Em meio a correria do dia a dia, a maioria das pessoas acaba não dando tanta importância à alimentação saudável.

Logo, procuram por opções mais rápidas e práticas na hora de alimentar-se, por exemplo, os fast-foods.

O problema desse tipo de refeição, e outras industrializadas, é que possuem grandes quantidades de gordura e açúcares, sendo pouco nutritivo.

E pela falta de nutrientes necessários nesses alimentos, o bom funcionamento do corpo pode ficar comprometido, resultando em maiores chances de desenvolver doenças, como diabetes, hipertensão e obesidade.

Com base nisso, uma nova pesquisa publicada na revista científica The Lancet revelou que, a cada 5 mortes, 1 está ligada à má alimentação, sendo que em muitos locais, esses dados são maiores do que as causas de morte por tabagismo ou pressão alta.

Leia mais: Trocar proteínas animais por vegetais reduz riscos de doenças

Reforçar a salada é melhor do que reduzir os industrializados

Segundo os pesquisadores, somente no último ano do estudo (2017) foram cerca de 11 milhões de mortes relacionadas a uma dieta pobre.

Entre esse número, mais da metade das mortes estava ligada a dietas com uma alta quantidade de sódio, baixo teor de grãos integrais e frutas.

Porém, o problema não está em somente reduzir o consumo desses alimentos não saudáveis, e sim adicionar à dieta frutas, vegetais, fibras, leite, nozes e grãos, que possuem mais nutrientes.

Enquanto muito se fala sobre o impacto que comer fast-food com frequência gera à saúde, pouca atenção é dada à falta de comidas saudáveis.

Ou seja, não basta evitar os vilões, é preciso investir na redução de sódio e incremento de grãos, verduras, sementes e legumes.


A maneira que você se alimenta é essencial para prevenir doenças ligadas ao coração e ao peso, por isso, é extremamente importante incluir na sua dieta, alimentos que foram citados na notícia como saudáveis, por exemplo, mais frutas, fibras e grãos.

Fonte: Science Daily

Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Editor Médico

Dr. Paulo Caproni

CRM/PR 27.679

Graduado em Medicina pela PUCPR. Residência Médica em Medicina Preventiva e Social pela USP. MBA em Gestão Hospitalar e de Sistemas de Saúde pela FGV.

Farmacêutica Responsável

Dra. Francielle Mathias

CRF/PR 24612

Farmacêutica generalista, com Mestrado em Ciências Farmacêuticas, ambos pela Unicentro. Doutorado em Farmacologia pela UFPR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *