Cólicas em bebês: o que fazer?

0

Os primeiros meses do bebê são muito delicados e, por isso podem vir acompanhados de diversos incômodos comuns, como as cólicas intestinais. Este problema afeta até 75% dos bebês com menos de 3 meses, e quando não recebe o devido tratamento pode causar muita dor ao recém-nascido.

O que fazer?

Choro estridente, rosto avermelhado e barriga dura são sintomas comuns. Devido a isso, alguns cuidados podem ser tomados para buscar diminuir o incômodo, quando sua causa está ligada ao intestino preso:

  • Manter a barriga do bebê quente é muito importante: uma bolsa de água morna pode ser colocada na região, mas é preciso cuidado. O material não deve tocar diretamente a pele da criança e nem estar muito quente;
  • Procure massagear a barriga do bebê com um pouco de óleo, e em motivos circulares. Além de soltar os gases, também pode ajudar a acalmar a criança;
  • Fazer exercícios com as pernas do bebê e levá-las até o abdômen também pode estimular a saída dos gases e assim diminuir a dor.

Durante os momentos de cólica, é melhor evitar a amamentação. O ato de sugar pode causar contrações intestinais, agravando o problema.

A visita ao médico

Quando a cólica se torna constante, é importante que haja a visita ao médico pediatra. O profissional poderá avaliar o caso e indicar a melhor forma de tratamento.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie o conteúdo!)
Loading...

Deixe o seu comentário, nos preocupamos com sua opinião:

Por gentileza, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.