Em 2018, cerca de 10 mil novos casos de câncer de rim foram diagnosticados. Esse número é 30% maior do que em 2012, mostrando que a doença vem crescendo.

Um novo medicamento utilizado para o tratamento de câncer de rim foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

O Cabometyx é utilizado no tratamento do câncer renal em adultos. O medicamento é indicado para pessoas que ainda não receberam nenhum fármaco para combater a doença.

Quem já recebeu remédios para combater o câncer, mas não reagiu bem ao tratamento também poderá tomar o Cabometyx.

O laboratório que comercializará o remédio aqui no Brasil será o Ipsen. A decisão de liberar o fármaco foi tomada após alguns estudos que comprovaram a eficiência do medicamento.

Câncer de rim

Existem várias partes do rim que podem desenvolver câncer. Na maioria dos casos, os néfrons (responsáveis pela formação de urina) são a estrutura do órgão que é atingida pela doença.

O tabagismo, a hipertensão e a obesidade são os principais fatores de risco do câncer de rim. Além disso, o tratamento da hemodiálise em pacientes com insuficiência renal também aumenta as chances do aparecimento da doença.

A idade também pode estar relacionada ao desenvolvimento da doença. Casos em pessoas com menos de 45 anos são raros. A maioria dos pacientes com câncer de rim tem mais de 60 anos.


Este câncer pode ser tratado com cirurgia de retirada do órgão, se não houver metástase. Se a doença se espalhou para outras partes do organismo, o tratamento será feito com medicamentos que procuram impedir o avanço do câncer.

Os principais sintomas de câncer no rim são sangramentos na urina e dor na parte inferior das costas, perda de peso e cansaço excessivo. Em caso de dúvidas, procure um médico nefrologista.


O tratamento do câncer de rim pode ser feito por um medicamento recém lançado no Brasil. Esse novo método de combater a doença pode surtir efeitos que, futuramente, poderão ser usados em busca de uma cura para esse tipo de câncer.

Fonte: Guia da Farmácia


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Participe da discussão

2 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

  1. Ola boa noite minha sogra tem problemas nos rins a ureia dela sempre da 120 a 200 e a creatina dela esta no nivel de 5.98 e ela tem imfeccao na urina quase duas vezes no ano eu gostaria de saber se esta na hora de fazer hemodialize ou se existe um remedio p tomar.

    1. Olá, Madalena.
      Os valores de referência dos exames podem variar conforme o laboratório, mas em geral são:
      Creatinina: 115 mL/min
      Ureia: entre 10 a 45 mg/dL
      O correto é que esses resultados sejam avaliados pelo médico que solicitou os exames. Esse profissional poderá analisar os números com base no histórico médico da paciente e se julgar necessário, prescrever um medicamento. Lembrando que a automedicação é uma prática que pode trazer prejuízos para a saúde de sua sogra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *