Uma dor incômoda e que pode atrapalhar qualquer atividade do dia a dia. A cólica surge do nada e parece piorar a cada minuto que se passa. O problema pode ser causado por diversos motivos, sendo o ciclo menstrual um dos principais. Saiba como ela acontece:

Cólica menstrual

Essa dor pode atingir as mulheres em diferentes momentos da vida, principalmente durante o ciclo menstrual. Isso acontece devido à camada interna do útero, que cresce e se desprende, causando o sangramento. Durante esse processo, uma substância denominada prostaglandina é liberada, fazendo com que o útero se contraia, assim como os vasos e nervos que o integram. É esta, a ação responsável pelas dores conhecidas como cólicas.

Na gravidez

Logo no início pode ser um dos sinais indicativos de gravidez, pois o útero passa a se adaptar para receber o embrião. Mas, outros motivos podem causar o seu aparecimento, como as infecções vaginais e urinárias, e o corrimento.

Durante a gestação o incômodo se deve ao peso e ao crescimento constante do bebê. O acúmulo de gases (que acontece devido a ingestão de determinados alimentos) e as relações sexuais (que podem provocar contrações uterinas) também podem causar cólicas.

Síndrome do Intestino Irritável

Quando a causa não é encontrada e as cólicas são recorrentes, essas dores podem ser um dos sintomas da síndrome do intestino irritável. Um problema que, além da cólica, pode vir acompanhado de inchaço, diarreia, constipação e distúrbios intestinais.

Tratamento

Se o problema for recorrente ou causar dores intensas é preciso procurar ajuda médica para que o diagnóstico correto seja realizado. As dores, que podem surgir após o consumo de determinados alimentos, também podem acontecer por causa de problemas mais graves, como endometriose.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie o conteúdo!)
Loading...

Faça um comentário:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui