Barbara (Minuto Saudável)
17/03/2019 08:00

Resenha Primer Ruby Rose Studio Perfect: é bom para pele oleosa?

Não há nada mais frustrante do que passar um tempão fazendo a maquiagem perfeita e ela sair da pele em poucas horas, não é mesmo?

Por mais que usemos produtos de alta qualidade e até fixadores de maquiagem, existem outros fatores que fazem a make durar menos. Um deles é a falta de preparação prévia da pele.

Mas calma que esse problema tem solução.

Você já conhece um produtinho milagroso chamado primer? Se ainda não conhece, vai descobrir aqui o que ele é e com certeza vai incluí-lo na sua rotina.

Mas antes, é importante dizer que para escolher o primer certo, o ideal é saber quais as necessidades que você pretende suprir.

É segurar a oleosidade e tampar os poros? É deixar a pele mais hidratada ou com um acabamento mais bonito?

Eu, por exemplo, tenho a pele oleosa. Limpo pela manhã e poucas horas depois já sinto a incômoda sensação da oleosidade me acompanhando pelo dia, principalmente na zona T do rosto.

Quando a minha pele está com maquiagem, então… Parece que logo a make vai embora por causa da oleosidade, precisando de retoques ao longo dia para que fique sempre aparente.

Para diminuir esse incômodo, testei o primer Ruby Rose Studio Perfect, pensando, especialmente, na questão da pele oleosa e diminuição da aparência dos poros. Realizei vários testes e analisei a sua eficácia.

Quer saber como foi a experiência? Continue aqui na resenha que eu te conto!

Índice – nesta resenha você encontra as seguintes informações:

  1. O que é o primer?
  2. Qual é a função do primer?
  3. Para que serve o primer antes da maquiagem?
  4. Para que serve o primer Ruby Rose?
  5. Quando se deve usar o primer?
  6. Como usar?
  7. Composição
  8. Preço e onde comprar
  9. Primer Ruby Rose Studio Perfect na pele oleosa
  10. Minhas impressões
  11. O primer Ruby Rose Studio Perfect é bom? Funciona?

O que é o primer?

O primer nada mais é do que uma “pré-maquiagem”. Ele confere um delicioso toque aveludado à pele, disfarçando os poros e linhas de expressão, para que a sua make fique mais uniforme e dure muito mais tempo.

Mas sua função pode ir além do que só segurar a maquiagem por mais tempo. Existem diversas opções de primers com texturas, cores e finalidades diferentes.

Alguns são indicados para segurar a oleosidade, outros para hidratar a pele ou para corrigir as imperfeições. E, claro, tem aqueles que fazem tudo isso ao mesmo tempo.

Veja algumas opções que estão disponíveis no mercado:

  • Siliconados: contam com textura de gel transparente, deixando a pele mais macia e fazendo a base deslizar com mais facilidade;
  • Creme: possuem consistência mais grossa e seca. São ideais para preencher os poros e deixar a pele mais lisa, ajudando a cobrir as linhas de expressão;
  • Disfarce óptico: são mais consistentes e poderosos, ideais para amenizar as linhas de expressão e rugas;
  • Correção de cor: esse tipo de primer vem com pigmentos de cor em sua composição que corrigem e neutralizam manchas, tons avermelhados e olheiras.

Qual é a função do primer?

O primer é um produtinho que conquistou o coração de todos que incluem a maquiagem na sua rotina diária.

Sua função mais conhecida é a de preparar a pele para receber a make, mas também é comumente usado para deixar a derme com uma aparência mais uniforme.

Ele controla a oleosidade, deixando a pele com uma textura mais suave, amenizando a aparência dos poros e das linhas finas.

Hoje existem diversas variações do produto, destinadas para cada área específica do rosto. Você encontra primer para os lábios, para a área dos olhos, e os mais tradicionais, que se aplicam em todas a partes do rosto.

Ele pode ser encontrado em diversas formas: creme, sérum ou bálsamo. Existem os com cor e sem cor e também com ou sem proteção FPS.

Para agradar a todos os tipos de pele, existe uma imensa gama que atende a todas as necessidade: efeito tensor, função hidratante, contrair os poros e esconder as rugas.

Para que serve o primer antes da maquiagem?

O uso do primer antes da maquiagem é fundamental para que você possa manter a durabilidade do resultado da make por mais tempo.

É o primeiro passo para garantir uma pele com textura uniforme e sem aquele efeito craquelado que vai surgindo com o passar das horas. Mas como isso acontece?

O primer forma uma camada protetora sobre a pele, impedindo que a derme sugue a água que possui na base ou qualquer outro item de maquiagem que você tenha utilizado. Ele também proporciona  maior durabilidade da make porque evita a oleosidade e o suor na região do rosto.

Quanto mais você puder corrigir as imperfeições da pele com o primer, melhor.

Criando uma superfície perfeita para receber a maquiagem, você acaba utilizando uma menor quantidade de base e corretivo para chegar ao resultado desejado na sua make.

Para que serve o primer Ruby Rose?

O primer Ruby Rose Studio Perfect é indicado para pré-maquiagem, pois atua na diminuição dos poros e também ajuda a controlar a oleosidade.

