As trompas de falópio ou tubas uterinas têm um papel importante no início da gestação, pois é nelas que a fertilização do óvulo ocorre. Além disso, é por elas que o óvulo fertilizado é levado ao útero.

Conheça melhor a função das trompas!

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que são as trompas de falópio?
  2. Por que trompas de falópio?
  3. Quem tem problema nas trompas ovula?
  4. Quais os sintomas de problemas nas trompas?
  5. É possível engravidar com uma trompa obstruída?
  6. Como desobstruir as trompas para engravidar?

O que são as trompas de falópio?

As trompas de Falópio ou tubas uterinas são dois canais ligados ao útero que compõem o aparelho reprodutor feminino. Elas têm funções importantes no processo reprodutivo, como:

  • Capturar o óvulo que foi liberado do ovário durante a ovulação;
  • Transportar os espermatozoides até o óvulo, para que ocorra a fecundação dentro de uma das tubas uterinas;
  • É o local onde o óvulo e espermatozoide formam o zigoto;
  • Fazer o transporte do embrião ao útero, para que ocorra a implantação na parede interna do útero.

Elas têm cerca de 10cm cada de comprimento cada e são revestidas de pequenos cílios. Ela é formada por 4 partes: intramural, istmo, ampola (onde ocorre a fecundação natural) e infundíbulo.

Por que trompas de falópio?

Este órgão recebeu o nome em homenagem ao anatomista italiano Gabriele Falloppio, que em 1561 nomeou as trompas de falópio como “tubas do útero”, mas elas ficaram conhecidas por ‘trompas de falópio’, devido Falloppio ser o primeiro a descrevê-las.

Em 1997 após o conselho de médicos internacional a nomenclatura do órgão foi alterada para tubas uterinas, pois segundo especialistas, o termo tuba descreve melhor sua forma.

As trompas de falópio têm um formato similar a tuba.

Quem tem problema nas trompas ovula?

Sim, mesmo com problemas nas trompas de falópio é possível ovular. Mas é provável que haja problemas na fecundação de óvulos, já que a fecundação ocorre nas trompas.


Problemas nas trompas são a causa de 25% da infertilidade feminina e podem acontecer por diversos motivos. Lesões ou obstruções nas tubas podem impedir a passagem do espermatozoide ou óvulo, e não permitir o encontro dos gametas.

As principais causas de problemas são infecções e doenças sexuais, como clamídia, que criam uma massa que preenche internamente as trompas e causa a obstrução.

O escape de sangue do útero para as trompas, chamado de endometriose, também pode ser causa de entupimento, pois o sangue se aloja nas paredes na tuba causando obstrução.

E, por fim, aderência de trompa, cicatrizes internas nas trompas que ocorreram após cirurgias, parto ou retirada da gravidez tubária (implantação do embrião na tuba uterina), pode ser o motivo da dificuldade para engravidar e a causa da obstrução.

Quais os sintomas de problemas nas trompas?

Quando há algum problema na trompa de falópio, alguns sintomas podem ser relatados após o período menstrual:

  • Dor abdominal ou ao urinar;
  • Alterações da cor ou odor do corrimento vaginal;
  • Dor durante as relações sexuais;
  • Sangramentos fora do período menstrual;
  • Febre acima de 38º C;
  • Dor no fundo das costas;
  • Necessidade de urinar frequente;
  • Náuseas e vômitos.

É importante procurar ajuda médica para que exames e o diagnóstico correto sejam feitos. Esses sintomas podem ser causados por infecções ou anomalias pélvicas, inflamações, gravidez ectópica e ruptura de apendice. ruptura de apêndice.

É possível engravidar com uma trompa obstruída?

Sim, é possível. No caso de diagnóstico de trompa obstruída, pode ser recomendado pelo médico o procedimento cirúrgico de desobstrução.

Porém, quando a obstrução não pode ser resolvida através de cirurgia, há outras alternativas como a fertilização in vitro, fecundação do espermatozoide no óvulo feita em laboratório e transferência ao útero para gestação.

Ou a espera do período de ovulação da tuba saudável, já que em cada mês é liberado apenas um óvulo do ovário, os meses que correspondem ao da tuba em disfunção não é possível engravidar, e os meses que a ovulação ocorre na tuba saudável é possível a fecundação.

Como desobstruir as trompas para engravidar?

A desobstrução das trompas pode acontecer de forma cirúrgica, por meio da videolaparoscopia. São feitas pequenas incisões na região abdominal, e o procedimento de desobstrução é feito com pinças e uma microcâmera que orienta o médico.

Sendo o procedimento menos invasivo e recomendado para pequenas obstruções na tuba. Mas ainda assim as taxas de gravidez são baixas e podem variar muito, devido à quantidade de cicatrizes na tuba e o sucesso de desobstrução.

Em caso de obstruções grandes nas trompas será recomendado a fertilização in vitro, para que as chances de gravidez sejam maiores. 


As trompas de falópio é um órgão importante que participa do ciclo ovulatório e têm um papel especial no momento da gravidez. Por isso, fique atenta à dor e desconforto recorrentes na região abdominal e procure ajuda médica caso surjam sintomas.

Acompanhe o Minuto Saudável e se mantenha informada(o) sobre bem-estar e saúde!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.