Quando precisamos dar algum tipo de comprimido para crianças, geralmente a dificuldade é dar a dose certa prescrita pelo médico, ou fazê-la ingerir o medicamento, o que pode ser um incômodo.

Mas não é só as crianças que podem sofrer com esse problema.

Pelo tamanho da droga, os idosos e alguns adultos com dificuldades de deglutição também encontram dificuldade na hora de engolir o medicamento, o que pode aos poucos interferir no tratamento da pessoa.

Com base nisso, uma nova pesquisa publicada na European Journal of Pharmaceutical Sciences revelou que um grupo de pesquisadores da Universidade de Surrey, na Inglaterra, criou um novo método que pode tornar mais fácil a recepção do fármaco.

Trata-se de uma nova formulação de medicamentos, com o tamanho reduzido, baseado em um tipo de solvente orgânico, que basicamente tem uma maior solubilidade no organismo, além de ajudar na composição farmacêutica.

Solubilidade e eficácia

Quando falamos a palavra solubilidade, queremos dizer o quanto uma substância se dissolve em um líquido.

Por exemplo, a água presente no nosso organismo, é um tipo de líquido em que o remédio precisa se dissolver para que as partículas do medicamento se desloquem pelo corpo, cumprindo sua função.

Mas, segundo o estudo, os medicamentos atuais, apresentam um formato difícil na hora de engolir, e uma baixa solubilidade na água.

Isso dificulta na hora de tomar o medicamento em comprimido, e na hora dele fazer efeito, pois é preciso grande quantidade de água para que ele se dilua no organismo.

Como a nova fórmula pode ser útil?

Segundo os cientistas, além de tornar os medicamentos mais fáceis de ingerir, a nova fórmula desenvolvida pode ajudar nos efeitos da substância no organismo.

Isso porque, devido o tamanho do remédio ser reduzido, a dissolução acontece de maneira mais rápida e eficiente, resultando em multipartículas que se deslocam pelo corpo do paciente com maior facilidade.


Alguns tipos de medicamento, não possuem a dosagem específica para crianças, o que requer adaptações.

Por isso, descobertas como esta são importantes para melhorar os tratamentos medicamentosos e sua eficácia.

Fonte: Science Daily

Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Editor Médico

Dr. Paulo Caproni

CRM/PR 27.679

Graduado em Medicina pela PUCPR. Residência Médica em Medicina Preventiva e Social pela USP. MBA em Gestão Hospitalar e de Sistemas de Saúde pela FGV.

Farmacêutica Responsável

Dra. Francielle Mathias

CRF/PR 24612

Farmacêutica generalista, com Mestrado em Ciências Farmacêuticas, ambos pela Unicentro. Doutorado em Farmacologia pela UFPR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *