O açúcar, se consumido em excesso, só traz prejuízos para o corpo. Mas aquela sobremesa depois do almoço pode ajudar a tratar doenças respiratórias.

Leia mais: Bebidas açucaradas aumentam o risco de morte prematura em mulheres

Um estudo feito em camundongos mostrou como a glicose é usada para regular o sistema imunológico durante uma infecção pulmonar.

Por isso, a presença de açúcar na corrente sanguínea também ajudou a reduzir a inflamação de doenças como asma, alergias e infecções.

A pesquisa mostrou que isso acontece porque as células de defesa do pulmão precisam de energia (que vem do açúcar) para combaterem os agentes infecciosos.

Os pesquisadores dizem que outros tratamentos para doenças respiratórias podem ser pensados a partir dessa descoberta. Eles acreditam que a inalação de açúcar possa ser, futuramente, recomendada para tratar casos de asma e rinite.

Apesar de estarem otimistas com os resultados, os especialistas recomendam mais estudos nesta área.

A pesquisa, feita na Inglaterra pelas Universidade de Manchester e Universidade de Southampton, saiu publicada na revista Nature Immunology.


Asma

De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), 150 milhões de pessoas em todo o mundo têm asma. Cerca de 10% da população brasileira sofre com essa doença.

A asma é uma inflamação crônica influenciada pela genética e por questões ambientais. Os principais sintomas são: falta de ar, dificuldade em respirar, tosse e dores no peito.

O diagnóstico é feito por exames e o tratamento pode requerer uso de medicamentos ou não, dependendo de cada caso.

Rinite

Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, entre 10% e 25% da população sofre de rinite. O percentual varia conforme a região do país.

A rinite também é uma inflamação causada nas mucosas do nariz. Espirros, coceira e congestão nasal são os sintomas mais comuns.

Em alguns casos, a rinite vem acompanhada de outras doenças, como a sinusite.

Ainda sem cura, alguns medicamentos podem aliviar os sintomas.


O consumo de açúcar em excesso pode trazer muitas consequências para o corpo. Mas algumas gramas podem ajudar pessoas com doenças respiratórias.

Açúcar?

Nem muito, nem pouco. Na medida certa. Em caso de dúvidas, consulte um médico.

!!

Fonte: Science Daily


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *