. Como aplicar o hidratante
  10. Outros modos de conseguir uma pele bem hidratada
  11. Como hidratar a pele em casa?
  12. Hidratação o ano inteiro
  13. Quais são os benefícios de ter uma pele bem hidratada
  14. Quais são os maiores mitos sobre hidratação da pele
  15. Quais são os inimigos da pele hidratada
  16. Sugestão de produtos

Por que a pele desidrata?

A pele pode ficar desidratada por uma série de fatores. No inverno, por exemplo, isso acontece porque o ar fica mais frio e mais seco, devido à baixa umidade atmosférica, além do vento.

Como a pele está constantemente em contato com o ambiente, quando ele está mais seco ou frio, há uma perda de água, resultando na desidratação.

Isso pode ocorrer em dois níveis: a desidratação epidérmica, que ocorre na camada mais superficial da pele, e a dérmica, que é a camada responsável por sustentar a derme. Também é comum haver desidratação em ambas, o que causa bastante desconforto em peles mais maduras ou sensíveis.

Enquanto isso, em ambientes mais úmidos e quentes, há uma tendência de ela ficar mais lubrificada e transpirar mais.

Outras causas para a desidratação da pele, podem ser:

Fatores genéticos

Assim como herdamos características dos nossos pais, como a cor do olhos, a textura da nossa pele também se dá por fatores genéticos. A hidratação da nossa pele é resultado de um mistura de herança genética (cerca de 60%) com hábitos e ambiente (40%).

PUBLICIDADE

Envelhecimento

Muitas pessoas sabem da importância do protetor solar quando o assunto é envelhecimento precoce. Porém, o que muitos desconhecem é que uma pele bem hidratada também é essencial para disfarçar ou até mesmo retardar o envelhecimento precoce.

Uma pele que está ressecada adquire um aspecto opaco, áspero, sem elasticidade e, muitas vezes, com descamação. Assim, ela aparenta ser mais velha e desgastada do que ela realmente é. Juntamente disso, quando ela está ressecada, rugas e pequenas linhas de expressão podem ficar mais visíveis.

Além disso, o próprio processo de envelhecimento está associado com a perda de colágeno e água da pele.

Então, com a prática constante de hidratação, os nutrientes e água que a pele vai perdendo com o tempo são repostos, podendo retardar o envelhecimento ou ao menos minimizar sua aparência.

Menopausa

Durante menopausa, a maioria das mulheres sente uma mudança significativa na pele, principalmente no que diz respeito a hidratação e flacidez.

Além da queda gradativa da produção de hormônios como estrogênio e progesterona, há também a perda de fibras elásticas e colágenas. Com tudo isso, o resultado é uma pele mais ressecada, além de perda da elasticidade e do tônus.

Doenças

Algumas doenças como o hipotireoidismo, psoríase, eczema de contato, ictiose e neurodermatite também podem acarretar em uma pele mais seca que o normal.

Por que os cotovelos e joelhos são mais ressecados?

Tanto os cotovelos quanto os joelhos revestem áreas de grande articulação do corpo, pois os braços e as pernas precisam de uma grande amplitude de movimento. Por conta disso, a pele desses locais é muito mais elástica, uma vez que só assim o movimento pode ser feito.

PUBLICIDADE

O excesso de elasticidade faz com que os tecidos não produzam glândulas sebáceas suficientes para hidratar a pele. Acrescentado a isso, os joelhos e cotovelos estão mais suscetíveis aos atritos.

Além disso, quando essas regiões estão extremamente ressecadas, há uma tendência de eles ficarem mais escurecidos e enrugados.

Por que a pele descama?

Apesar da descamação estar associada, na maioria das vezes, com a exposição solar, existem outros fatores para que ela ocorra.

O excesso de sol é responsável por causar uma queimadura na pele. Os raios UVB fazem com que algumas células morram e se desprendam, processo que chamamos de descamação.

No entanto, doenças como a dermatite atópica, a psoríase e a ictiose, entre outras, podem resultar em uma pele que descasca mais que o normal, pois também está muito ressecada.

Nesse caso, é ainda mais importante a consulta a um dermatologista para que ele possa identificar qual a real causa da descamação e quais são as melhores opções de tratamentos.

Como saber se minha pele está desidratada?

Quando o assunto é hidratação da pele, a gente sempre acha que pode melhorar, não é mesmo? Porém, às vezes não é uma questão de escolha e sim de necessidade.

Então se você quer descobrir se sua pele está realmente desidratada, existe um pequeno “método”.

PUBLICIDADE

Com o polegar e o indicador, aperte a sua pele, por alguns segundos, de modo que forme um risco no meio. Depois, solte-a e fique observando a área apertada. Se o risco permanecer na pele, isso é um indicativo de que ela está ressecada.

A falta de viço e luminosidade, aliados a sensação de repuxamento, também são sinais de uma pele desidratada.

Cuidado: pele seca x pele desidratada

Muitas pessoas confundem ou acham que pele seca e pele desidratada se trata da mesma condição da textura da pele. Porém, apesar de ambas possuírem sintomas bem parecidos, elas se tratam de situações distintas.

Como já dito acima, 60% da textura da pele se dá por herança genética. Então, nesse caso, sua pele pode ser seca, por fatores genético, mas mesmo assim estar desidratada.

Da mesma forma, uma pele que não seja seca também pode ficar desidratada. Resumindo: a pele seca é uma condição imutável, enquanto a pele desidratada é um estado.

A escolha do hidratante ideal

Para que um hidratante funcione bem no seu corpo, o primeiro passo é saber qual é o seu tipo de pele. Uma vez que você já saiba isso, a busca deve ser por cremes hidratantes que sejam indicados para o seu tipo. Vale lembrar que apenas um dermatologista é o profissional realmente qualificado para te fornecer tais informações.

Mecanismo de hidratação da pele

Durante a escolha do seu hidratante, também é importante conhecer os diferentes mecanismos que esses hidratantes podem ter:

Hidratação por oclusão

Nesse processo, os ativos presentes no cosmético são capazes de promover uma redução da evaporação da água no estrato córneo, uma camada mais externa da pele, composta por células achatadas e mortas, que funcionam como um barreira protetora.

Além disso, ele é capaz de manter a umidade das camadas mais profundas, graças a presença de óleos, e também possui a capacidade de retardar a evaporação da água.

Assim a desidratação da pele é impedida, pois retarda ainda mais o processo de evaporação da água. Os produtos que utilizam tal mecanismo formam uma barreira protetora, à base de lipídios pois, assim como água e óleo não se misturam, lipídio e água também não.

Então, dessa forma, a água fica instalada entre a pele e a camada lipídica, não conseguindo evaporar.

Portanto, os cosméticos com emulsões cremosas e com óleos vegetais na composição promovem uma hidratação por oclusão.

Esse método é indicado para pessoas com a pele seca.

Hidratação por umectação

Na hidratação por umectação, as substâncias do produto retém a umidade do ar e assim podem utilizá-la para a hidratação da pele, promovendo então a emulsão natural da pele.

Já nesses cosméticos, as substâncias mais encontradas são os gliceróis e o D-pantenol. Além desses, o colágeno também é um ingrediente bem recorrente na composição de tais produtos.

Ele é muito importante, pois em sua cadeia há muitos radicais de prolina e hidroxiprolina, que por formarem uma estrutura macromolecular, não são absorvidos pela pele, ou seja, ela continua hidratando o tecido epitelial.

Além disso, esse processo pode ocorrer de dois modos, atuando em níveis diferentes, na superfície da pele ou por meio de mecanismos intracelulares.

Esse processo é indicado para pessoas com peles oleosas.

Hidratação ativa

As emulsões misturam os dois mecanismos anteriores. Esse processo possui uma fase lipídica, responsável por promover a oclusão, e uma fase aquosa com ingredientes higroscópicos, capazes de proporcionar a hidratação.

Na composição desses cosméticos, são encontrados aminoácidos, ureia e ácido hialurônico, que são considerados hidratantes biológicos.

As peles que mais se beneficiam desse tipo de ação são as normais e secas.

Quais são os principais ativos hidratantes

Muitas pessoas tem curiosidade em saber quais são os principais ativos nas loções e cremes hidratantes, então separamos os mais comuns:

  • Ceramida;
  • Esqualeno;
  • Olesterol;
  • PCA;
  • ADN;
  • NMF;
  • Lactato de Amônia;
  • Ureia;
  • Alfa-hidroxiácido (ácido glicólico e ácido láctico);
  • Oligoelementos;
  • Fosfolipídeos;
  • Ácido hialurônico.

Como aplicar o hidratante

Uma outra etapa muito importante na hora de hidratar a sua pele é o momento de aplicação do hidratante. Ele deve ser espalhado com movimentos circulares, firmes e constantes, mas sem aplicar uma força exagerada.

Em regiões como do bumbum e pernas, a aplicação deve ser de baixo para cima, e nos braços de dentro para fora.

Também é importante que a aplicação do hidratante seja feita quando a pele já estiver seca, assim ela irá absorver muito melhor o produto. Além disso, é fundamental massagear a pele até que o hidratante seja totalmente absorvido.

Outros modos de conseguir uma pele bem hidratada

Existem alguns hábitos que devem ser adquiridos se você deseja ter uma pele bem hidratada. Uma vez que esses hábitos sejam incorporados na rotina, os benefícios já começaram a aparecer.

Sudorese

Acredite se quiser, a sudorese contribui para a hidratação da pele. Isso porque, existem muitos sais minerais no suor, que ao se misturarem com o sebo, formam emulsão epicutânea natural de hidratação.

Além disso, o suor ainda é capaz de potencializar a ação de loções hidratantes.

Apesar disso, é sempre bom ficar atento ao excesso de suor, pois com ele há muita perda de água que só pode ser reposta com a ingestão de líquidos, preferencialmente a própria água.

Produtos com hidroxiácido

Por ser um componente com inúmeras propriedades que favorecem a pele, a busca por produtos que possuam esse ingrediente na composição é bem importante.

Ele é capaz de promover a estimulação da taxa de renovação da epiderme, por exemplo. Com ele, a barreira cutânea é fortalecida e isso evita que a água evapore ou que haja uma perda excessiva.

Hidratação nos horários certos

Se você deseja ter uma pele bem hidratada, saiba que não adianta passar o hidratante em qualquer momento do dia.

O ideal é que o seu corpo receba o hidratante logo após o término do banho, para que a sua pele fique balanceada, pois, como já explicado acima, o banho muito quente pode ressecar a cútis.

Outra alternativa é hidratar a pele durante o banho, com cremes ou óleos. A absorção pode ser ainda maior, pois o sabonete retira os lipídios cutâneos, abrindo ainda mais canais para a penetração do hidratante.

Já a hidratação do rosto deve ocorrer durante a noite, também após o banho. E, caso a pele seja muito seca, ele também deve ser aplicado de manhã, antes do protetor solar.

A queridinha vitamina C

Você com certeza já se deparou com uma série de cosméticos, ou melhor, dermocosméticos, que possuem vitamina C, não é mesmo?

Ela é recorrente nos dermocosméticos pois é um verdadeiro trunfo. Suas propriedades antioxidantes e a capacidade de manter preservadas tanto as estruturas como as funcionalidades da pele ajudam, também, na hidratação.

Aposte em nutricosméticos

A maioria dos nutricosméticos possui em sua fórmula componentes como vitamina E, colágeno marinho, licopeno e beta-caroteno, que podem ajudar tanto na hidratação como no fortalecimento da barreira da pele.

Hidratação interna

É claro que se tratando de hidratação, a ingestão de água não poderia faltar. Todas as outras dicas citadas acima de nada ou pouco adiantarão se você não estiver hidratado de dentro para fora.

Alimentação

Uma alimentação balanceada também é muito importante para que seu organismo fique equilibrado e possa absorver as hidratações. Além disso, a ingestão de frutas, por exemplo, pode ser uma ótima alternativa para ingerir ainda mais água e deixar sua pele mais bonita.

Como hidratar a pele em casa?

Muitas pessoas se perguntam “o que é bom para hidratar a pele?”. Pois bem, além de todas as dicas e possibilidades de como mandar a desidratação para fora da sua vida de uma vez por todas, ainda vamos dar uma dicas de alguns produtos caseiros que podem facilitar ainda mais a sua vida.

A sua cozinha pode estar repleta de ingredientes que vão de ajudar a ter uma pele vistosa e muito bem iluminada, como o mamão, o pepino, a aveia e o mel.

No entanto, o que fará com que a sua potência seja bem explorada é o modo com que eles serão preparados e misturados com outras hidrantes.

Máscara para pele oleosa

  1. Retirar a polpa da romã;
  2. Em um liquidificador, bata a polpa da romã com o iogurte natural (não pode ser com sabor), até que a mistura fique homogênea;
  3. Aplique com pincel por todo o rosto;
  4. Deixar agindo por 10 minutos;
  5. Retirar toda a mistura com água e sabonete.

Máscara de Hidratação

  1. Retire toda a polpa de um coco verde;
  2. Em um liquidificador, bata a polpa com a água de coco até que uma mistura homogênea seja formada (ela vai ficar com um aspecto pastoso);
  3. Deixar agindo por 10 minutos;
  4. Retirar toda a mistura com água e sabonete.

Nem sempre precisamos usar apenas frutas no rosto para que a receita caseira funcione. Existem outros ingrediente que também possuímos em casa, como o Hipoglós, que podem ajudar.

Máscara de Hidratação Intensa

  1. Misture 2 colheres do seu hidratante favorito (o que mais se adequa ao seu tipo de pele) e 2 colheres de Hipoglós;
  2. Distribua a mistura na pele limpa e de noite;
  3. Aguarde 20 minutos;
  4. Limpe todo o rosto e enxágue bem, depois aplique um filtro solar que só deve ser retirado pela manhã.

Faça essa hidratação 3 vezes na semana, sempre a noite.

Posso passar qualquer fruta na pele?

No geral, é importante evitar as frutas cítricas, como limão e laranja. Apesar de tais frutas também terem compostos benéficos à pele, como a vitamina C, o seu uso não é recomendado.

Porque caso não haja um enxágue adequado e houver exposição solar, há um grande risco da pele ficar queimada e manchada.

Obviamente, se você é alérgico a alguma fruta, também não é recomendado que você faça qualquer tipo de mistura para aplicar na pele.

Atenção!

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas neste site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Hidratação o ano inteiro

Como já citado acima, a pele exige cuidados, tanto no verão quanto no inverno. Porém, esses cuidados, apesar de parecidos, não são exatamente os mesmos. Confira as suas diferenças:

No verão

Como no verão a uma tendência natural é de temperaturas mais elevadas, além da presença constante do sol, a hidratação da pele deve ser redobrada.

Isso significa que a hidratação deve ser feita em tanto interna e externamente, ou seja, a ingestão de água e também de outros líquidos é essencial nessa época.

Optar por consumir alimentos que possuem alto teor de água também pode ser uma boa alternativa para manter o corpo e a pele hidratados. Além disso, é claro que usar um bom hidratante na pele também é indispensável.

No inverno

Com as temperaturas mais frias, a umidade do ar baixa e com isso, há uma diminuição da transpiração corporal.

Ao mesmo tempo, as pessoas costumam tomar banhos mais quentes. A água quente é capaz de remover a oleosidade natural da pele de forma intensa, assim o manto lipídico que retém a umidade da pele também diminui.

Com todas essas ações, a pele vai ficando cada vez mais ressecada. Por isso que, assim como no verão, é importante usar e abusar do hidratante, mas com a ressalva que isso deve ser feito logo após o banho, pois o poder de absorção da pele é melhor nesse momento.

Além disso, como a água quente pode ser uma grande vilã no que diz respeito a manter a pele hidratada, é recomendado que os banhos no inverno não sejam com temperaturas tão elevadas, ou pelo menos que sejam mais curtos.

Também é importante não utilizar uma quantidade exagerada de sabonete, pois ele ajuda a retirar ainda mais a camada lipídica da pele. Então, o ideal é utilizá-lo apenas nas áreas essenciais, como: axilas, genitais e pés.

Quais são os benefícios de ter uma pele bem hidratada

Muito além de apenas um toque mais gostoso e macio, uma pele bem hidratada também pode trazer vários benefícios, em sua maioria estéticos. Confira aqui quais são eles:

Diga adeus às estrias

Quando sua pele está bem nutrida e hidratada, ela possui mais elasticidade, além de as fibras de colágeno estarem mais forte e não se romperem com facilidade. Assim, a probabilidade de que as estrias surjam é bem menor.

Proteção contra a poluição

A poluição das grandes cidades está cheia de elementos nocivos a pele, e que possuem efeito oxidativo. Se sua pele estiver bem hidratada, o manto lipídico fica mais espesso, evitando assim, que essas substâncias tóxicas agridam tanto a pele e até mesmo o organismo.

Prevenção de manchas

Os raios solares não podem provocar manchas com tanta facilidade quando a sua pele está bem hidratada. Mas, é claro, o uso do protetor solar também é primordial e indispensável para que isso ocorra e para proteger sua pele de um modo geral contra as radiações solares.

Proteção contra corpos estranhos

Como a pele é o nosso maior órgão e o que está em contato direto com o meio externo, ela é a responsável por fazer uma primeira proteção do nosso organismo. Se ela está com a hidratação em dia, é capaz de nos defender contra microrganismos que podem causar algum tipo de infecção.

Aparência da maquiagem

Quanto mais bem hidratada uma pele está, mais equilibrada ela ficará e o equilíbrio é fundamental na hora de fazer uma maquiagem. A pele equilibrada possui a hidratação ideal, não sendo nem oleosa e nem seca. Assim, fica mais fácil não só a escolha de produtos que podem ser utilizados, mas também a própria aplicação.

Quais são os maiores mitos sobre hidratação da pele

Como quase todo assunto da ala estética, a hidratação da pele também está cheia de mitos que são reproduzidos por muitas pessoas. Então, fique atento para saber quais são eles e não cair em armadilhas novamente:

Pele oleosa não precisa de hidratação

Talvez o mito mais difundido seja esse de que a pele oleosa dispensa a necessidade de ser hidratada, mas essa essa afirmação não é verdadeira. Todos os tipos de pele necessitam de hidratação, o que difere é a quantidade e a frequência disso.

O que ocorre é que as pessoas que possuem pele oleosa costumam dar atenção apenas aos sabonetes que prometem diminuir a oleosidade e quantidade de cravos e espinhas, que são bem comuns nesse tipo de pele.

No entanto, a maioria desses sabonetes é tão agressivo que tiram totalmente a oleosidade saudável do rosto. Para tentar devolver essa oleosidade para a pele, o organismo produz ainda mais sebo, originando o efeito rebote.

E é justamente por isso que a hidratação é tão importante nas peles oleosas. Essa ação do organismo é só uma resposta que tenta devolver a oleosidade e hidratação que foram pedidas.

Então, se você fizer a higienização da pele e incorporar na sua rotina de cuidados o uso do hidratante, o seu organismo vai entender que não há necessidade de produzir ainda mais sebo. Assim, sua pele ficará equilibrada.

A hidratação é igual em todo o corpo

Muitas pessoas disseminam a informação de que o rosto e o restante do corpo devem ser hidratados da mesma maneira, tanto no sentido de quantidade quanto sobre o tipo de produto. Porém, isso não faz sentido.

A pele do rosto costuma ser mais oleosa e hidratada do que a pele de outras regiões do corpo. Isso ocorre pois, no rosto, nós temos uma concentração maior de glândulas sebáceas.

Além disso, a textura também é bem diferente: enquanto o corpo possui uma pele mais espessa, a do rosto é mais fina e sensível.

Água termal hidrata muito

Apesar de muitos apostarem todas as fichas no poder da água termal no quesito hidratação, ela não faz tanta diferença assim. Inclusive, o suor, que explicamos acima, é capaz de hidratar mais a pele do que a água termal.

A razão pela qual isso acontece se dá por o suor ser muito mais salgado que a água termal, que é o grande responsável por promover a hidratação.

Talvez o que confunda as pessoas e ajude a propagar esse mito seja o fato da água termal ajudar muito na sensação de refrescância, o que pode ser confundida com a sensação de pele hidratada.

Quais são os inimigos da pele hidratada

Como tudo na vida, se tem uma série de hábitos que você precisa incorporar se quiser ter uma pele muito hidratada, também tem aqueles que você deve evitar ao máximo.

O banho quente com certeza é o grande vilão, mas junto dele também há o uso excessivo de sabonete. E não para por aí! Entenda:

Fatores climáticos

Esse é um tópico que não tem como ser evitado, no entanto, é bom saber que vento, sol, frio e outras condições podem aumentar a desidratação da pele. É importante se proteger para minimizar seus efeitos.

Substâncias químicas

Não só os sabonetes podem ser prejudiciais para a pele, mas até mesmo sabões e detergentes que são usados no dia a dia podem agredir e muito a pele das mãos, no caso.

Isso porque, da mesma forma que o sabonete, eles retiram a camada lipídica da pele, assim a perda de água fica muito mais fácil, favorecendo a desidratação.

Exposição solar

As muitas horas de exposição ao sol também podem desencadear a desidratação. Mas com o sol, o problema pode ser maior, pois ele é capaz de promover um processo de desidratação do organismo no geral, desencadeando fadiga, tontura, dor de cabeça entre outra coisas.

Parabenos e óleo mineral

Essas duas substâncias são tão prejudiciais que ganharam um tópico só para elas. Primeiramente, o parabeno é comprovadamente cancerígeno. Enquanto isso, o óleo mineral é muito agressivo e acaba deixando a pele mais sensível. Além disso, ele também pode estar contaminado com substâncias que estão sob suspeita de serem cancerígenas.

Como se tudo isso já não fosse o suficiente, ele ainda é comedogênico, o que significa que o óleo mineral entope os poros, podendo resultar no surgimento de cistos, cravos e espinhas (acne).

Sugestão de produtos

Agora que você já sabe que precisa hidratar a sua pele independe de qual seja o seu tipo, separamos algumas sugestões de hidratantes. Você pode encontrar essas e outras centenas de produtos de perfumaria em nosso site comparador de preços, Consulta Remédios.

Facial

Peles Oleosas

Peles Secas

Peles Sensíveis

Corporal


Apesar de agora você jé ser um expert sobre a hidratação da pele e o porquê ela é tão importante, a visita a um dermatologista é sempre indispensável.

O dermatologista é o único profissional realmente capacitado para indicar qual é o melhor produto, sempre de acordo com o seu tipo de pele e suas necessidades.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (17 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

1 comentário

Atenção: os comentários abaixo são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Deixe o seu comentário, nos preocupamos com sua opinião:

Por gentileza, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.