Que os cães são os melhores amigos do homem, não é novidade. Os animais treinados ajudam pessoas com deficiência (cão-guia), fazem terapias com idosos e ajudam crianças com autismo e síndrome de down.

Recentemente, uma pesquisa descobriu que os cachorros também podem sentir o cheiro de ataques epiléticos antes que eles aconteçam.

Os cães conseguem avisar os seus donos que, assim, podem preparar-se para o ataque, evitando quedas e avisando outras pessoas da situação.

No estudo, 5 cães farejadores, de várias raças e idades, foram usados. 5 pessoas com epilepsia participaram da pesquisa cedendo amostras que continham seus odores antes e durante uma crise epilética.

Em cada teste, o perfume dessas peças de roupa foram colocados em recipientes e os cães farejaram os odores e conseguiram identificar a crise entre 67% e 100% dos casos.

Embora os resultados sejam positivos, os cientistas recomendam mais estudos nesta área. A pesquisa foi publicada no jornal Scientific Reports.  

Cães já são usados para “cheirar” enfermidades como alguns tipos de câncer, diabetes e doenças renais, ajudando no diagnóstico dessas doenças.

Leia mais: Cães de detecção médica: melhor amigo para pessoas com diabetes


Epilepsia

A epilepsia é um distúrbio cerebral no qual os neurônios são perturbados gerando os ataques epiléticos. A frequência desses ataques varia conforme alguns fatores como: genética, estresse e uso de medicamentos.

Não há cura, mas a condição pode ser tratada com medicamentos que diminuem os sintomas e os ataques. Por isso, o portador de epilepsia pode ter uma vida normal trabalhando e estudando.

Evitar lesões na cabeça e tomar as vacinas para impedir infecções são as melhores maneiras de prevenir a epilepsia.


Mais uma vez, os cachorros ajudam a melhorar a qualidade de vida dos humanos. Cuide dos bichinhos e eles ajudarão a cuidar de você.

Fonte: Nature


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *