Redação Minuto Saudável
19/01/2018 17:28

O (Super)Farmacêutico também tem o seu dia

No dia 20 de janeiro, é comemorado o dia do Farmacêutico! Esse profissional que acaba sendo muitas vezes ofuscado atrás de um balcão nas farmácias e drogarias é, na verdade, um baita super herói! Quer saber o porquê?

Suas funções para a saúde da comunidade vão muito além da dispensação dos medicamentos! De fato, a área farmacêutica é muito extensa e, no Brasil, os profissionais podem efetuar mais de 60 atividades.

Atividades que o farmacêutico pode desempenhar

Pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos

A pesquisa por novos medicamentos não acaba nunca, porque sempre surgem novas doenças que necessitam de novas curas. O farmacêutico, conhecedor de áreas como a farmacocinética e farmacodinâmica, se faz extremamente necessário dentro deste contexto.

Ao lado de biomédicos, biólogos e outros profissionais da pesquisa na área da saúde, os farmacêuticos podem auxiliar na descoberta de novas doenças, suas causas, novos princípios ativos e até mesmo novas formas farmacêuticas!

Auxílio ao consumidor

Não é raro que o paciente saia do consultório do médico com algumas dúvidas. Apesar de isso ser contraindicado, é uma realidade frequente até mesmo nos dias de hoje.

O que pouca gente sabe é que ninguém está sozinho: o farmacêutico pode te ajudar!

Ele é um profissional da saúde instruído para entender tudo sobre os medicamentos, seus mecanismos de ação, como eles podem ajudar cada paciente, quais são as contraindicações, efeitos colaterais e até mesmo as possíveis interações medicamentosas.

Prescrição farmacêutica

A automedicação é um problema recorrente que pode trazer muitos riscos, inclusive intoxicação pelo uso indevido. Isso acontece porque muitas pessoas não querem ir ao médico por “pouca coisa”, como uma crise de rinite, e fazem o uso de medicamentos isentos de prescrição médica por conta própria.

Contudo, existe uma maneira segura de usar tais medicamentos sem necessariamente visitar o médico. O profissional em farmácia é habilitado para indicar e prescrever medicamentos isentos de prescrição médica.

Esse processo é chamado de prescrição farmacêutica e é pouco conhecido pelas pessoas, que insistem em se medicar sem a ajuda de um profissional da saúde.

Nesse contexto, o farmacêutico é capaz de tirar todas as dúvidas do paciente e auxiliá-lo no uso correto do medicamento, evitando maiores complicações. Ele também pode ser consultado em caso de efeitos colaterais indesejáveis.

Farmácias de manipulação

Quando um medicamento não é encontrado na dose mais indicada para um paciente, ele deve adquirir a dose recomendada através das farmácias de manipulação.

Lá, os farmacêuticos se dedicam para criar os medicamentos na dose certa, seguindo a risca todas as regras de fabricação de medicamentos, a fim de entregar um produto de qualidade e que esteja de acordo com as normas da Vigilância Sanitária.

Engana-se quem pensa que, nesse tipo de farmácia, só se produz medicamentos homeopáticos. Apesar de serem muito requisitadas por isso, nesse tipo de farmácia é frequente, também, a fabricação de medicamentos comuns do dia a dia.

Auxílio em hospitais

Por serem locais cheios de medicamentos, hospitais obrigatoriamente precisam de farmacêuticos.

Nesse local, eles ajudam os médicos e enfermeiros a conseguir e administrar corretamente os medicamentos de cada paciente, além de manter o controle da dispensação dos medicamentos usados.

Aplicação de vacinas

Os farmacêuticos são treinados, também, para a aplicação de vacinas. Embora existam algumas vacinas que necessitam aplicação hospitalar, há uma vasta gama de vacinas que podem ser aplicadas rapidamente na própria farmácia.

Esses profissionais entendem os métodos e vias de aplicação, além de possuir uma boa base na compreensão da anatomia humana, tendo sempre o cuidado para evitar complicações.

Realização de exames

Alguns exames básicos, como medição da pressão e glicemia, podem ser aplicados por farmacêuticos.

Acupuntura

Por essa você não esperava, não é mesmo? Pois é, os farmacêuticos podem trabalhar com acupuntura, técnica chinesa milenar que consiste na aplicação de pressão, por meio de agulhas finas, em determinados pontos do corpo.

Supervisão

Para assegurar que as farmácias e hospitais estão cumprindo com as regras da Vigilância Sanitária, os farmacêuticos também podem atuar como supervisores nesses estabelecimentos.


Viu só como os farmacêuticos são, de fato, superfarmacêuticos?! Sem eles, certamente viveríamos em um mundo bem menos saudável. Por isso, comemore esse dia e não tenha medo de recorrer ao farmacêutico na próxima vez que precisar!

18/04/2019 17:25

Redação Minuto Saudável

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Ver comentários

  • Adorei este post!

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*