Eduardo (Minuto Saudável)
04/04/2019 13:12

Beber antes dos 20 anos é prejudicial para o crescimento do cérebro

O consumo excessivo de álcool sempre esteve ligado a um risco maior de desenvolver doenças como câncer, hepatite e cirrose hepática, mas nos adolescentes e crianças, a bebida pode ter efeitos ainda mais danosos.

A ingestão da bebida está, cada vez mais, tornando-se uma prática comum dos jovens, inclusive entre aqueles menores de 14 anos.

E quanto mais cedo for a ingestão, maiores as chances disso virar um vício.

Leia mais: Alcoolismo: o que é, sintomas, tratamento, medicamentos, tem cura?

Os danos que o álcool provoca no organismo estão ligados à maneira que ele age no sistema nervoso, desacelerando as funções vitais do organismo.

E para entender melhor os efeitos negativos causados pela bebida, um novo estudo, publicado na revista científica eNeuro, revelou que o álcool também é capaz de diminuir a taxa de crescimento do tamanho do cérebro.

O resultado apresentado mostrou que aproximadamente 4 cervejas por dia já é capaz de fazer com que o cérebro tenha os índices de crescimento diminuídos em 0,25 milímetros por ano.

Como a região cerebral ainda está em formação até, aproximadamente, os 20 anos, as alterações nesse período agravam as chances do jovem ter algum dano cognitivo.

Apesar de as descobertas serem com base em estudos em macacos, os resultados também valem para humanos, segundo os autores do estudo.

Atraso no desenvolvimento

Da fase adolescente para a fase adulta, o cérebro passa por um processo chamado de remodelação cerebral, que basicamente é a parte final do desenvolvimento, em que o órgão cresce.

Nesse período, o consumo de álcool afeta áreas do cérebro ligadas, por exemplo, à maturação cognitiva da pessoa.

Além disso, as bebidas também foram responsáveis por diminuir a substância branca cerebral, importante no processo de difusão de informações, e do tálamo subcortical, essencial nas atividades linguísticas.

Os resultados fornecem importantes informações sobre como o álcool é prejudicial para o cérebro, alterando a capacidade de aprendizado da pessoa.

Leia mais: Consumo de álcool está associado a sintomas mais leves de artrite


O consumo de álcool geralmente está ligado a problemas de saúde, ainda mais se for feito grandes quantidades, o que pode levar uma pessoa à dependência.

Fonte: Science Daily

18/04/2019 14:33

Eduardo (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*