O pênis cresce até que idade? Qual o tamanho médio do pênis?

17

Todo homem já teve dúvidas sobre o tamanho de seu pênis. Sério. Todo homem. Não tente negar. Em algum momento da sua vida você se fez aquela pergunta: será que o tamanho do meu pênis é normal?

Bem, o tamanho do pênis é definido especialmente pela genética, então não dá pra fazer muita coisa quanto a isso. Contudo, ainda podemos aprender bastante sobre ele. Confira, abaixo, tudo sobre o tamanho do pênis!

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Índice – neste artigo você encontrará as seguintes informações:

  1. Como o pênis funciona?
  2. O pênis cresce até que idade?
  3. Qual o tamanho médio de um pênis?
  4. Sexo e o tamanho do pênis
  5. Fumar diminui o pênis?
  6. Pênis torto: é um problema?
  7. Espera um pouco, o pênis pode quebrar?
  8. Growers e showers
  9. Posso aumentar meu pênis?
  10. Tenho um pênis pequeno, e agora?
  11. Tenho um micropênis, e agora?
  12. Cuidados com a saúde do pênis

Como o pênis funciona?

O pênis é o órgão reprodutor masculino. Ele é composto pela glande, que é a cabeça, cheia de terminações nervosas, um corpo esponjoso que envolve e protege a uretra, e dois corpos cavernosos, que ficam nas laterais. Durante a ereção, esses três corpos ficam cheios de sangue. É isso que permite o crescimento do pênis em momentos de excitação sexual.

O pênis cresce até que idade?

O pênis começa a se desenvolver aos 12 anos de idade e seu comprimento aumenta até perto dos 18. Depois disso, ele engrossa e chega a seu estado adulto aproximadamente aos 21 anos, qiuando a puberdade masculina acaba. A média do pênis brasileiro é de 15,7 cm e a média global fica perto dos 14 cm.

Qual o tamanho médio de um pênis?

Entre 12 e 16 cm, um pênis é considerado dentro da média global, os 14 cm. No Brasil, a média é de 15,7cm mas, a título de curiosidade, saiba que o país com a maior média é a República Democrática do Congo, com 17,93 cm e o com menor média é o Nepal, com 9,3 cm.

Então, se você é adulto e seu pênis tem entre os 12 e 16 cm, seu pênis tem o tamanho normal.

A circunferência – ou grossura, se preferir – média do brasileiro é de 12,99 cm. O país de pênis mais grosso é a França, com 13,63, enquanto o com o mais fino é a Turquia, com 8,89 cm, então estamos bem.

Mas atenção: esses números são com base em adultos completamente desenvolvidos. Portanto, se você está na adolescência, é provável que ainda não tenha alcançado o tamanho máximo.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

É importante saber o jeito certo de fazer a medição: ela deve ser feita na parte de cima do pênis, a partir do osso pubiano (o que fica na base do pênis) e indo até o final da glande (a cabeça). Para saber a circunferência do seu pênis, a fita métrica deve ser enrolada logo abaixo da glande, no corpo dele.

Você pode ver, clicando aqui, um mapa interativo super interessante com resultados de uma pesquisa global sobre o tamanho do pênis de vários países. O mapa considera 116 nações e possui dados de comprimento e circunferência e até o volume. Vale uma conferida.

Sexo e o tamanho do pênis

Mesmo sendo relevante, o tamanho não é o fator principal durante o sexo. A preferência de parceiros é variada. Há quem goste dos grandes e há quem goste dos pequenos, e ao contrário do que os filmes pornôs fazem parecer, existe pênis grande demais.

A sensibilidade vaginal existe por toda a extensão da vagina, mas é especialmente maior nos primeiros centímetros dela. O clitóris, o órgão sexual feminino voltado apenas para o prazer, fica em cima da entrada, mas ele se estende por dentro do corpo feminino, contornando as paredes vaginais nos primeiros centímetros, e pode ser estimulado por dentro.

É por isso que, se seu pênis estiver abaixo da média, você não precisa se preocupar tanto com o sexo. Conhecer o que agrada sua parceira ou parceiro é mais importante, e isso varia de pessoa para pessoa. Converse, discuta e descubra as preferências de sua companhia, e sua capacidade de proporcionar prazer vai aumentar muito mais do que se você simplesmente tivesse alguns centímetros a mais.

Fumar diminui o pênis?

De certa forma, sim. Fumar afeta todos os órgãos do corpo de maneira negativa e isso inclui o pênis. Um dos efeitos do cigarro é o bloqueio parcial ou total de vasos sanguíneos, dificultando a circulação de sangue. Esses bloqueios podem fazer com que menos sangue consiga chegar ao pênis durante a ereção, causando impotência.

Mesmo nas vezes em que o fumante com bloqueios nos vasos causados pelo cigarro consegue alcançar a ereção, o pênis não fica completamente ereto. Com o passar dos anos, ele pode perder parte do seu tamanho máximo, podendo diminuir em até 1cm no decorrer da vida da pessoa.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Pênis torto: é um problema?

Não, não é! O pênis torto é algo comum. Desde que não haja dor durante a penetração e ela não seja atrapalhada pela angulação do pênis, não há com o que se preocupar.

Existem várias causas para um pênis torto. Se a uretra não acompanha o crescimento dos corpos cavernosos, por exemplo, ele pode entortar para um lado. Também pode acontecer de um corpo cavernoso crescer mais do que outro, algumas doenças congênitas, além de traumas como fraturas penianas.

Espera um pouco, o pênis pode quebrar?

O pênis não possui osso, mas pode quebrar sim, então é melhor tomar cuidado com ele! A fratura é rara, mas pode acontecer.

Os corpos cavernosos e o esponjoso são protegidos, cada um, por uma camada chamada túnica albugínea. Essa camada é bastante resistente e flexível. Quando o pênis está ereto, ela também se estica, ficando mais fina e mais sensível. Caso alguma força entorte o pênis, a túnica albugínea pode se romper. É o que chamam de fratura peniana.

Com o rompimento da túnica, o sangue presente nos corpos cavernosos ou no esponjoso vaza para os outros tecidos do pênis, podendo ir até o escroto.

Na maior parte dos casos, as fraturas penianas acontecem durante o sexo. Frequentemente, quando a mulher está por cima. Acontece quando o pênis escapa de dentro do canal vaginal e, ao tentar penetrar novamente, vai de encontro com o quadril da parceira, se dobrando.

A fratura só acontece quando o pênis está ereto e é possível ouvir um estalo que pode lembrar um osso se quebrando. O pênis perde a ereção e dói bastante, além de ter hematomas no corpo por conta do sangue que vaza.

É necessário buscar ajuda médica o mais rápido possível, pois o rompimento da túnica albugínea, se não tratada, pode trazer diversas consequências como deformidade permanente do pênis, dor durante o sexo e inclusive impotência.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Growers e showers

Se você é homem, talvez tenha se encontrado em um vestiário masculino onde vários colegas estavam se trocando, e é bem provável que você tenha se comparado com os demais, preocupado com seu tamanho. É bom saber sobre a diferença entre os growers e os showers.

A palavra grower vem de grow, do inglês, “crescer”. A maioria dos homens se encaixa nessa categoria. O pênis, quando flácido, varia de 3 a 6 cm, e ao ficar ereto pode dobrar e até triplicar de tamanho.

shower vem de show, do inglês, mostrar. O shower é aquele que se mostra. O pênis dos showers, quando flácidos, possuem de 9 a 11 cm, mas ao contrário dos growers, não crescem muito quando eretos.

Agora que você sabe disso, caso seja um grower e veja um colega no vestiário que parece enorme, mesmo flácido, não precisa ficar com vergonha ou achar que seu pênis é pequeno. O dos growers cresce bastante, o dos showers não muito e, no fim, quando eretos, a média é a mesma.

Posso aumentar meu pênis?

É possível, mas fortemente contraindicado. Entenda:

Fórmulas mágicas de aumento peniano

Primeiro, vamos falar da internet. Você já deve ter recebido um e-mail ou visto alguma publicidade na internet que prometia o aumento de seu pênis. Bombas penianas, remédios milagrosos, dezenas de técnicas que “deixam os médicos impressionados” ou qualquer variação disso.

Nenhuma dessas técnicas é cientificamente comprovada. Boa parte delas é cientificamente refutada, sendo classificadas como ineficazes. Além disso, com certeza muitas delas já deixaram médicos impressionados de verdade, afinal, existem “técnicas” extremamente perigosas pela internet. É melhor ficar longe disso.

Ninguém quer ficar impotente porque comprou algo para injetar no pênis, ou pior, ter uma necrose e precisar amputá-lo.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Aumento cirúrgico

Não existe procedimento médico ou técnica cirúrgica aprovada que aumente o pênis. No Brasil, existem cirurgias experimentais que, por lei, só podem ser realizadas em ambiente acadêmico. Além disso, os riscos são enormes.

Existem muitos vasos sanguíneos no órgão e eles são essenciais para o funcionamento do pênis. Qualquer coisa que dê errado na cirurgia pode comprometer a capacidade de ereção. Existem alguns casos em que um médico pode indicar uma cirurgia, mas daqui a pouco falamos deles.

Tenho um pênis pequeno, e agora?

Algumas situações podem fazer um pênis parecer menor do que é. Obesidade, por exemplo, causa acúmulo de gordura na região pélvica e a base do pênis pode ficar para dentro da gordura, fazendo-o parecer menor.

Pelos pubianos também causam esse mesmo efeito. A depilação pode dar a impressão de que o pênis é maior.

Caso seu pênis tenha um tamanho abaixo da média, não se preocupe. Sua capacidade sexual não é diminuída por isso e é possível dar e receber prazer. O tamanho não é tudo.

Fique longe dos métodos milagrosos da internet para aumentar seu pênis. Já foi dito antes, mas não custa lembrar: não há comprovação científica de que elas funcionem, além de muitas serem perigosas.

Tenho um micropênis, e agora?

Estima-se que aproximadamente 0,6% dos homens possuam a condição chamada de micropênis.

Um micropênis é definido por estar muito abaixo da média da população. Comparado com o resto da população, em um adulto, o micropênis é menor do que 4 cm quando flácido e 7,5 cm quando ereto.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Algumas das causas identificadas incluem a falta de hormônio do crescimento, falta de testosterona durante a gestação e diversas síndromes genéticas. Alguns casos de micropênis podem ser tratados com injeções de testosterona no início da infância e existe, para certos casos, a cirurgia de faloplastia.

Cirurgia de faloplastia

Essa cirurgia é uma reconstrução peniana. Tecidos de outras partes do corpo, frequentemente do braço, são retirados e colocados no pênis para recuperar sua função em casos em que o órgão é danificado. Também pode ser usada para casos de micropênis.

O procedimento é muito complicado e arriscado. O tecido pode não sobreviver ao transplante, o que pode causar necrose, infecções, fístula uretral e trombose. É comum haver perda da sensibilidade e aproximadamente 30% das faloplastias apresentam complicações e tem de ser retiradas. Tudo isso pode causar sequelas em pessoas com pênis saudáveis.

Cirurgia do ligamento suspensor

A cirurgia do ligamento superior é outro tipo de procedimento que pode aumentar o pênis. Ela consiste no corte dos ligamentos que ficam acima do pênis, conectando o órgão ao osso pélvico. Esse ligamento serve para manter o pênis, quando ereto, estabilizado, facilitando a penetração.

Tal intervenção permite que o pênis se afaste mais do osso pélvico, fazendo-o parecer maior, ao custo de estabilidade. No entanto, a cirurgia também tem riscos. O pênis pode perder a sensibilidade, além de capacidade de ereção.

Os procedimentos de aumento peniano não são recomendados por médicos e a maioria das cirurgias são feitas em homens com tamanho peniano normal.

Cuidados com a saúde do pênis

A saúde do pênis é outra coisa muito importante. Você não deve se descuidar:

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Higiene

Mantenha-se limpinho, certo? A limpeza é essencial para evitar maus cheiros, além de manter seu amiguinho saudável.

É importante lavar o prepúcio (a pele que cobre a glande) com água e sabão todos os dias para evitar infecções e doenças que possam atacar o pênis.

O uso da camisinha é imprescindível nas relações sexuais com pessoas cuja saúde genital não se conhece, para evitar DSTs.

E estou dizendo isso de novo, porque é importante. Fique longe dos anúncios que prometem aumentar o pênis. Você não precisa deles e eles podem ser muito perigosos.


Agora você sabe um pouco mais sobre o seu pênis. Lembre-se da higiene, não se preocupe tanto com o tamanho, e não esqueça de compartilhar esse texto com seus amigos!

 

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (13 votos, média: 4,69 de 5)
Loading...

17 Comentários

  1. Esse artigo é muito importante e didático, homens deem prioridade a saúde sempre… obrigado pela informação, sensibilidade e transparência. Foram muito bons os conselhos. Gratidão

  2. Olá, queria saber se bolinhas esbranquiçadas no “corpo” pênis é normal. No meu caso, quando meu pênis está “Esfolado” fica 3 dedos abaixo da glande. São pequenas bolinhas esbranquiçadas.
    Tenho 14 anos e nunca tive relações sexuais

    • Olá!

      No corpo, você diz? Existem as chamadas “pápulas peroladas” que normalmente aparecem na cabeça e em seus arredores, na “corôa” da glande, mas é possível que elas apareçam no corpo. São pequenas saliências que aparecem em aproximadamente 42% dos homens e não é nada com que se preocupar. Elas podem ser removidas com cauterização, mas as razões para fazer isso são puramente estéticas já que não representam nenhuma ameaça para a saúde.

      Entretanto, se acreditar que não se trata de pápulas peroladas, você pode ir a um médico urologista para verificar. Ele será capaz de te dizer exatamente o que são.

    • Olá Amarildo.

      A cirurgia ainda é algo experimental no Brasil e costuma ser realizada apenas em faculdades para estudo. Como qualquer cirurgia, apresenta riscos, mas nesse caso existem alguns extras a se considerar. O órgão possui diversos vasos sanguíneos que, se danificados, podem levar de problemas de ereção a necrose do órgão. A não ser que sua cirurgia seja recomendada por um médico por problemas de saúde, o melhor é ficar longe dela.

      Obrigado pelo comentário!

    • Olá!

      Estas medidas que você descreve estão dentro dos padrões de normalidade e dentro da média nacional. Quanto a crescer mais, não é possível afirmar. O pênis cresce até os 18 anos, mas pode chegar a seu tamanho máximo antes para começar a engrossar. Só tem como saber se vai ter mais crescimento esperando. Aos 21 anos ele deve estar em seu estado maduro.

      Obrigado pelo comentário!

    • Olá!

      Não existe como afirmar que é muito ou pouco, já que o desenvolvimento e crescimento de cada pessoa é muito variado, mas este tamanho que você descreve está dentro dos padrões de normalidade e você não tem nada com o que se preocupar.

      Existem médias para cada idade, mas o crescimento do pênis acontece até os 18 anos e não existe um momento específico em que ele acontece. Ele pode chegar perto do tamanho máximo antes dos 14 anos, assim como pode chegar lá só aos 18. Varia de pessoa para pessoa.

      Obrigado pelo comentário e espero ter resolvido suas dúvidas!

    • Olá, Fernando!

      Sim. Depois que o pênis alcança a maturidade completa, o que acontece em torno dos 21 anos de idade, ele não cresce mais. Os procedimentos cirúrgicos podem aumentá-lo, mas são arriscados e podem comprometer a sensibilidade e capacidade de ereção.

Deixe suas opiniões e comentários, nos preocupamos com ela:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.