Anelise Wickert (Minuto Saudável)
26/03/2019 16:31

Casos de dengue no Brasil sobem 264%, diz Ministério da Saúde

Novamente, o Brasil registrou aumento nos casos de dengue. Entre 30 de dezembro e 16 de março, o aumento foi de 264% dos casos em comparação com o mesmo período no ano passado.

O número de mortes também subiu. Em 2018, 32 pessoas morreram por causa da doença. Este ano, até março, foram 62 mortes, o que representa um aumento de 67% das mortes.

Os estados que mais registraram aumento de casos de dengue são:

  1. Roraima: aumento de 6566% dos caso;
  2. São Paulo: aumento de 2124% dos casos;
  3. Tocantins e Paraná: aumento de mais de 1000% em cada um.

O Estado do Amazonas, com 5,6% de aumento no número de casos, foi o último colocado da lista.

Segundo o Ministério da Saúde, a incidência (número de casos com relação ao número de habitantes) também cresceu. No Brasil, em média,109 casos foram descobertos para cada 100 mil habitantes.

Dengue

A dengue é uma doença que pode matar. Mas quanto antes for diagnosticada, maiores as chances da doença não evoluir e levar ao óbito.

Febre alta, dor de cabeça, dores no corpo, vômito, enjoo e manchas vermelhas no corpo são as principais manifestações.

Não existe medicamento específico para tratar a dengue. Mesmo assim, visitar um médico é o mais aconselhável em caso de suspeita da doença.

Combate ao mosquito

O Aedes aegypti, quando infectado, é transmissor da Dengue, do Zika vírus e da febre Chikungunya.

Somente até março deste ano, 12.942 casos de Chikungunya e 2.062  casos de Zika já foram registrados. Nenhum óbito por causa dessas duas últimas doenças foi registrado este ano.

O período do verão é o mais propenso para a proliferação do mosquito transmissor, uma vez que as fortes chuvas somadas com as temperaturas altas criam a condição perfeita para o mosquito fêmea depositar os ovos.

Leia mais: Repelente para grávidas (icaridina, DEET), marcas, qual o melhor?


Para a erradicação total do mosquito é necessário que cada um faça sua parte. Não deixar água parada e limpar os quintais são as mais eficazes formas de reduzir os índices da doença.

Fonte: Ministério da Saúde

26/03/2019 16:55

Anelise Wickert (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*