O corrimento é um problema comum, e pode afetar tanto os homens quanto as mulheres. Pode inclusive estar relacionado a alterações comuns no organismo ou casos de doenças sexualmente transmissíveis.

Homens

Mesmo sem odor e em menor quantidade, o corrimento comumente pode estar relacionado as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Uretrite, infecções associadas à próstata e tumores são outras causas do aparecimento do sintoma.

Mulheres

Inúmeros microrganismos compõem a flora vaginal. Quando há o desequilíbrio no local, fungos e bactérias agressivas podem se proliferar e levar a infecções.

Pode acontecer devido a um ciclo natural do organismo durante a menstruação, porém se houver dor, coceira e odor o problema requer atenção.

Como evitar o problema

Alguns cuidados podem ser tomados para se prevenir do corrimento:

  • Evitar o uso de roupas úmidas, principalmente por longos períodos;
  • Não usar calças muito apertadas;
  • O uso de peças íntimas sintéticas não é recomendado, optar por tecidos de algodão é o mais indicado.

Dicas para as mulheres

  • Durante o ciclo menstrual é importante trocar constantemente o absorvente;
  • Não é recomendado dormir com absorventes internos;
  • Tenha uma boa higiene íntima.

Atenção

Dor, coceira, ardência, odor e cor diferente são alguns dos sinais que podem acompanhar o corrimento e merecem atenção. Em caso de dúvidas, a ida ao médico é o mais recomendado para diagnosticar a causa dos sintomas.

Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *