Anelise Wickert (Minuto Saudável)
03/04/2019 15:17

Infecção por Staphylococcus aureus leva à morte em poucas horas

O nosso organismo é repleto de bactérias, que podem conviver harmoniosamente, como as presentes no intestino, ou causar doenças.

A bactéria Staphylococcus aureus está presente na pele de 20% da população mundial. A princípio, esse microorganismo é inofensivo.

Mas se entrar em contato com a corrente sanguínea (por machucados e espinhas, por exemplo) pode levar à morte, por infecção generalizada, em poucas horas.

Essa infecção é similar à meningite, o que dificulta o diagnóstico exato. Além da bactéria se espalhar rapidamente pelo corpo, a imunidade à grande maioria dos medicamentos dificulta o tratamento.

Doenças como câncer, AIDS, diabetes, insuficiência renal e sistema imunológico enfraquecido podem facilitar a transmissão e as complicações decorrentes de Staphylococcus aureus.

Pessoas com infecções hospitalares, queimaduras e feridas cirúrgicas também são  propensas a desenvolver a estafilococos.

Leia mais: Mau uso de antibióticos cria superbactérias que podem matar

O que a bactéria Streptococcus pode causar?

Muitas vezes, ela não causa nada e convive harmoniosamente no nosso corpo. Porém, quando invade o organismo de pessoas com sistema imune enfraquecido ou debilitado, pode desencadear reações e sintomas de infecção, entre eles:

  • Manchas vermelhas na pele acompanhadas de coceira e irritação;
  • Feridas ou bolhas com pus;
  • Enjoo;
  • Diarreia;
  • Inchaço nas articulações;
  • Febre;
  • Dores musculares e de cabeça.

Se apresentar esses sintomas, visite um médico imediatamente.

Como se prevenir?

A bactéria Staphylococcus aureus pode ser transmitida entre as pessoas. Por isso, a melhor forma de prevenir a doença é evitar o contato com a bactéria. Algumas dicas são:

  • Lavar as mãos com frequência: higienizar as mãos antes de comer e depois de tossir ou espirrar podem ajudar. Além disso, passar álcool em gel durante o dia também elimina muitos vírus e bactérias.
  • Só seu: itens como navalhas, toalhas, talheres, canudos e copos devem ser pessoais. Evite compartilhar esses objetos;
  • Mantenha as feridas cobertas: manter os machucados cobertos e secos é uma boa maneira de evitar que bactérias se espalhem ou entrem em contato com a corrente sanguínea;
  • Calor: altas temperaturas podem matar as bactérias ou desacelerar sua ação. Se possível, lave as louças em água quente, seque roupas por exposição ao sol e cozinhe ou asse os alimentos;
  • Não coçar: evite coçar áreas da pele que estejam vermelhas ou bolhas e feridas (como picadas de inseto).

Leia mais: Como as bactérias podem ser combatidas pelo próprio organismo


É preciso ter cuidado com a bactéria Staphylococcus aureus. Algumas medidas de precaução podem ser tomadas. Mesmo assim, é importante estar alerta aos sintomas e, em caso de dúvidas, procurar um médico.

!!

Fonte: Mayo Clinic

18/04/2019 14:41

Anelise Wickert (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*