Ele possui uma textura em gel que confere fácil aplicação. Além disso, proporciona disfarce óptico que suaviza as imperfeições.

Deixa a pele com a aparência de “mais lisinha”, com toque suave e aveludado. Assim, ela fica super preparada para receber os cosméticos e prolongar o efeito da sua make.

Quando se deve usar o primer?

Sempre que você desejar, principalmente se a sua intenção for melhorar o aspecto da sua pele. Como ele possui várias funções, o ideal é você saber o que mais gostaria de melhorar.

Se a sua pele é oleosa, ele é um grande aliado para deixar uma aparência mais sequinha e uniforme. Ele controla o brilho e disfarça muito bem os poros.

Também existem primers com opções de cores que vão além da melhora da aparência de poros e controle de brilho.

O primer com pigmentos verdes, por exemplo, é ideal para quem quer esconder manchas e vermelhidão.

Você ainda pode encontrar o produtinho nas cores roxo, pêssego, rosa e amarelo.

Use-o no dia a dia para manter os poros e linhas finas disfarçados, mantendo a pele com uma aparência suave e sedosa.

Como usar?

Seu uso é bem simples. Basta aplicar uma pequena quantidade na ponta dos dedos e espalhar de maneira uniforme sob a pele.

Se preferir, pode aplicar somente na zona T do rosto para evitar a oleosidade. Lembrando que a pele deve estar limpa e tonificada antes da aplicação do produto.

Composição

Quando o assunto é produto para a pele, saber a sua composição é muito importante para que o mesmo não acabe causando efeitos indesejados no rosto. Se você tem a pele sensível, o cuidado deve ser redobrado.

O primer Ruby Rose possui a seguinte composição:

Cyclopentasiloxane, Dimethicone, Isododecane, Cyclomethicone, Silica, Phenoxyethanol, Ethylhexylglycerin, Parfum, Benzyl Benzoate, Linalool.

É difícil de entender todos esses  nomes e o que cada um deles faz na sua pele. Para ajudar, listei a função de cada componente da fórmula do primer. Vamos descobrir o efeito de cada um logo abaixo:

  • Cyclopentasiloxane: é um solvente da classe emoliente que atua na espalhabilidade, melhorando os atributos sensoriais do produto;
  • Dimethicone: emoliente que também atua na espalhabilidade, conferindo um toque sensorial sedoso à pele. Ele também ajuda a formar uma barreira protetora sobre a derme, o que evita perda de água;
  • Isododecane: componente que não possui aspecto gorduroso ou pegajoso, é utilizado como solvente, pois não possui cor nem odor;
  • Cyclomethicone: é um solvente emoliente que ajuda na aplicação, resultando em uma aplicação uniforme do produto. Ainda atua no controle da viscosidade;
  • Phenoxyethanol: conservante sintético;
  • Sílica: atua no controle da viscosidade, graças ao seu poder de absorção da umidade e do óleo;
  • Ethylhexylglycerin: confere efeito hidratante;
  • Parfum: responsável pela fragrância;
  • Benzyl Benzoate: solvente e fragrância;
  • Linalool: ingrediente natural usado para melhorar a fragrância de cosméticos.

Geralmente nas embalagens, os componentes se apresentam dispostos por ordem de presença, ou seja, o que aparece primeiro é o que possui maior quantidade.

No caso deste primer, o componente que aparece primeiro é o Cyclopentasiloxane (responsável pelo sensorial), que dá a entender que o produto promove uma sensação sedosa ao toque após a aplicação.

Achei interessante o fato de apresentar tantos ingredientes que interferem no odor, sendo que o produto apresenta um cheiro praticamente inexistente. Acredito que devem ser responsáveis pela neutralização de tais odores.

Outro ponto que vale a pena ressaltar do produto são os baixos fatores de risco que os ingredientes apresentam.

Para quem possui pele com tendência a acne, esse primer pode ser usado tranquilamente, pois ele apresenta baixo risco de aparecimento de cravos e espinhas (porém, é sempre bom lembrar que isso pode variar de pele para pele).

Preço e onde comprar

O primer Ruby Rose conta com embalagem em formato de bisnaga com 25mL, sendo encontrado facilmente em lojas físicas e pela internet. O preço varia de R$15 a R$ 35*.

Para economizar, você pode encontrar o Primer Ruby Rose Studio Perfect em nosso comparador de preços, o Consulta Remédios. Ele mostra farmácias que entregam na sua região, comparando as ofertas do menor ao maior valor! Legal, né?

*A pesquisa de preços foi realizada através do Consulta Remédios no dia 28/02/2019. Os valores podem sofrer alterações.

Primer Ruby Rose Studio Perfect na pele oleosa

Quanto a oleosidade, que era o ponto que mais me deixou curiosa em relação ao uso do primer, eu realizei 2 testes para analisar como ele funciona e qual seu resultado!

Confira a seguir:

Teste 1: controle da oleosidade

Pela manhã, por volta das 7h30, realizei minha rotina de cuidados faciais normalmente com sabonete, tônico, creme facial, protetor solar e, por último, passei o primer.

Não apliquei pó compacto porque queria ver como a oleosidade se comportaria somente com o primer na pele.

A sensação de oleosidade demorou um pouco mais para aparecer do que o normal. Comecei a sentir a pele oleosa depois de umas 4 horas que passei o produto. Geralmente eu sinto o óleo na pele cerca de 2 horas após limpá-la.

Mas a surpresa foi na aparência da pele! Por mais que a sensação de pele sequinha não tenha se prolongado o dia todo, o aspecto habitual de brilho demorou muito mais para aparecer! Eu percebi que que minha pele começou a dar sinais de brilho apenas no final da tarde.

Teste 2: fixação da maquiagem

É válido ressaltar que realizei esse teste durante um dia quente e de carnaval, ou seja, estava com mais maquiagem que o habitual no rosto e muito brilho!

Com a pele limpa, passei creme hidratante, protetor solar e primer. Fiz a maquiagem com base, corretivo, blush, iluminador e glitter.

Na hora de aplicar a base já é possível perceber a diferença. O primer facilita a aplicação da maquiagem, fazendo com que a mesma seja depositada na pele de forma muito mais fácil.

A sensação de oleosidade também demorou um pouco mais para aparecer nesse caso e a pele também aparentou menos brilho.

Minhas impressões

Para entender melhor minhas impressões sobre o produto, realizei classificações com notas que vão de 1 a 5, sendo que 1 significa muito ruim e 5 significa muito bom

Textura

Sua textura em gel siliconado é um dos pontos que eu mais gosto. É bem firme e, quando aplicado no rosto, deixa a pele com um toque aveludado e seco.

Nota: 5 ⭐⭐⭐⭐⭐

Poros

Logo que o primer é aplicado na derme você já percebe a diferença. A pele fica mais lisinha com os poros menos aparentes.

Nota: 5 ⭐⭐⭐⭐⭐

Cheiro

Ele não possui cheiro, o que é ótimo pois não se mistura quando outros produtos são aplicados na pele. Além disso, nem todo mundo gosta de produtos de maquiagem com fragrância e, para quem tem pele sensível, essa é uma ótima característica.

Nota: 5 ⭐⭐⭐⭐⭐

Espalhabilidade

O primer espalha muito bem na pele, deslizando durante a aplicação. Na hora de passar, é fácil deixar o produto mais uniforme na derme, proporcionando uma melhor aparência para o rosto.

No entanto, tenha cuidado! Mesmo tendo uma boa espalhabilidade, é preciso aplicar o primer aos poucos. Se passar produto demais, pode acabar causando um efeito craquelado que vai estragar o resultado da sua make.

Nota: 5 ⭐⭐⭐⭐⭐

Embalagem

A embalagem tem formato em bisnaga, super prática e compacta. O aplicador deposita a quantidade certa de primer, sem gerar desperdícios. Possui uma faixa transparente em que você consegue ver quanto produto tem e é super bonitinha.

Nota: 5 ⭐⭐⭐⭐⭐

Funciona bem com a base?

Sim! Quando aplicado antes da base, ele ajuda na espalhabilidade da maquiagem e aderência à pele. Consequentemente, você acaba economizando e usando menos produto.

Também mantém o efeito da base na pele por mais tempo e deixa o aspecto mais uniforme, sem aquele efeito craquelado que possa surgir no decorrer das horas.

Nota: 5 ⭐⭐⭐⭐⭐

Eficácia

Eu diria que ele cumpre o que promete por um determinado tempo. É um produto com a maioria dos pontos positivos. Porém, como visto na resenha, ele não segura a oleosidade por muitas horas e seu efeito antibrilho se desfaz ao longo do dia.

Nota: 3 ⭐⭐⭐

O Primer Ruby Rose Studio Perfect é bom? Funciona?

Quem possui pele oleosa, como no meu caso, sabe a dificuldade que é encontrar produtos que realmente ajudem a amenizar o aspecto de brilho e a sensação desconfortável de óleo na pele ao longo das horas.

Não diria que o primer Ruby Rose é um produto “milagroso”, que acaba com todos esses problemas. Porém, analisando o resultado geral, a resposta para as duas perguntas é positiva!

Ele realmente deixa os poros menos aparentes, oferecendo uma deliciosa sensação ao toque, como se a pele ficasse igual a um veludo.

Também ajudou no controle do brilho e prolongou o aspecto de cútis sequinha. Demorou mais para aparecer a sensação de oleosidade na pele após sua aplicação.

Quanto à maquiagem, também mostrou eficácia no controle do brilho e, principalmente, a fez durar mais tempo na pele (lembrando que realizei o teste no carnaval e em um dia quente).

Bom, deu para ver que, para mim, os pontos positivos do produto são muito maiores do que os negativos, não é?

Por isso, recomendo sim o primer Ruby Rose Studio Perfect. Porém, só não se esqueça de ver quais são necessidades da sua pele para poder escolher o tipo de primer ideal para ela!


Gostou da resenha? Então deixe seu comentário!

E se você tiver algum produto sobre o qual saber mais detalhes, conta para a gente, ok?

19/05/2019 15:34

Barbara (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*