Anelise Wickert (Minuto Saudável)
10/04/2019 18:56

Novo método detecta infecções virais em apenas 20 minutos

Os anticorpos são glicoproteínas que têm como principal função proteger o corpo. Eles se desenvolvem, principalmente, para combater agentes externos que podem ameaçar o organismo (vírus, bactérias e fungos, por exemplo).

Um novo método, desenvolvido por cientistas, pode detectar quantidades pequenas de anticorpos presentes no sangue de uma pessoa, o que pode indicar o quão vulnerável ela está às doenças.

Os pesquisadores desenvolveram um microfio (o tamanho é cerca de um quarto de um fio de cabelo humano) que contém um sensor capaz de identificar 10 moléculas de anticorpos em 20 minutos.

Apesar de haver métodos que já fazem essa contagem, eles precisam de milhões de células e levam, em média, um dia para ficarem prontos.

Assim, essa nova tecnologia poderá ser utilizada para auxiliar nas análises de saúde de pacientes, sobretudo em locais com pouca infraestrutura.

Os pesquisadores esperam que ela possa ser utilizada em consultas clínicas, nas quais o paciente já sairia sabendo como está a imunidade e se tem ou não alguma infecção viral.

A pesquisa foi feita na Universidade do Colorado, nos Estados Unidos e será publicada na revista médica Biosensors e Bioelectronics.

Teste ELISA

Até agora, o teste mais utilizado para detectar anticorpos é o teste ELISA (Ensaio Imunoabsorvente Ligado a Enzima, sigla em inglês) usado por grande parte dos hospitais e laboratórios.

O ELISA é majoritariamente utilizado para determinar se um paciente tem alguma doença viral. A coleta do material pode ser feita em consultórios, mas a análise precisa de um laboratório.

Infecções virais

Pesquisadores americanos estimam que haja cerca de 320 mil vírus existentes em mamíferos. Como a mutação de alguns tipos é muito rápida, esse número nunca para de crescer.

Leia mais: Vírus da herpes pode ser uma das causas do Alzheimer

O contato com agentes infecciosos pode acontecer por várias formas: picadas de insetos infectados, relações sexuais sem proteção ou até mesmo engolindo e inalando o vírus.

E os sintomas que podem manifestar-se são diversos também, como: febre, dores e diarreia.


Novos métodos mais rápidos de diagnosticar infecções virais são inventados. O diagnóstico preciso e veloz pode salvar vidas.

Fonte: Science Daily

29/04/2019 09:58

Anelise Wickert (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*